Cristianismo se constrói na fé

Padre Reinaldo Cazumbá
Foto: Maria Andrea
No tempo de Jesus Cristo, a concepção dos fariseus era de que o esforço necessário para viver a lei era suficiente para a salvação.

A lei pela lei é morta, não realiza ação ou transformação na vida de ninguém. Você pode cumprir todos os mandamentos a risca e não ser salvo, caso sua vivência não estiver em Jesus Cristo.

Nossa fé e confiança é o que nos move em direção à salvação. Somos um povo privilegiado, pois podemos vislumbrar um lugar ao lado de Deus a partir do momento que crermos em Sua existência e na ação d'Ele em nós.

Cabe ao homem aceitar e se abrir para a ação de Deus. Essa é a única coisa que Ele espera de nós, liberdade para agir a Seu modo em nós. A partir do momento em que crermos em  Sua existência, nos tornamos amigos de Deus e somos capazes de ver essa face amável e misericordiosa.

Quem nos salva é Jesus. Nenhum homem é capaz de salvar a si mesmo, só Ele é capaz de transformar a nossa condição de pecadores em filhos merecedores do céu.

O bom católico precisa aceitar Jesus Cristo em sua vida. Não simplesmente aceitá-Lo nos momentos de necessidade, mas sim louvá-Lo e honrá-Lo em tudo, seja nas vitórias ou nas derrotas.

Não podemos nos acomodar, a vida é dinâmica e Deus esperá constantes mudanças em nós. A acomodação nos condena e faz com que sejamos preguiçosos ao viver o plano de Deus.

O homem é livre para escolher entre o bem e o mal. Deus jamais irá nos impor nada, mas precisamos ter o discernimento de compreender que cada vez que pecamos é preciso estar cada vez mais próximo de Deus, pois ele deve ser nosso refúgio nesse momento de fraqueza.

É exatamente para isso que existe o Sacramento da reconciliação, para que deixemos a vergonha de lado e confessemos todos nossos pecados. Ao fugir da confissão estamos fugindo de Deus, pois é o mesmo que dar um passo na direção oposta ao Senhor.

Nós precisamos de Deus em todos os momentos. Não podemos nos lembrar d'Ele apenas nos momentos de dificuldade, como aquelas pessoas que buscam apenas vitórias e depois vira as costas novamente. Nossa vida consiste em estar diante do Senhor, Ele concedendo ou não, nós precisamos ser exclusivamente do Nosso Senhor.

"Quem nos salva é Jesus", ensina padre Reinaldo Cazumbá
Foto: Maria Andrea

Precisamos manter e fortalecer nosso relacionamento com Deus, porque aquele que não busca a Cristo se perde facilmente durante o caminho. Todos tem o direito de ser feliz, mas para isso precisamos estar amparados pelo Pai.

A lei por si só condena e mata o espírito. Nós precisamos ser tomados pela graça de Deus, pois Ele nos salva gratuitamente. E só precisamos estar dispostos a promover uma mudança em nosso coração, pois o verdadeiro cristão é aquele que ama Jesus Cristo, e quem O ama é aquele que está disposto a mudar por Ele; e essa mudança deve vir acompanhada de testemunho de vida.

Transcrição e adaptação: Gustavo Souza

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo