Deus me tira da depressão

A tristeza é um sentimento normal, faz parte do psiquismo. O errado é uma tristeza prolongada, a pessoa sempre fica triste e vem junto um monte de sintomas, perda de apetite, de libido, de concentração, do sono, não consegue ter sentido na vida, ou então, come demais, dorme demais. O grande problema da depressão, que é uma mal no século XXI, os problemas da atualidade nos levam a depressão. A mulher hoje exerce 3, 4 papéis, é dona de casa, mãe, sustento da família, e isso vai sobrecarregando e com isso aumenta a chance de se ter depressão.

A pessoa com depressão é um doente, as pessoas acham que as pessoas depressivas estão fazendo “fita”. Precisamos entender muito bem o que é depressão, não se deve insistir com a pessoa para que saia de casa, pois se ela sair ela vai se sentir pior, achando que estragou o passeio da outra pessoa. Precisamos saber lidar com a pessoa, pois ela começa achar que está atrapalhando a família, que está sendo um estorvo então fica querendo se matar, se uma pessoa depressiva falar que quer morrer, leve-a rapidamente ao psiquiatra, porque ela é capaz de armar um situação para suicidar. Isso acontece muito, precisamos estar atentos.

Dr. Roque Saviolli
Foto: Celia Grego

A depressão vem sempre depois de uma perda; perda afetiva, financeira, social. A tristeza de uma morte leva as pessoas da família a um quadro depressivo. A depressão tem uma causa física, uma causa genética. Depressão é doença.

A mulher depois da menopausa é o quadro mais comum da depressão, aumenta o peso, a pressão, o corpo passa por uma transformação, os filhos já estão todos casados, ela se sente sozinha, apenas com o marido que acabou de aposentar, antes ela só via ele depois do trabalho, agora ele está com ela o dia todo, e começa a ver manias que antes ela não via nele, e parece que ela está com um estranho, as roupas já não serve mais, a autoestima baixa, as coisas começam a piorar, uma família assim que não tem Deus começa a se deteriorar. Se ela não tiver Deus para preencher o vazio, ele entra em depressão.

O jovem de hoje não tem um objetivo, estão vazios, está evidente que é falta de preencher o vazio com o espiritual. A depressão é física, não podemos também dizer que é tudo espiritual, temos que cuidar da parte clínica. A doença é uma coisa nossa, que vem dos nossos erros. A doença veio a partir do pecado de Adão e Eva.

Temos que cuidar do nosso corpo, ele é uma obra prima da criação. O grande problema é a inexistência familiar, ninguém almoça mais junto, cada um come em algum lugar, num quarto, isso gera um vazio.

Aprendi com Padre Léo que viver é administrar perdas. Desde de quando nascemos começamos a perder. Se você quiser ficar livre da depressão, administre perdas, se espiritualize. A pessoa depressiva não consegue nem rezar, por isso precisamos rezar por ela. Ela quer amor, atenção, alguém que a ouça. A depressão existe cura, mas terá que tomar medicamentos, hoje graças a Deus temos armas para encontrarmos o medicamento certo, escolhemos a medicação através de um perfil genético.

Depressão a gente cura com remédios, tratamento psicológico e com a espiritualidade, você precisa tomar seus remédios, fazer seu tratamento e frequentar seu grupo de oração. .


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE (12) 3186 2600


Dr. Roque Savioli


Cardiologista e escritor de vários livros pela Editora Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo