Diálogo familiar com Deus

Vamos refletir sobre o tema da \’Semana da Família\’ e o tema que a CNBB escolheu para ela: \”Dialogo familiar com Deus, fonte do conhecimento e da conquista\”; ou seja, nós e nossa família conversando com Deus sobre o que precisamos alcançar para que conquistemos a paz em nossas casas. E o lema da campanha é: \”Família, fonte de vida e construtora da paz\”.

Ouça: \”Semana Nacional da Família\”

A caridade é o amor verdadeiro, de doação. Mas quando falamos em doação, não é só com relação ao se dar esmolas, mas o dar-se de si, o partilhar e ir ao encontro do outro. Quem não quer amar e se sentir amado?

1Tes 4, 1-12: Como vemos nesta Palavra, é preciso viver de forma a agradar a Deus, e se você já estiver vivendo isso, é hora de progredir um pouco mais. Todo dia é dia de superar as adversidades, pois a santificação é a vontade de Deus para a nossa vida. Ele nos quer santos, onde quer que estejamos. Por isso, o Senhor nos quer livres das impurezas, sem que nos deixemos levar pelas paixões desregradas, pois quem O conhece, sabe que a Palavra d\’Ele ensina que temos limites para viver. Paixão não é pecado. Pecado é deixar-se levar por elas. Deus nos fez com inteligência, para que possamos escolher. Quem vive as paixões desregradas, não conhece e não vive a Palavra de Deus.

Ouça: \”Paixão e relacionamentos\”

No momento em que você abandona os preceitos do Senhor, não está abandonando uma pessoa qualquer, mas o próprio Deus. Isso é muito sério, é preciso fazer um compromisso de vida para a sua família. O Senhor nos abre para os outros, para que os ajudemos, e queiramos o bem de todos, assim como para que vivamos em paz com todas as coisas. Nós não podemos nos acomodar, precisamos renovar o nosso propósito de viver honrosamente. Não podemos oprimir nossos familiares e ninguém!

No momento em que alguém, dentro da nossa casa, age com amor, percebemos que o ambiente é tomado por uma calmaria, muda o clima. Se você se propuser a reagir com amor, experimentará a paz. Não importa o problema, a reação tem de ser sempre a partir do amor. Ele é o antídoto contra a raiva e o rancor. O perigo é cairmos no ressentimento. As mulheres são especialistas em guardar rancor, porque são movidas fundamentalmente pelo coração. Não alimente esse sentimento, porque ele fecha e tranca o seu coração.

Cada pessoa tem um tipo de temperamento, mas Deus nos pede o autocontrole, para que não coloquemos a \”explosão\” que há dentro de nós para fora. É nesta hora que você deixará o Espírito Santo agir em você, curando as suas reações.

Tenha uma reação de fé, exale amor, e, dependendo da situção, aja com o silêncio, o perdão e a misericórdia. Deus lhe mostrará qual reação você deverá ter. Domine o seu jeito de ser. Quantos de nós temos reações descomedidas… Todos os dias, o Senhor nos pede que tenhamos autodomínio em tudo.

Você deve estar se perguntando por que eu estou dizendo isso a você? Quando deveria ser seu marido ou filhos que deveriam saber disso, mas Deus escolheu para que você vivesse isso hoje, para que desse o primeiro passo, aprendendo a dominar a si mesmo, principalmente, o \”sangue quente\” que corre em suas veias. Construa uma família de paz dentro de casa e todos baterão à sua porta para saber qual é o segredo da felicidade. Se você quiser seguir o caminho do Senhor, viva a santidade, o sacrifício. Não se preocupe, o sofrimento, em Deus, não tem a dimensão que imaginamos. É uma dor redentora que nos leva à santidade, a ver a vida de maneira diferente e a amar mais. Sofremos, mas temos o nosso coração em paz, esta é a diferença. O sofrimento tem como frutos a paz e a família restauradas. Se você quiser ter uma família cheia de vida, reaja!

Ouça: \”Família restaurada: fruto do sofrimento\”

Os frutos do Espírito Santo são caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, brandura, temperança. Contra estas coisas não há lei\” (Gálatas 5, 22-23). Cuidado com as suas emoções, tenha autocontrole e você terá uma família como fonte da vida e construtora da paz. Só fale em sua casa com a linguagem do amor. Se você quiser comunicar uma vida nova em seu lar, terá de expressar a sua fé, porque nenhum ser humano é capaz de ser feliz sem Deus.

Nós, seres humanos, procuramos, sem cessar, a felicidade e o amor, e essas virtudes estão na família. Fale a linguagem do amor e a sua família encontrará a paz e tudo o mais.

Transcrição: Michele Mimoso
Áudio: Tatiana Gomes
Fotos: Paulo Sérgio


Adriana Pereira


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo