Conversão ao amor de Deus

Padre Wagner Ferreira
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

Queridos irmãos e irmãs tivemos hoje um dia agraciado. Tivemos irmãos e irmãs que tiveram aqui para com sua partilha, iluminar o nosso serviço a Deus por meio da música, por meio da arte.

Como vocês terão outras reflexões sobre o ministério da música, fiz a opção de pregar aos meus irmãos e irmãs na fé. Nós aqui na Canção Nova vivemos a atitude bonita de partilha do pão e do vinho na eucaristia, mas também a partilha da fé.Estamos na quaresma e ela nos recorda aquilo que somos: Necessitados do Amor que é Deus.

A cada ano por meio deste tempo litúrgico da quaresma, a Igreja quer nos recordar da condição de peregrinos nesta terra.Mas como peregrinar?

É importante meus irmãos e irmãs, que nós na quaresma busquemos assumir a identidade da nossa vida cristã. Existem muitas coisas importantes em nossa caminhada mas o que é essencial? Sua vida gira em torno deste essencial ?

Você no dia a dia de seus compromissos, gasta tempo com o que? Aí também vem a reflexaõ da palavra de Deus: “Onde está o teu tesouro, ai está o teu coração.” Citação

A Quaresma é tempo de escolhermos o essencial. Jesus ao se referir aos mandamentos de Deus, Ele resume todos os mandamentos no mandamento do amor: “Amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo como a ti mesmo.” A síntese da vida cristã é o amor.

Eu pergunto para vocês é fácil viver este mandamento de Jesus? É fácil amar os inimigos? Não vamos pensar nos inimigos, vamos pensar numa pessoa que nos chateia, que nos irrita. Não é nada fácil amar essa pessoa, mas estamos diante do preceito.

“A palavra de Deus nos convida a fazer progressos no amor.”
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

 :: Veja fotos no Flickr
:: Veja + fotos também no Facebook


 

Papa Bento XVI nos recorda algo importante em Deus Cáritas Est “O amor é uma experiência com uma pessoa, a pessoa de Jesus.”O grande problema é que normalmente nós centramos o problema enquanto lei de Deus. De fato é um mandamento, mas Jesus nos desafia a amar as pessoas que nos incomodam.

Temos que amar essas pessoas. Aqui está a diferença entre o discípulo de Jesus e o comum dos homens. Aqui está a diferença entre os músicos evangelizadores e o restante dos músicos da face da terra: Pessoas que não centram a sua atenção em um mandamento, mas cultivam no dia a dia a comunhão com a pessoa de Jesus Cristo.

“É na comunhão com o Filho de Deus que nos sentimos muito amados e nos abrimos pela fé ao dom do amor de Deus que nos torna capazes de amar até os inimigos…”

Por mais exigente que seja o mandamento do Senhor de amar nosso inimigos, isto se torna possível por causa do amor de Deus. Jesus nos chama a amar com qualidade. Nossa capacidade humana de amar é limitada, é marcada pelas conseqüências do pecado. Marcada muitas vezes pela inveja, pelo nosso interesse de sermos amados enquanto o amor de Deus é gratuito .

Sem duvida alguma nós que somos homens e mulheres seremos sempre marcados por esse amor limitado. Todos nós trazemos o desejo de sermos amados esse é o amor “EROS”. Enquanto o amor desinteressado de Deus é o “ÁGAPE”.

"Sempre seremos necessitados do amor dos outros, mas nosso socorro é o amor de Deus. Amemos as pessoas com a qualidade do amor de Deus."

A existência humana é frustrada e Deus sabe que apesar do nosso pecado e rebeldia, Ele nos ama em liberdade e não obrigada ninguém a amá-lo. O amor forçado não é amor. Uma das características principais do amor é a liberdade. Eu escolho amar essa pessoa.

Deus nos ama. Deus ama você. Ele estabeleceu conosco uma aliança. Deus diz: Se você quer ser uma pessoa feliz e realizada, eu convido você a me amar.Você aceita o convite de Deus?

Sem duvida o mandamento que Jesus nos apresenta hoje, de amar nossos inimigos, é muito difícil de ser colocado em prática, mas não é impossível. Principalmente porque é o Espírito Santo que nos dá a graça. O que você não pode fazer é não dar passos e nem escolher não seguir em frente diante das exigências.

“A palavra de Deus nos convida a fazer progressos no amor.”Com o salmista cantemos o refrão do Salmo de resposta: “Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo.”

A quaresma nos convida à conversão, ao essencial. Deus nos convida a fazermos a diferença no mundo em que vivemos. A força do amor de Deus se torna maior em nós a medida que nós o colocamos em prática. “Os mandamentos de Deus são sempre para nós um desafio, mas não pare no desafio.” Jovens não tenham medo de amar! Mesmo que o amor de Deus seja exigente, a ponto de nos convidar a amar os inimigos. Brilhem amando, perdoando, promovendo o bem na vida daqueles que muitas vezes promovem o mal. Façam a diferença e serão as pessoas mais felizes da face da terra.

 

Transcrição e Adaptação: Cristiane Viana @vianacn


Padre Wagner Ferreira


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo