Deus faz, Deus junta

Dunga
Foto: Maria Andrea/Fotos CN

Existe uma comparação entre ascese espiritual e ascese humana. Aquilo que para uns é jejum para outros é dieta. De tal forma, as duas forma são distintas, precisam viver com disciplina.

Vamos aprendendo que o esporte de maneira geral nos ensina muito e vemos que ele tem sido o resgate para muitos jovens.

Enquanto os anos passam, o Senhor tem me dado outras inspirações, não que eu esteja me afastando do PHN, mas Deus tem me dado outras inspirações, como essa do “Gente do Bem”. Sabemos que o barulho do mal assusta aos bons, mas o silêncio dos bons incomoda os maus.

Saiamos do casulo e deixemos de ser católico agente-secreto, pois dá um trabalho saber que ele é católico, é uma pessoa boa, mas tem vergonha de se manifestar. A nossa bondade precisa ser conhecida por todos os homens. Quando nos intitulamos “Gente do Bem”, nós nos juntamos a outros, onde “Deus faz e Deus junta”, ou seja, é um trabalho em conjunto.

Deus nos faz de forma separada, cada um de nós temos uma especialidade. Nós somos bons, mas estamos silenciosos e o mal é barulhento! Pois a desgraça está estampadas em nossos jornais. Há pessoas que sentam em frente a TV apenas para assistir a programas ruins. Precisamos resgatar a bondade. O evangelho que devemos anunciar, não está sendo anunciado. Isso, pode ser, porque somos bons, mas não estamos agindo, deixamos que o mal vença. Somos gente do bem e precisamo nos unir. Precisamos estar próximos uns dos outros.

Estamos falando de esportes e eu pratico e gosto de praticar esportes. A primeira coisa que aprendi no futebol foi cair. Jogava como ponta-esquerda e até que eu jogava bem, mas eu não sabia cair, todas as vezes que alguém me derrubava eu quebrava uma parte do meu corpo, só o braço quebrei sete vezes. O meu técnico me ensinou que todas as vezes que eu fosse cair que eu caísse rolando. Hoje, meus irmãos, em nossa vida espiritual acontece a mesma coisa, pois todas as vezes que caímos no pecado, devemos cair de joelhos diante de Deus e pedir seu perdão, ir até ao sacerdote e buscar o sacramento da reconciliação.

"Deus faz, Deus junta"
Foto: Maria Andrea/Fotos CN

O pior testemunho que nós podemos dar uns aos outros é a divisão. Quero lhe questionar, quais são os efeitos da sua vida de oração? Você precisa transformar sua oração em atitudes.

O esporte precisa ser reativado, não somente no contexto de título ou dinheiro, mas em nossa vida! Sejamos disciplinados. Precisamos usar do esporte para chegar na juventude! Você é pai é responsável por seus filhos, mas nós quanto Igreja também precisamos ter a consciência de que temos responsabilidade quanto a seus filhos, que também são nossos.

Deus precisa continuar a obra de criação em nossas vidas! Ele quer criar coisas boas em nosso meio e que usar de nós, “Gente do Bem” que quer usar das nossas vidas como forma de evangelização. Deus quer contar com cada um nós. A Igreja precisa de cada um de nós. Peço que o Espírito Santo lhe incomode, para que você possa e seja chamado fazer algo. O que você vai fazer?

O Senhor quer nos dar ideias, até mesmo durante as madrugadas, Ele usa dos meios que temos para evangelizar. Escute a Deus, se você acha que não tem tempo para ouvi-lo, deixe Ele lhe falar nas madrugadas.

Irmãos, sem unidade não somos nada!

Confira a Música do Acampamento PHN de 2013

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo