Deus quer que mergulhemos no Espírito Santo

Existem certos pedidos que fazemos a Deus e Ele nos ouve como um pai que atende ao pedido do filho, com um sorriso, porque ele queria dar aquilo ao filho. É como se Deus afirmasse: “Que bom que você está pedindo isso. É o que Eu quero lhe dar”.

Como é bom quando o filho nos pede algo que não apenas podemos lhe dar, mas algo que queremos dar a ele. É como diz o ditado: "Juntam-se a fome e a vontade de comer". Esse mesmo Deus, que mora dentro de nós desde quando ainda éramos pequenos e sem consciência, de quem recebemos a graça do sacramento do batismo e fomos mergulhados no Seu Espírito Santo.

Dunga
Foto: Arquivo/ CN

Esse mesmo Espírito, a partir do nosso batismo, permanece em nós fielmente. Ainda que tenhamos andado de um lado para o outro, bebendo, nos prostituindo, fumando, Ele não sai de nós, não nos abandona. Deus espera que passemos por uma experiência com Ele. E o que nos ampara, muitas vezes, é o amor da família, assim como foi comigo na minha história, o que me amparou foi o amor dos meus pais.

“E do céu veio uma voz, dizendo: "Este é o meu Filho amado, que muito me agrada" (Mateus 3, 17).

No batismo sacramental Deus nos diz que quer morar em nós, a partir desse momento o Altíssimo não volta atrás, não sai de nós, permanece conosco. Depois de um tempo passamos por outro tipo de mergulho: “Nós em Deus”, quando aconteceu esse batismo lindo, esse mergulho no Espírito Santo. “Eis o meu filho muito amado o qual merece toda minha afeição”; Você também é muito amado por Deus Pai, ainda que sua história o leve a duvidar disso, mas você é amado.

Afeição vem da palavra "afeto", que é a capacidade de dar afeição a alguém ou ter a afeição de alguém. Pelo batismo no Espírito recebemos esse dom, e por pior que uma pessoa seja, por mais trabalho que ela nos dê, nós nos desdobramos e debruçamos nosso afeto sobre ela para amá-la. É o Espírito Santo quem nos dá essa capacidade.

Cuidado, pois cristão significa "ungido", você pode ser católico só de censo, só de número e não ser ungido. Pode não ter a capacidade de amar o outro. O mundo banalizou a palavra "amor", porque o significado de amor para o mundo é sexo. Amor para o mundo é qualquer coisa, mas para Deus é dar a vida para alguém!

Como é bom ver as pessoas de braços levantados para Deus, ver o pregador clamando a libertação e a cura dos fiéis! Ver todos em busca de Deus! 

O Senhor está dando a você a capacidade de fazer a diferença na sua casa, de levar para os seus o sorriso e o abraço para resgatar sua família. Meus pais resgataram-me pelo amor, pelo abraço, pelo sorriso. Eu andava drogado, bêbado, mas minha mãe, todos os dias, pedia para eu ler o Salmo 90. Assim eu o fui aprendendo de cor, tempos depois, entrei drogado em um grupo de oração e tive minha experiência com Deus.

Você recebe hoje a capacidade de insistir com o seus, de amá-los, de fazer um favor para o outro sem esperar retorno. Ao exercer o que você recebeu de Deus, quem sabe a pessoa que é o alvo da sua oração daqui a um tempo esteja com você nos caminhos de Deus.

É tempo de nos aprofundarmos na experiência com Deus, mergulharmos mais fundo no batismo no Espírito de Deus. Mergulhe no Espírito. Permita que Deus ponha fogo em você. Não fique na periferia do Espírito Santo.

Deus Pai quer dar o que você está pedindo: O derramamento do Espírito Santo. O Todo-poderoso quer dar a você mais uma vez a capacidade de afeiçoar-se, Ele quer inspirar você no que dizer a quem você ama.

O Senhor está com você, Ele não saiu do barco! Clame o Espírito Santo, escancare-se para recebê-Lo!

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo