Casais: perseverança e confiança

Padre Vicente
Foto: Wesley Almeida / cancaonova.com

Prezados casais e irmãos na fé, com o amor nós vamos longe, pois é o amor de Deus que nos leva mais longe. Sejamos, portanto, testemunhas do amor onde quer que estejamos, pois nenhuma força, sem o amor, é capaz de mudar alguém. Pelo amor e nele caminhamos mais longe, capaz de ir ao encontro do melhor de cada um.

Desde já eu o convido a tomar posse desse amor, peça ao Senhor para que você tenha um coração aberto, capaz de assimilar o que iremos trabalhar neste acampamento. Refiro-me a vocês casais, assumam a missão que cada um de vocês tem: confiança e perseverança em Deus.

Aquilo que acompanha o discipulado é o testemunho de família cristã, que se faz necessário no tempo que estamos vivendo no dia de hoje. Comece a refletir sobre a missão para a qual você é chamado a viver.

O Evangelho de hoje não nos deixa em dúvidas: “Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos” (Mt 10,16). É o Senhor que nos envia em missão, quando você abraçou a fé e se aproximou do sacramento do matrimônio, você assumiu a missão e se tornou enviado por Jesus. O seu jeito de ser esposo ou esposa precisa ser marcado pelo Senhor, portanto o discípulo não pode se colocar de qualquer jeito.

O lobo está à solta esperando o momento de saltar sobre vocês para que venham a desistir de suas famílias. Mas Jesus nos avisa: "Não nos enganemos". Ele mesmo nos avisa que a nossa missão seria com perseguições, por isso o mundo não nos dará trégua. A figura do lobo é uma linguagem atribuída aos judeus novos que, naquela época, sabiam da importância do pastor, ou seja, as ovelhas precisam estar próximas do seu pastor.

A única coisa que tira a ovelha das garras do lobo é estar diante do pastor. Preste atenção: sejam prudentes como as serpentes e simples com as pombas. Irmãos, o lobo nos cerca como um leão a rugir, a ponto de nos cegar.

O mal, o demônio está em nosso meio e disposto a engolir nossa família, mas, no fundo, sabemos que somos nós que precisamos de coragem para renunciar e afastar tudo isso de perto de nós e ser testemunha. Sejamos marcados com o amor ágape! O amor que é capaz de retirar cada um de nós da condição de pecado.

"É o amor de Deus que nos leva mais longe", afirma padre Vicente
Foto: Wesley Almeida / cancaonova.com

:: Veja fotos no Facebook

Somos convocados a anunciar ao Senhor, pois seremos testemunhas para tantos irmãos, a fim de que eles também se encontrem com Deus, principalmente em nossa famílias. Quantos de nós conhecemos pessoas entre os nossos que reclamam, dizem que estamos indo demais à Missa? Eu lhe digo: reze por eles e seja testemunha do amor de Deus ao mundo.

Diante deste mundo, que nos afasta do amor de Deus, somos convocados a sermos missionários e discípulos de Jesus, por isso não deixe sua missão de lado. Mesmo que vocês esteja abalado espiritualmente, Jesus lhe diz: “Seja firme na missão e persevere”. Sabemos que o lobo está à solta, mas tenhamos confiança.

Na primeira leitura, vemos a história de José do Egito, uma família que sofreu com a inveja por conta do dinheiro, o qual levou um irmão a vender o outro e este ser escravo no Egito. Esta família era temente a Deus. Jacó, o patriarca, teve que ver seus filhos, depois de anos de ensinamento, brigando por causa da herança. Hoje, irmãos, esta história se repete. Seja, aqui no Brasil ou em outros países, esta história se repete.

Mais tarde, Jacó superou a situação de medo e dificuldade; confiando em Deus, sua família foi restaurada. O que parecia uma desgraça, transformou-se em graça. Confie em Deus para que você cumpra a missão no mundo. Você tem colocado sua confiança no dinheiro ou nos bens que possui? Quem confia no Senhor ouve as coisas de Deus e não se afasta do rebanho. Não se arisque em aventuras que não trará paz ao seu coração.

 

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Padre Vicente Neto


Sacerdote da Comunidade Bethânia

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo