Deus dá o necessário

Neil Velez
Foto: Robson/CN

Anteriormente falamos sobre a segurança que nós devemos ter em Deus e que a Glória de Deus se encontra nesta segurança. Falamos de pessoas que confiam em um Deus que cura gripes e de irmãos que ressuscita mortos, embora seja o mesmo Deus para todos, Ele honra a fé do crente, Ele honra as pessoas que crêem em um Deus todo poderoso.

Em Hebreus 11, 1 diz que, "fé é a segurança de que vamos receber aquilo que esperamos". No livro do Gênesis capítulo 22, versículo 1 em diante, diz que Deus chama a Abraão e Ele quis testar a fé de Abraão, o Senhor o chama e ele disse: “eis-me aqui Senhor!”. Deus chamou Abraão em um dos melhores momentos de sua vida, onde ele estava desfrutando de uma benção onde mesmo em sua velhice, ele pode ter um filho.

Imagino que Abraão levava seu filho em todos os lugares que ia, brincava com ele e fazia isso por que havia esperado muito por esta benção e finalmente ela havia chegado. Deus disse a Abraão: “Toma teu filho, teu único filho a quem tanto amas, Isaac; e vai à terra de Moriá, onde tu o oferecerás em holocausto sobre um dos montes que eu te indicar.” Deus reconhece o amor que Abraão sente por este filho, eu imagino que este menino era tudo na vida de Abraão, e agora Deus pede a ele que ofereça em sacrifício aquele filho que ele tanto amava.

Deus pede a Abraão que mate o filho da promessa, Isaac, ele havia esperado por toda uma vida este filho da promessa e agora Deus lhe diz que Abraão deve sacrificar este filho. Fico maravilhado com o silêncio e a fé de Abraão, nós não encontramos nenhuma murmuração dele, pois ele não questiona em nenhum momento o mandato de Deus sobre seu filho, acredito que até o pai mais ruim faria alguma pergunta para Deus. Mas vemos que ele fará exatamente o que Deus lhe pede e acredito que Abraão deveria ter algum segredo, um segredo que o levava a caminhar deste modo, comecei a pesquisar nos capítulos anteriores e encontrei o segredo, Abraão conhecia a Deus e sabia que Deus não é um homem de mentir e que aquilo que promete Ele realiza!

É impossível ter fé em um Deus que não conhecemos, fé é segurança, é certeza em Deus e é impossível ter confiança em alguém que não conhecemos, por exemplo, você deixaria alguém desconhecido tomar conta de seus filhos? Só após descobrir que a pessoa é de confiança, é que entregamos a elas aquilo que nos é precioso. Através do relacionamento é que vamos conhecendo a Deus, é aí que contemplaremos a Glória de Deus. Na oração estabelecemos um diálogo com Deus, onde nós falamos a Ele e Ele fala a nós, temos que buscar as conversas e intimidade com Deus.

Outra forma de conhecer a Deus é por sua Palavra, nós católicos não gostamos muito de ler a Bíblia, e quando vemos alguém com a Bíblia geralmente não são católicos. A Palavra não é exclusiva para eles, os não católicos, ela também é nossa e temos a alegria de não somente poder ler a Palavra, mas podemos comungá-la através da Eucaristia. Nós precisamos conhecer a Palavra de Deus, em sua Palavra passamos a conhecê-lo, nela encontraremos o que agrada e o que desagrada a Deus, Ele nunca escondeu a vontade Dele para nós e Ele fez que conhecêssemos a sua vontade através de sua Palavra.

Em Isaías capitulo 55, versículo 11 diz: "assim acontece à palavra que minha boca profere: não volta sem ter produzido seu efeito, sem ter executado minha vontade e cumprido sua missão.” Isso vem nos garantir que a Palavra de Deus não deixa de produzir o seus efeitos. Há mais de 30 mil promessas que nos circulam neste momento e não voltarão ao Pai sem que elas se cumpram. Abraão conhecia a Deus e sabia que Ele havia prometido uma posteridade a ele, e sabia que o que havia sido prometido ia se manifestar, comece você a caminhar neste conhecimento.

Ao sair para cumprir o que Deus havia lhe pedido, Abraão disse aos homens que o acompanhavam: “ficai aqui com o jumento, disse ele aos seus servos; eu e o menino vamos até lá mais adiante para adorar, e depois voltaremos a vós.”Parece que Abraão estava mentindo para aqueles homens, pois sabia que iria sacrificar seu filho, mas ele não estava mentindo, ele estava caminhando na fé, acreditando no que Deus havia prometido a ele.

Nós precisamos estar de acordo com aquilo que estamos acreditando, em pensamentos, em palavras e atos, as vezes algumas pessoas dizem crer, mas os atos contradizem aquilo que crêem, dizemos acreditar em curas, mas falamos somente em doenças e o inimigo de Deus usa disso para roubar nossa fé e a fé dos que estão ao nosso lado. Desta forma vamos contaminando o ambiente com palavras negativas, Abraão se calou diante do pedido de Deus não falou a ninguém, pois acreditava nas promessas de Deus e caminhava conforme esta promessa.

Isaac viu que estava tudo preparado para o holocausto, porém faltava o cordeiro e Abraão diz ao filho: “Deus proverá o cordeiro, meu filho”. Novamente parece uma mentira, pois ele sabia que era seu filho que ia ser sacrificado, mas não é uma mentira, ele estava caminhando conforme aquilo que acreditava. As vezes não alcançamos a Glória de Deus por causa que não acontecem as coisas no momento em que queremos. São Tiago vai dizer que aquele que pede na dúvida, não obterá o que pede, precisamos nos manter firmes naquilo que cremos.

'Deus dá o necessário!' diz Neil Velez
Foto: Robson/CN

Queremos muitas vezes a vitória, sem querer passar pela guerra! Se você esta acreditando em Deus, se prepara para a prova, pois virão problemas que você nem imagina. Uma pessoa me disse: “irmão Neil quando eu era do mundo não tinha tantos problemas como tenho agora que caminho com Deus, saio de um problema, entro em outro” e eu lhe disse: “antes você não estava em Deus por isso o inimigo de Deus não precisava te atacar, mas agora ele vai te atacar”. Muitas coisas irão acontecer afim de que paremos de caminhar com Deus, o único que pode barrar a Glória de Deus é você mesmo.O inimigo coloca em nós reações que provocarão a nossa fé, para que tenhamos reações negativas, mas precisamos nos manter firmes no que acreditamos, não deixe o Senhor, não se dê por vencido, você no fim verá a Glória de Deus!

Abraão preparou para imolar seu filho e tomou a faca na mão e quando eu penso nisso me passa como um filme, Abraão levantando a mão com a faca sobre aquele filho que ama para matá-lo e ele confia até o último momento. Poderia questionar, ficar magoado com Deus, mas ele continua firme naquilo que Deus lhe prometeu. Nós dizemos acreditar em Deus, mas quando a situação não é favorável a nós, somos capazes de abandonar a Deus. Abraão levanta a mão pronto a matar seu filho e ouve uma voz que diz: “Abraão, Abraão! Não estendas a tua mão contra o menino, e não lhe faças nada. Agora eu sei que temes a Deus, pois não me recusaste teu próprio filho, teu filho único.”, a voz pede a ele que não sacrifique o seu filho, suas mãos estavam firmes para obedecer a Deus. E logo depois Deus dá a Abraão um cordeiro, o que era necessário para fazer o sacrifício, e Abraão chamou aquele lugar, Deus dá o necessário!

Deus já nos deu o necessário, creia que Deus já nos deu o necessário! São Tiago nos diz que pedimos e não recebemos porque pedimos mal, acredito que fazemos orações de forma errada, duvidamos, abandonamos aquilo em que acreditamos, e digo agüente firme, dá autoridade a tua oração. Pode ser que hoje você creia que saia daqui curado e o médico depois te diga que está pior, tua fé será provada, mas não abandone a Deus, pois Ele não abandonará a ti, pois no final você contemplará a Glória de Deus!

Deus te quer curar, Deus te quer libertar, Ele quer te ver Feliz!

 

 

Transcrição: Flávio Pinheiro

 


 

ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186-2600

 

 


Neil Velez


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo