Dar passos na fé

.: Ouça essa homilia na íntegra

Meus irmãos e minhas irmãs, como o salmista que pede a Deus se lembre de seu povo, também pedimos que ele se lembre de cada um de nós. A grande realidade é que muitas das vezes nós não nos lembramos d’Ele.

Neste dia onde cantamos: “Lembrai-vos de mim Senhor”, somos convidados a lembrarmos d’Ele e de tantas pessoas que precisam de nós. Quantas vezes também somos infiéis a Deus? Quantos propósitos fazemos que não cumprimos? Não adianta fazermos muitos propósitos com Deus se não somos capazes de cumpri-lo. Com Deus é o contrário, ele sempre é fiel.

Precisamos fazer a nossa parte, como a mulher que é citada no Evangelho de hoje. Essa mulher teve a coragem de chegar até Jesus, mesmo não sendo judia. Ela sabia que até chegar a Jesus muitas coisas poderiam lhe acontecer. Nada a impediu de chegar a Jesus, nem mesmo a exclusão, a separação. Ela foi além das suas dificuldades.

Ela deu um passo além, deixou que o amor de Deus a toca-se, não por ela mesma, mas por causa de sua filha, esta foi sua motivação. A graça é pra todos. Deus se faz presença na vida de todos. Aquela mulher deve ter pensado: “se Jesus fez grandes coisas na vida de tantas pessoas, Ele pode fazer também na vida de minha filha!” A fé não é um sentimento, a fé é uma experiência.

O tempo de Deus não é o nosso tempo. Eu preciso fazer a minha parte, dar um passo na fé. Ainda que seja difícil pra você acreditar, faça por aqueles que estão a sua volta. Olhe para sua história, por mais marcada que seja, veja o quanto Deus já fez.

Estamos vivendo no tempo do paganismo, e nós sabemos as dificuldades que enfrentamos para sermos cristãos. Muitos de nós tem vergonha e medo de falar de Jesus, tem medo de tomar a iniciativa. As nossas famílias já não rezam juntas. Eu me lembro que quando eu era criança rezávamos o terço todos os dias juntos, ninguém fazia nada sem antes cumprir com o dever da oração.

Quando a salvação chega a minha casa ela consegue chegar na vida de tantas e tantas pessoas. A mesma graça concedida a nós cristãos, Deus concede para todos. A salvação é para todos.

O poder da palavra de Jesus foi que curou a filha daquela mulher. Não importa o que eu vivi até agora, o importante é que estou aqui. O importante é que eu tenha uma fé que não pare em mim mesmo, mas que me leve diante de Deus, que me lance em Jesus. Nós precisamos ter a fé daquela mulher, que era pagã. Precisamos de uma fé que afaste de nós todo sentimento de exclusão, uma fé que nos leve ao encontro do outro.

Jesus não obrigou aquela mulher a viver a lei, não quis lhe dar lição de moral. Jesus não quis ensinar a Lei judaica. A nossa palavra tem poder, poder para mudar a vida de muitas pessoas. Que da sua boca saia palavras de Deus, saiam palavras de cura e libertação e que de seu coração brote a misericórdia.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo