Como preparar o caminho do Senhor

Preparar o caminho do Senhor é aceitar seguir o Senhor abandonando todo o passado de pecado. Preparar o caminho do Senhor necessita que vocês tenham as mãos livres para pegar nas mãos daqu’Ele que vem nos visitar.

Convido você a abandonar todo pecado e a pedir ao Senhor que nos esclareça qual é este pecado. Vamos pedir que o Senhor clareie o nosso coração.

Então, Senhor, juntos, nós pedimos a força e a graça de abandonar todo o caminho do mal, toda preguiça e orgulho, impureza, críticas; abandonar o egoísmo, e todas as formas de procura a si mesmo. Nós te pedimos nesta Eucaristia esta graça especial: a força de lutar contra o pecado que está em nós. Estamos aqui diante do Senhor. Pedimos pela intercessão de Maria.

Cada um pode dizer no seu coração: "Senhor, eu quero romper com o pecado, seguir o Senhor, ser livre". Preparai o caminho do Senhor.

.: Preparai o caminho do Senhor

Um dia, a pequena Teresa do Menino Jesus, que queria seguir o Senhor por toda a sua vida, lembrou-se de quando ela era pequenina com cinco anos. Ela estava embaixo das escadas em sua casa e lá no alto estava a sua mãe. Ela queria ir ao encontro da mãe e tentava subir aqueles degraus, um após o outro. Mas os degraus eram grandes para ela. Ela gritava para a mãe vir buscá-la, mas ela não vinha. Percebeu que não bastava gritar, mas também fazer um pequeno esforço que tocasse o coração de sua mãe.
Ela entendeu que para nós é impossível se aproximar do Senhor. Então é preciso gritar para Ele vir nos buscar e fazer um pequeno esforço. Por fazermos essa força tocamos o coração de Deus. É preciso gritar em direção à misericórdia do Senhor.

Preparar o caminho do Senhor é romper com o pecado e romper com o pecado é gritar em direção a Deus.

Eu vou indicar outro caminho. Para se preparar o caminho do Senhor é preciso afastar o passado marcado pelo pecado. Como João Batista que apontava seu dedo em direção a Jesus. É buscar santidade de Jesus; querer se tornar santo.

Eu perguntei uma vez a uma criança: "O que é um santo?" Ela se lembrou de uma visita à uma igreja com muitos vitrais e disse: "Um santo é alguém que é atravessado pela luz".

Jesus nos diz: "Seja santo como seu Pai é santo". Que a luz de Cristo atravesse toda a nossa vida. A Palavra de Deus nos impulsiona a fazer o bem. Nós temos de pedir isso para o Senhor.

Vamos pedir a santidade para o Senhor. Há um autor francês que disse: "Tem só uma grande tristeza neste mundo: não ser santo".

Por que as multidões seguiam João Batista, no deserto? Porque eles viam nele a santidade de Deus. João Batista era um santo, buscava o Cristo. A vida dele só se explicava em função do Messias. Não tinha outra razão para viver a não ser esse acontecimento: o Messias. Ela derrama seu sangue para dar testemunho de Jesus Cristo.

Há pouco tempo encontrei um fundador de uma comunidade brasileira, que também está na minha diocese. Na minha diocese há sete comunidades brasileiras.

Esse fundador me disse: "Quando fundei a comunidade fiz uma série de projetos, mas não previ que no centro dessa comunidade existem irmãos e irmãs que têm uma graça de santidade. Jamais imaginei que minha comunidade poderia produzir santos. Há pessoas com muitos talentos, mas os mais preciosos são os irmãos e irmãs muito humildes, que nos dão testemunho de santidade".

Quando encontramos um santo, ele nos torna melhores, ajudando-nos a fazer o bem, a nos entregar a Deus e aos irmãos. É o que a Igreja mais precisa hoje: de santos! Peçam a graça da santidade ao Senhor.

.: O Senhor está perto de você

Se o Senhor dá à Igreja belas comunidades, como a Canção Nova, é para que através da comunidade na Igreja haja santos.

Santo é aquele que faz com que o Senhor sempre passe na frente dele, coloca Jesus em primeiro lugar. Sua vida só tem razão de ser por causa de Jesus, permite que o Espírito Santo haja nele e faça nele coisas acima de suas capacidades.

Santo é aquele que é dado aos seus irmãos. Neste tempo de Advento, o Senhor nos convida à santidade.

Quero dar um pequeno presente para expressar a santidade. Na França, na Europa, tivemos a graça de ter muitos santos. Temos vários lugares, mosteiros, onde viveram muitos santos. Venho de uma diocese do Sul da França, onde viveu Maria Madalena. Faço todo o possível para ela sair da minha diocese e fazer um pouco de "turismo".

Mas eu pensei hoje em dar um pequeno presente de santidade. Gostaria de dá-lo ao Padre Jonas. Quando Maria Madalena chegou ao Sul da França, veio da Palestina por um barco. Naquela época, os cristãos eram perseguidos e ela começou a evangelizar o Sul da França. Mas, no barco, com Maria Madalena, estava São Máximo. E gostaria de oferecer ao Padre Jonas, que celebrou 42 anos de sacerdócio e vai completar 70 anos de vida, uma relíquia de São Máximo.

Essa relíquia é o sinal de que o Senhor nos chama todos à santidade. Maria Madalena e São Máximo deixaram a Terra Santa para chegar à Europa. E agora o Brasil chega na Europa.

Nós precisamos da santidade e de relíquias. As relíquias mostram que há homens e mulheres que foram fiéis ao Cristo.

Prepare o caminho do Senhor, procure a santidade.

E há um terceiro caminho. João Batista era um missionário. O mundo de hoje precisa de missionários para falar da Palavra que salva. Somos a mão do Cristo para curar, abençoar, trazer a paz. Amar como Ele nos ensinou a fazer. O mundo de hoje necessita de testemunhos missionários. Se eu pedir para comunidades brasileiras virem para a França é porque eu sei que aqui, no Brasil, há muitos missionários. E a Europa precisa de um novo impulso missionário. E o Brasil precisa de um novo dinamismo missionário por causa das seitas, do materialismo.

Nós, primeiramente, testemunhamos pela maneira de ser, sendo generosos e disponíveis aos outros. Porque somos habitados pelo Espírito de Jesus. Não somos missionários sozinhos. "É através do amor de um para com o outro é que verão que vocês são meus discípulos".

Será que temos a preocupação diária de falar de Cristo para um irmão que não O conhece? Antes de ser padre, peguei um caderno e fiz uma regra de vida para mim. "Cada dia, vou falar para alguém sobre Cristo. Vou falar para alguém que não O conhece e anotar o nome da pessoa na cadernetinha", pensei. À noite, antes de dormir, eu rezava por essa pessoa e pedia a outros cristãos que rezassem por ela. Peçamos ao Espírito do Senhor que nos mostre as pessoas para as quais devemos falar do Cristo. Vamos pedir ao Senhor, como João Batista fez, para preparar o caminho do Senhor. Ele está próximo. Ele está perguntando a cada um de vocês: "Você quer um instrumento de graça? Eu estou contando com você. Vou usar até dos teus limites".

Transcrição: Elcka Torres
Fotos: Luciana Sitta


Dom Dominique, França


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo