Clamar insistentemente ao Senhor

Às vezes, as situações de pecado são decorrentes de fatos passados que não foram curados. Se nós precisamos de médico fisicamente, quanto mais na alma. O Senhor quer ouvir o nosso grito, a nossa súplica. Quantas vezes achamos que estamos incomodando Deus. Se olharmos para a nossa história veremos que Ele se manifesta, pois sempre que gritamos ao Senhor Ele nos ouve. Mas, infelizmente, o inimigo tem nos calado.

 O seu grito e o seu clamor podem ser feitos no silêncio do seu coração, mas são acolhidos por Deus. O Salmista gritou a Deus e foi ouvido.

‘Naquele dia em que gritei, vós me escutastes, ó Senhor!’

Ester se prostrou diante de Deus por causa do seu povo, clamando ao Senhor e também foi ouvida. Ela era rainha, tinha poder, mas se refugiou em Deus. Nós precisamos nos refugiar n’Ele também.

Em Ester, capítulo 4, versículo 17, está escrito: “Naqueles dias, a rainha Ester, temendo o perigo de morte que se aproximava, buscou refúgio no Senhor. Prostrou-se por terra desde a manhã até o anoitecer, juntamente com suas servas, e disse: "Deus de Abraão, Deus de Isaac e Deus de Jacó, tu és bendito. Vem em meu socorro, pois estou só e não tenho outro defensor fora de ti, Senhor, pois eu mesma me expus ao perigo. Senhor, eu ouvi, dos livros de meus antepassados, que tu libertas, Senhor, até o fim, todos os que te são caros.

Agora, pois, ajuda-me, a mim que estou sozinha e não tenho mais ninguém senão a ti, Senhor meu Deus. Vem, pois, em auxílio de minha orfandade. Põe em meus lábios um discurso atraente, quando eu estiver diante do leão, e muda o seu coração para que odeie aquele que nos ataca, para que este pereça com todos os seus cúmplices. E livra-nos da mão de nossos inimigos. Transforma nosso luto em alegria e nossas dores em bem-estar.".

Quantas vezes buscamos solução nas coisas, nas pessoas, e não buscamos Deus em primeiro lugar. Volte para o Senhor e Ele o acolherá.

Por que caminho você tem trilhado? Como está sua experiência com Deus? A graça de Deus nos alcança, dessa forma, podemos começar de novo. Procure a confissão, aproxime-se de Deus. Muitas vezes, somos cabeça dura, e por isso, quebramos a cara; mas podemos mudar o rumo da nossa história indo ao encontro do Senhor. Procure a confissão, é tempo de voltar para Deus.

Todos os dias é preciso retomar a nossa vida, retomá-la e direcioná-la para Deus. A experiência com o Senhor nos faz desejar sair da vida de pecado e optar por Ele. Somos chamados a viver a alegria do Cristo, e quem vive no pecado não encontra esta alegria.

Você é chamado a ser instrumento de Deus para os seus, e se eles não rezam, reze você! Não cobre as pessoas, não se imponha sobre elas. Muitas vezes é preciso calar e silenciar. A palavra muda o interior, quando você é cristão de verdade a sua presença faz a diferença, por isso nem sempre é preciso falar, mas agir.

Não importa a sua idade, acolha o Senhor como a rainha Ester o fez. Se pedimos algo a Deus vamos receber, mas talvez não seja no nosso tempo. Temos de esperar o tempo de Deus, e o tempo d’Ele é para nossa santificação.

Quaresma é o tempo de silêncio interior, tempo de retornar para Deus.


Padre Paulo


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo