Como fazer o outro feliz

Padre Chrystian Shankar
Foto: Wesley Almeida/ Cancaonova.com

Deus acredita na família. Faça o mesmo! O homem deixará o pai e a mãe para estar com a sua esposa. Sei que muitos casais vieram a este Acampamento para Casais para buscar alguma melhora na vida a dois, pois o que Deus uniu o homem não separa!

Darei alguns conselhos para ajudar a melhorar a vida dos casais. Não trate a mulher de qualquer jeito, pois durante o namoro era tudo um mel, faça tudo para que continue da maneira como era.

“Maridos, amai as vossas mulheres e não as trateis com aspereza” (Colossenses 6, 19).

O que a esposa espera do marido? Segurança, liberdade e honra, são as três virtudes principais. Segurança, porque ninguém se casou para estar sozinho; o casamento precisa ser o amor ágape; as mulheres desejam se sentir seguras com seus esposos. Liberdade, pois o amor é doador e para que a esposa seja aquilo que Deus quer que ela seja. A sua esposa precisa ser, ao seu lado, a realização da vontade de Deus. Deixe-O agir na vida dela! Honra, porque quem ama se sacrifica. Mostre à sua esposa que você a ama verdadeiramente; se ela gosta de fazer algo e de ir a algum lugar, vá com ela, faça-o com ela.

Os maridos podem agradar suas esposas dizendo-lhes "Eu te amo", se cuidando e lhes dando flores sem datas especiais. O marido precisa se cuidar para a esposa, ela espera que ele seja um homem cheiroso e bem cuidado. Esposo que não dá carinho para a esposa não tem direito de exigir sexo; mulheres gostam de homens cavalheiros. Seja a bênção no seu casamento; não a dor de cabeça!

Deus, quando criou Adão e Eva, pensava na intimidade do casal, pensava na família. Jamais compare a sua esposa com outras mulheres, se ela ainda não é como você quer, elogie-a para que um dia se torne segundo a sua vontade. É preciso ter o dom do diálogo, ninguém quer ser casado com uma múmia. Mas, por favor, deixem que a conversa aconteça; nunca levem problemas conjugais para a cama, a cama precisa ser o ninho do amor para a intimidade do casal e não para falar dos problemas!

A esposa precisa ser mais atraente e simpática do que a secretária do emprego do marido, do que qualquer outra mulher; ela precisa ter aquilo que as outras mulheres não têm: o “ser esposa”. Cuide da sua esposa para que ela esteja bem com você! Não a critique diante dos outros.

Elogie o seu marido profissionalmente, os homens gostam de ouvir de suas mulheres: “Você é um profissional de ótima qualidade”. Eles gostam de ser elogiados pelo trabalho, pelo que eles fazem. Não critique o seu marido, fale com ele com carinho! Gaste menos, fale menos e se produza mais para o seu esposo!

"Depois de Deus nada é mais importante do que a família, guarde-a no seu coração!", exorta padre Chrystian

Foto: Wesley Almeida/ Cancaonova.com

Homens gostam de mulheres bem cuidadas, você precisa ser uma mulher conquistadora, não pare de se arrumar depois do casamento. Vez por outra tire férias dos filhos e vá passear com o seu marido, jantar à luz de velas, não se esqueça de que, além de filhos, você tem marido! Não permitam que o futebol e que as novelas tomem conta do casamento.

Acredite que o seu casamento não é uma bola murcha, que o seu marido não é bola murcha, que a sua esposa não é uma bola murcha. Bendiga a Deus por aquilo que você tem, preencha a sua vida, a sua casa e a sua família da graça de Deus! Quem ama não reclama, louva!

Aprenda a ser feliz com aquilo que você tem, brinde as vitórias na vida uns dos outros. Família que não reza unida não termina feliz! Depois de Deus nada é mais importante do que a família, guarde-a no seu coração.

Enquanto você estiver com os joelhos dobrados, nenhum mal poderá atingir o seu casamento, a sua família e a sua história! Aqui está a solução, se você tem enfrentado problemas em sua família, ore e leia a Palavra de Deus em Tobias 8, 4-6: “Então Tobias encorajou a jovem com estas palavras: Levanta-te, Sara, e roguemos a Deus, hoje, amanhã e depois de amanhã. Estaremos unidos a Deus durante essas três noites. Depois da terceira noite consumaremos nossa união; porque somos filhos dos santos (patriarcas), e não nos devemos casar como os pagãos que não conhecem a Deus. Levantaram-se, pois, ambos, e oraram juntos fervorosamente para que lhes fosse conservada a vida”.

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida


Padre Chrystian Shankar


Pároco do Santuário Nossa Senhora Aparecida em Divinópolis – MG

Facebook
Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo