Coração ardente e olhos abertos

Dunga
Foto: Robson Siqueira
No dia a dia de uma luta contra o pecado (nunca contra o pecador), vamos precisar ouvir isso:

Tomai precaução, meus irmãos, para que ninguém de vós venha a perder interiormente a fé, a ponto de abandonar o Deus vivo. Antes, animai-vos mutuamente cada dia durante todo o tempo compreendido na palavra hoje, para não acontecer que alguém se torne empedernido com a sedução do pecado. Porque somos incorporados a Cristo, mas sob a condição de conservarmos firme até o fim nossa fé dos primeiros dias (Hebreus 3,12-14).

Meus irmãos, abandonar a fé, abandonar um chamado ou uma vocação é um ato de covardia. Se estamos vivendo um tema que diz “jovem, sê forte e corajoso”, precisamos saber que o antônimo de forte é fraco; de corajoso, é covarde. Então, vamos cuidar para que nenhum de nós perca a fé no Deus vivo e , por consequência, abandone-O. Nós somos chamados a nos comprometer, mas para isso precisamos de outra pessoa ao nosso lado.

A palavra 'hoje' tem um novo sentido na nossa vida, porque o 'ontem' não existe mais, o 'amanhã' não existe ainda; nós só temos um dia: 'hoje'.

“…animai-vos mutuamente cada dia durante todo o tempo compreendido na palavra hoje” (Hebreus 3,13). Quando você estiver diante da prostituição, da camisinha, da maconha, tenha sempre alguém ao seu lado que lhe diga: “Aguenta firme, meu irmão”.

O pecado não é violento; é sedutor. Ele não vai nos arrastar, mas nos seduzir. Você precisa ficar atento e pedir aos seus amigos que eles lhe ajudem. A internet é um bom meio para isso, peça ajuda a sua rede de amigos. Você é responsável pela santificação da pessoa que está ao seu lado.

 

O que pode impedi-lo de ser um grande médico, um grande pai de família, talvez o presidente da República, é a armadilha que está à sua frente e você se deixar ser pego por ela. “Vigiai, pois, com cuidado sobre a vossa conduta, o seu jeito de ser, o seu namoro, o seu relacionamento com seu pai, sua família. “Que ela não seja conduta de insensatos”. Você não é insensato, meu irmão; você não é um louco, pois sabe o que o sexo desenfreado vai causar na sua vida. Você sabe o que as drogas, o desrespeito aos seus pais vai fazer na sua vida. Você e Deus são os únicos proprietários da sua alma. Vigie sua conduta e não deixe que ninguém leve a sua alma para o inferno.

Jovens rodam a camiseta no Acampamento PHN
Foto: Robson Siqueira

“Aproveitem ciosamente o tempo”. Jovem, você precisa ter projetos na sua cabeça. Se não tem dinheiro para estudar agora, pelo menos queira fazê-lo, tenha sonhos. Quando tiver que sonhar, sonhe alto.

Há 18 anos, quando ceguei à Canção Nova, o Centro de Evangelização [local onde é realizado o PHN] era um brejo. Mas o monsenhor Jonas Abib olhava para este lugar e dizia: “algum dia, aqui, vão haver milhares de pessoas rezando. Ele sonhou alto e o sonho dele se realizou.

Jovem, você tem de sonhar em ser alguém muito importante, seja na sua casa ou na sua rua. Você sabe como uma pessoa se torna importante? Quando ela faz algo que é importante para os outros.

Eu, Dunga, não sou essencial na sua vida, mas sim aquilo que eu faço, aquilo que a Canção Nova faz em nossa vida. Sonhe, jovem. Essa palavra é para você que não aproveita o seu tempo.

Deus mora dentro de você, ele olha para os seus sonhos, tem a visão do seu coração. E a vontade de Deus é a sua santificação. O que impede a sua santificação? O pecado. Mas aqui estamos aprendendo que, para cada 'não' que dissermos, seremos liberados para dizer milhares de 'sins' para Deus. Conte com a pessoa que está ao seu lado, você precisará dela.

Um jovem, que hoje está mais ou menos com us 40 anos, aos 12 anos, ditou seu primeiro livro , hoje, já editou 40 livros. E ele é de Cachoeira Paulista (SP), cidade onde está localizada a sede da Canção Nova, para falar um pouco para nós. Gabriel Chalita.

 

Gabriel Chalita
Foto: Robson Siqueira
A pregação do Dunga, que toca tão forte o nosso coração, fala sobre a força que nós jovens temos que ter. Mas o que significa esse PHN, como vamos embora daqui? Pensando nisso, lembrei-me dos discípulos de Emaús estavam caminhando e, de repente, um forasteiro chegou perto deles e lhes perguntou qual era o motivo daquela tristeza. “Um dos discípulos, chamado Cléofas, respondeu a eles: “És tu acaso o único forasteiro em Jerusalém que não sabe o que nela aconteceu estes dias?” (Lc 24,18). Então, eles contaram ao forasteiro que Jesus havia morrido.

Aqueles homens iam conversando com o desconhecido sem olhar para ele. Mas no momento emq ue reconheceram que era Jesus quem lhes falava, seus olhos se abriram e o coração deles ardia, porque Jesus estava com eles. Quando acreditamos, nossos olhos se abrem e o coração arde. Quando temos um coração ardente, somos PHN em todos os lugares, porque acreditamos que viemos ao mundo para realizar uma missão.

Meus irmãos, coração ardente é capacidade de amar. Um jovem PHN faz as coisas que outros jovens fazem, mas com os olhos e o coração ardentes, por isso são capazes de dizer 'não' ao pecado.

Quando sairmos deste PHN, vamos sofrer, porque nossa vida é um calvário. Perdemos pessoas que amamos, encontramos outras que nos dizem 'não', nos sentimos um 'patinho feio', porque alguém foi injusto conosco. Mas o interessante é que, quando temos consciência do nosso calvário, sabemos que não estamos aqui por acaso. Somos seres humanos lindos e nossas histórias podem servir de exemplos para muitas pessoas. Muitas gerações PHN ainda vão escrever uma história bonita para os jovens do mundo.

No final da pregação do missionário Dunga, nesta manhã de domingo, 5, o governador do Estado de São Paulo, José Serra, falou aos jovens no Acampamento PHN. 
 
 

Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso

Assista um trecho da pregação:


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600



Veja mais:

:: Acesse nossa página pelo iPhone
:: Conheça o movimento PHN
:: Cobertura completa no Mashup Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo