Decidi pela santidade

Padre Bruno
Foto: Robson Siqueira/ Foto CN
Vejamos o Evangelho de hoje, que se encontra em São Mateus (16, 13-23):

“Naquele tempo, Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe e ali perguntou a seus discípulos: 'Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?' Eles responderam: 'Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas'. Então Jesus lhes perguntou: 'E vós, quem dizeis que eu sou?' Simão Pedro respondeu: 'Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo'. Respondendo, Jesus lhe disse: 'Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus".

Jesus, então, ordenou aos discípulos que não dissessem a ninguém que ele era o Messias. Jesus começou a mostrar aos seus discípulos que devia ir a Jerusalém e sofrer muito da parte dos anciãos, dos sumos sacerdotes e dos mestres da Lei, e que devia ser morto e ressuscitar no terceiro dia.

Então Pedro tomou Jesus à parte e começou a repreendê-lo, dizendo: 'Deus não permita tal coisa, Senhor! Que isto nunca te aconteça!' Jesus, porém, voltou-se para Pedro, e disse: 'Vai para longe, Satanás! Tu és para mim uma pedra de tropeço, porque não pensas as coisas de Deus, mas sim as coisas dos homens"!

Este é o Mês das Vocações e precisamos olhar para nós mesmos e descobrir qual é a nossa missão. A minha é ser sacerdote e eu disse 'sim' ao Senhor. Você também precisa dar o seu 'sim' a Ele. Não podemos mais viver como se hoje fosse apenas mais um dia. Ontem não existe mais e amanhã a Deus pertence. Precisamos suscitar novas vocações, pois hoje ninguém mais procura a santidade. Reze pelas vocações sacerdotais e diaconais; pelo matrimônio; pelos missionários das comunidades cristãs (Canção Nova, Shalon, Toca de Assis, entre outros) e pelos leigos da Igreja.

Precisamos ter um coração limpo, renovado e o anseio pela santidade. Precisamos decidir a cada dia pelo Senhor. E isso depende de quem? De você, meu filho. Não sou eu que tenho de decidir por você, muito menos Deus. É você que precisa se desapegar do mundo e dizer 'não' ao pecado.

Estamos em 2008, ano da tecnologia, tudo se renova a todo instante e você se sente consumido? Precisamos clamar e falar para o mundo da nossa verdadeira vocação. Deus quer homens de fé para levar o Seu Evangelho a todos. Precisamos dizer que somos um povo escolhido. Só não vai para o céu não quiser. Não podemos ter medo, precisamos clamar o Senhor. O céu começa hoje, agora. E você precisa fazer da sua vida um céu, ou seja, precisa ser puro. Somos o povo escolhido do Senhor, mesmo com as nossas misérias, com os nossos pecados, faltas e limitações. Assuma isso para você! A decisão é pessoal. Não sou eu que luto pelo céu por você, é você mesmo. Lembre-se: coração puro e espírito decidido.

"Não sou eu que tenho que decidir por você, muito menos Deus. É você que precisa se desapegar do mundo e dizer 'não' ao pecado".
Foto: Robson Siqueira/ Foto CN

A Palavra liberta, renova, restaura. A primeira leitura de hoje é uma promessa e nós temos que acreditar nela porque ela se cumprirá. Mas para ser cumprida, ela precisa passar pela prova do tempo. É preciso esperar e acreditar que a promessa vai acontecer. Todos temos problemas, mas não podemos parar neles.

O Evangelho de hoje precisa ser consumido por nós. Quem é Jesus para você? Nós, Igreja, precisamos assumir, como estes discípulos, que Deus é o Messias e que só Ele pode nos dar um coração decidido.

“Tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la”. Temos um pastor, uma pedra fundamental da Igreja e, hoje, o Santo Padre, o Papa, é este Pedro para nós. Precisamos nos assumir e ter uma experiência com o Senhor. Só se ama aquilo que se conhece. Temos que ser discípulos que vão ao encontro d'Ele.

Jesus quer muito mais que renovar o nosso ser Igreja; Ele quer reforçar que somos um povo escolhido. Não podemos duvidar, mas sim, sempre acreditar. Tenha coragem e diga ao Senhor: “Tu és o meu Messias, o Senhor da minha vida”. Você não pode tirar o olho da promessa, pois Deus vai cumpri-lá se assim quisermos. Peça um coração verdadeiro e decidido para o Senhor. 'Renova em nós o teu Santo Espirito'. Amém.

Transcrição e adaptação: Ariane Fonseca


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE: (12) 31862600


Padre Bruno Costa


Sacerdote da Comunidade Canção Nova.

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo