Celebrai um novo tempo

Padre Adriano Zandoná
Foto: Fotos CN/ Mariana L.G.

Desejo um feliz Ano Novo para você! Sinto-me lisonjeado por poder compartilhar com você este momento e trazer aquilo que Deus colocou em meu coração.

O tema deste Acampamento de Ano Novo é “Celebrai um novo tempo”. Junto com este tema há uma inspiração. Esta é a ordem de Deus para os primeiros dias de 2012.

Mas o que é necessário para celebrar um tempo novo? O que é preciso fazer para construir verdadeiramente a paz neste “Dia Mundial da Paz”, instituído pelo Papa Paulo VI desde 1968?

Ouça o que nos diz a Palavra de Deus: “Não deveis ficar lembrando as coisas de outrora, nem é preciso ter saudades das coisas do passado. Eis que estou fazendo coisas novas, estão surgindo agora e vós não percebeis? Sim, no deserto eu abro um caminho, rasgo rios na terra seca” (Isaías 43,18-19).

Você já percebeu esta obra nova de Deus em sua vida? Precisamos nos abrir a esta novidade de Deus. Creia: Ele já está fazendo uma obra nova em você! Eu proclamo esta verdade em sua vida. Tome posse disso!

Tenho escutado muitas pessoas que me dizem assim: “Padre, eu quero celebrar um tempo novo em minha vida, mas não consigo!” Por que as pessoas dizem tais coisas? Meus irmãos, Deus não é um “mágico”! O Senhor sempre cumpre com a parte d'Ele. Mas é necessário que cumpramos com a nossa parte. Existem alguns impedimentos que somos nós que temos de tirar. O Senhor o ama, mas não o mima! Ele sempre o sustentará com a Sua graça, mas você precisa dar os passos necessários para assumir essa obra nova que Ele quer realizar. Do contrário, você viverá um novo ano com o coração envelhecido pelo pecado.

Só conseguimos ir para frente quando olhamos para o nosso passado e deixamos Deus nos libertar daquilo que outrora nos escravizava. É preciso “esquecer” à luz do Espírito Santo. Se você quer começar este ano de forma correta, comece então do jeito certo: fechando as portas do passado que estavam abertas.

Esquecer, meus irmãos, nem sempre é curar. Existem pessoas que têm medo de tocar nas próprias feridas. Não receie em deixar Deus tocar e tratar de suas feridas. Entende? Neste primeiro dia do ano, o Médico dos médicos – Jesus Cristo – quer mexer nessas feridas para que você comece 2012 de forma correta. Do contrário, você viverá numa contínua fuga do seu passado.

A mudança interior começa dentro de nós e não fora. Busque sua cura interior em 2012. Volto a afirmar: esquecer não é resolver! Não tenha medo de deixar o Espírito Santo trabalhar nessas marcas do passado. O próprio Deus é quem deseja fechar essas portas que ficaram abertas no seu passado. Ele quer hoje fechar um ciclo em sua vida. Para começar um tempo novo, é preciso fechar as portas antigas.

 

 

"Para começar um tempo novo, é preciso fechar as portas antigas", ensina padre Adriano Zandoná
Foto: Fotos CN/ Mariana L.G.

 :: Veja fotos no Flickr
:: Veja + fotos também no Facebook

Determine-se hoje a ser curado dessa mágoa, dessa falta de perdão. Muitas de nossas atitudes atuais são resultado de um passado que não foi curado à luz do Espírito Santo.

Este é um tempo novo. Portanto, tempo de se retirar os excessos. Você errou em muitas coisas? Eu também errei! Mas, precisamos nos dar uma nova chance. Aprenda a se perdoar. Perdoe-se por aquilo que você tentou melhorar, progredir e, infelizmente, ainda não conseguiu. Diga “não” ao orgulho.

Neste novo ano, somos chamados a viver um “balanço” e reorganizar a própria vida. É tempo propício para estabelecermos novas metas. Quais são os seus sonhos? Você precisa sonhar! Sabia disso? Não deixe de sonhar e de acreditar nos sonhos que Deus plantou no seu coração. Não desista do sonho que Deus tem para você. Persiga esses sonhos em 2012.

Volte a acreditar em si mesmo. Infelizmente, muitas pessoas já não acreditam mais em si mesmas. Não é o pecado, mas sim o amor que nos define naquilo que somos. Fomos feitos para o amor e não para o pecado. Temos defeitos? É lógico que sim! Mas é certo que temos muita coisa boa dentro de nós também! Volte a acreditar nessa capacidade de amar que Deus mesmo infundiu em seu coração.

Reprograme-se em sua saúde. Cuidado com a obesidade. Cuide de seu corpo. E também reprograme-se neste novo ano em sua vida espiritual. Busque a disciplina. Cuide da sua vida de oração. Lute por esta eficácia em sua relação com Deus. Isso tem sido uma prioridade em sua vida?

“Ah, padre! Mas eu penso o tempo todo em Deus”, às vezes eu escuto isso. Saiba que o diabo também "pensa o tempo todo" em Deus. Você precisa olhar para 2012 com um olhar de esperança. Mas com uma esperança encarnada, “pé no chão”. Tem gente que não vai à Santa Missa porque “não gosta daquele padre”. Você vai por causa do padre ou por causa de Deus? Isso é desculpa de gente acomodada!

Tenho visto muitos pais acomodados na educação de seus filhos. Não querem mais cuidar dos próprios filhos. Vivemos um tempo de relativismo e comodismo. O Papa Bento XVI, em sua mensagem deste ano para o “Dia Mundial da Paz”, nos chama à atenção para isso: nos empenharmos na educação das futuras gerações para a esperança.

Se você educa seu filho somente com “sim” e não saber colocar limites, regras e dizer “não” muitas vezes a ele, então, estará inevitavelmente criando “um pequeno monstro”. Depois os pais não sabem por que os filhos são rebeldes, mal-educados, mimados e tudo o mais!

Nossa geração tem sido “mole” demais. Acomodada demais. As pessoas não querem mais lutar pela própria salvação. O que elas querem é tão somente “se sentir bem”… Querem um Deus “self-service”. Tudo pronto! Entende? Não, meus irmãos! Priorizem o que é essencial. Cultivem um relacionamento com Deus. Isso requer esforço, tempo. Você quer ser feliz? Saiba que isso dá trabalho. Mas, nesse trabalho rumo à felicidade, você não estará sozinho. Aquele que carregou a própria cruz e lhe ajuda a carregar a sua cruz diária, meu irmão, estará sempre ao seu lado. Felicidade não se ganha, se constrói! E Jesus quer ser o seu Companheiro fiel na construção dessa felicidade.

Assuma metas possíveis, maduras, para 2012. Não fique almejando o “ótimo”, mas sim o “bom”. Um exemplo: não adianta assumir que rezará todos os dias deste ano “seis” terços. Você dificilmente conseguirá. É melhor assumir um terço todos os dias e, caso não consiga rezá-lo naquele dia, reze ao menos duas dezenas do santo terço. Mas reze! Reze todos os dias. A espiritualidade se dá num relacionamento diário com o Senhor.

Assim, você não deixará “a vida te levar”. Você não tem que ser levado pela vida, meu irmão! É você quem tem de levá-la. Como o Papa Bento XVI nos ensina nessa mensagem do “Dia Mundial da Paz”, é preciso deixar-se educar por Deus no próprio olhar. Ter um olhar confiante diante deste novo ano que se inicia.

O nosso olhar precisa ser pautado pela esperança. Continuarão acontecendo problemas, desafios, conflitos? Sim! Mas o bem jamais deixará de agir. O mal faz “mais barulho”, pois gosta de chamar a atenção. Contudo, o bem sempre age. Ele é discreto. Não precisa fazer “propaganda” de si. Mas ele sempre acontece e realiza essa obra nova na minha e na sua vida.


Transcrição e adaptação: Alexandre de Oliveira

 

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo