Deixa Deus te amar e te ensinar a amar

Padre Gleuson Gomes
Foto: Daniel Machado

“Guarda-te de esquecer o Senhor, teu Deus, negligenciando a observância de suas ordens, seus preceitos e suas leis que hoje te prescrevo. Não suceda que, depois de teres comido à saciedade, de teres construído e habitado formosas casas, de teres visto multiplicar teus bois e tuas ovelhas, e aumentar a tua prata, o teu ouro e o teu bem, o teu coração se eleve, e te esqueças do Senhor, teu Deus, que te tirou do Egito, da casa da servidão. Foi ele o teu guia neste vasto e terrível deserto, cheio de serpentes ardentes e escorpiões, terra árida e sem água, onde fez jorrar para ti água do rochedo duríssimo; foi ele quem te alimentou no deserto com um maná desconhecido de teus pais, para humilhar-te e provar-te, a fim de te fazer o bem depois disso” (Deuteronômio 8, 11-16).

Hoje, Deus quer lembrar você daquilo que Ele já operou em sua vida, e aquilo que Ele quer operar em seu coração. Podemos recomeçar e repensar o que estamos vivendo, aquilo que nosso coração cego, cativo, não consegue enxergar. O que aprisiona o seu coração hoje?

“Não digas no teu coração: a minha força e o vigor do meu braço adquiriram-me todos esses bens. Lembra-te de que, é o Senhor, teu Deus, quem te dá a força para adquiri-los, a fim de confirmar, como o faz hoje, a aliança que jurou a teus pais. Se, esquecendo-te do Senhor, teu Deus, seguires outros deuses, rendendo-lhes culto e prostrando-te diante deles, desde hoje vos declaro que perecereis com toda a certeza. Como as nações que o Senhor exterminou diante de vós, assim também perecereis vós, se não ouvirdes a voz do Senhor, vosso Deus” (Deuteronômio 8, 17-20).

Basta darmos alguns passos para nos perdermos em nós mesmos. A todo o momento vivemos isso, quando vemos estamos aprisionados a alguém, a cargos. Aprisionamos-nos com muita facilidade, e nem percebemos o quanto estamos fechados àquela realidade. Muitas vezes sua família está morrendo e você nem se dá conta dos cuidados que eles precisam. Temos tantas responsabilidades, que não vemos as necessidades dos que estão ao nosso lado, e até a nossa oração se torna a mecânica. O que é um filho sem os cuidados da mãe? O que é um casamento sem gestos de carinho?

Quando Deus fala, Ele inaugura um tempo de graça. Não brinque com a oportunidade que Deus está abrindo para você. É preciso ter coragem de voltar e dizer: “eu quero recomeçar”. Mas você pode dizer: “eu já vivi tanta coisa com Deus, será que a minha situação de agora não está de acordo com o que Deus pensou? Quando Jesus estava diante do jovem rico (Lucas 18,18-23) parecia que o jovem estava certo em tudo. Parecia que tudo estava na medida, mas Jesus foi lá no fundo da alma, e disse: “ainda te falta uma coisa”. O que está a faltar em sua vida? As vezes está tudo no lugar, inclusive a vida de oração,mas isso tem determinado um novo viver, uma nova direção ao teu coração? Não brinque com as oportunidades que Deus tem dado ao teu coração.

O que nos torna indiferente à Palavra de Deus? As vezes não percebemos o quanto os ressentimentos podem corroer as forças de nossa vida. Tornamos-nos cegos diante da raiva, vivemos de migalhas, o coração não está trabalhando plenamente no amor como ele precisava, mas Deus diz: “sai dessa prisão, desse cárcere”.

Como é difícil a gente aceitar que tem pessoas tomando o lugar de Deus em nossa vida, e até nossa realização profissional. Você já não dá mais atenção ao filho. A Eucaristia já não é mais a mesma. A Palavra de Deus bate e volta, não permanece em você. Deixa Deus te amar e te ensinar. Ainda te falta alguma coisa para estar por inteiro diante de Deus.

Transcrição e adaptação: Willieny Isaias


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600



Padre Gleuson Gomes


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo