Como José e Maria fiéis à vontade de Cristo

Padre Albertine
Foto: Celia Grego/CN

Queridos irmãos e irmãs, estamos celebrando este congresso mariano. Maria foi fiel e soube escutar e seguir o projeto do Pai. Nós temos um exemplo que se chama Maria. Nós amamos Maria e veneramos, porque Maria foi como um presente dado por Deus a nós. Nós a recebemos não apenas como um modelo, mas como um grande presente de Jesus, que a entregou a nós quando estava na cruz. Jesus nos deu Maria como Mãe e quer que ela nos ensine a fidelidade ao projeto de Deus. Nós precisamos entrar na escola de Maria e com Jesus aprender a fidelidade.

Louvado seja Cristo que nos deu Maria, essa Mãe que nos toma pela mão e que por diversos meios nos mostra Jesus, para que d'Ele nós tenhamos graça e misericórdia. Quando temos Maria como exemplo temos o caminho seguro para Jesus.

Muitas igrejas cristãs nos acusam na nossa devoção e veneração a Maria. Dizem que estamos nos desviando do caminho de Cristo, mas é justamente o contrário, com Maria temos a certeza que estamos no caminho de Cristo. Ela mesma disse: “fazei tudo o que Ele vos disser”. Você quer ser santo? Fazei tudo o que Ele vos disser, pois Maria não traz ninguém para si, ela mesma nos leva a Jesus, ela nos aponta que o caminho da nossa realização é realizar a vontade de Cristo.

Que nós possamos sair daqui com este propósito profundo na nossa vida: fazer a vontade de Deus, fazer tudo o que Jesus nos disser. Você quer ser um verdadeiro cristão? Siga os passos de Maria que você estará fazendo a vontade de Cristo.

Hoje a liturgia nos convida a meditar outra pessoa da Família de Nazaré: São José, o carpinteiro.


José, o carpinteiro, aquele que soube realizar a vontade de Deus. Mesmo sem dizer uma única palavra foi aquele que cumpriu a vontade de Deus na simplicidade e na sua docilidade. Cumpriu a sua missão de cuidar do Filho de Deus e também de realizar sua missão de trabalhador e de homem.

Deus nos fez com uma missão, Ele quer que sejamos continuadores de sua graça. Que possamos usar a nossa inteligência para darmos continuidade à sua criação.

 

É possível ser feliz trabalhando? Sim, mas tem muita gente que enxerga o trabalho apenas como uma obrigação. Deus fez o trabalho para que continuássemos sua criação, ou seja, para que existisse evolução do homem na terra  através do seu trabalho. Vemos hoje a tecnologia que avança rapidamente e que melhora a vida de muita gente, tudo isso é dom de Deus para o homem. Pena que muitas vezes usamos de forma errada essas coisas, e, aquilo que seria para a nossa facilidade e construção, acaba sendo usado para a destruição. A culpa não é de Deus e sim do homem que usa errada a sua liberdade. A partir do momento que usamos as nossas capacidades apenas para suprir as nossas necessidades, não vamos conseguir ser felizes plenamente, mas quando vejo que o meu trabalho é algo para cultivar e transformar algo pelo amor, eu me torno um continuador de obra de Deus.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 

 Existem dois tipos de trabalhadores; aquele que diz “acabou o meu trabalho, quero apenas receber o meu salário”, e temos aquele outro que diz, “Que bom, estou fazendo do meu trabalho algo para mudar e melhorar a nossa sociedade”. Precisamos fazer do nosso trabalho um dom de transformação para a nossa sociedade. O meu trabalho não pode ser apenas uma obrigação, mas deve contribuir para que o outro esteja e seja melhor. Preciso realizar o meu trabalho para fazer um mundo melhor. Isto nós podemos aprender hoje com José, que na sua simplicidade e na sua pobreza soube realizar a vontade de Deus. Ele sabia que o que Deus pensava para ele era algo para fazer um mundo melhor.

 

Que nós possamos, por intercessão de São José, experimentar a graça de Deus e conhecer o que Ele quer de de nós para transformar o mundo. Hoje, Deus quer que a exemplo de José saibamos que, aquilo que eu realizo precisa ser feito com amor, porque só o amor transforma e faz um mundo melhor. Pedimos hoje a intercessão de São José, o homem justo, que nos ajude e ajude a tantos trabalhadores que ainda estão desempregados, para que todos tenham trabalho digno para sustentar suas famílias.

Jesus nos ensina o caminho e José e Maria nos mostraram que é possível seguir este caminho.

Hoje o Evangelho nos mostra que devemos não só ficar admirados com as palavras de Cristo, mas devemos as colocar em prática, porque muitos naquele tempotambém ficavam admirados, mas não O aceitaram. A Palavra de Cristo é algo bonito, bom de se ouvir, mas deve antes ser colocada em prática. O mundo precisa de pessoas que coloquem em prática a Palavras de Cristo, pois aí está a salvação da humanidade. Não precisamos só ouvir falar de Cristo, mas precisamos, a partir do fascínio à sua Palavra, colocar o que Ele ensinou em prática.

 

Transcrição e adaptação Daniel Machado


Adquira essa pregação pelo telefone
(12) 3186 2600

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo