É preciso renunciar às maldições

Padre Vagner Baia
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com
Quando vamos à Casa de Deus, Ele nos cumula de bênçãos, mas nem sempre a percebemos em nós. Precisamos nos atentar às pessoas que trabalharam para nós de maneira anônima e nem as notamos.

Aquela família de Caná da Galileia, que estava ofertando o casamento, convidou Jesus e Maria para a cerimônia, mas para eles os dois eram figuras quase que anônimas presentes na festa. Hoje em dia, é comum casais do mundo inteiro irem a esta cidade para renovar o compromisso feito no matrimônio.

Casais, estejam atentos às situações que vocês vivem em sua casa. Se necessário, peça perdão muitas vezes.

Meus irmãos, o que Deus uniu o homem não separe! Não deixe de pedir perdão, pois o Senhor quer que nossas famílias sejam restauradas, Ele nos quer livres de todas as maldições, toda iniquidade que passa de geração em geração.

Pais, para os seus filhos tudo o que vocês fazem é bom, é o correto, portanto estejam atentos à pequenas situações que acontecem no dia a dia em suas casas. Por vezes, essas situações acontecem de maneira inconsciente; é por isso que devemos zelar por nossas atitudes. Pais que fumam na frente de seus filhos precisam ter cuidado, pois para eles vocês são referência.

A iniquidade entra no coração do filhos, muitas vezes, por causa dos pais. É necessário que tenhamos consciência de que a maldade está perto ou dentro de nossas famílias. Devemos estar atentos às situações em que nós mesmos colocamos a maldição em nossas famílias.

Somos espírito, alma e corpo, e sabemos que onde o mal mais ataca é na alma, onde deixamos que as feridas emocionais nos contaminam. Mas sabemos também que é na alma que habita o Espírito Santo de Deus.

Em nossa alma ele coloca vingança, desespero, revolta… E quando nos deparamos com essa realidade, corremos atrás das soluções e, muitas vezes, queremos as situações fáceis, até mesmo as falsas doutrinas.

"A renúncia é uma decisão livre do meu coração", padre Vagner Baia.
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com


Pais, vocês têm o poder de abençoar sua casa, mas também de amaldiçoá-la. Portanto, reze por seus filhos, mesmo que eles não queiram, mas não os amaldiçoe nem fale mal deles.

Achamos que somos donos de nossas vidas, mas mal sabemos que somos dependentes e tudo.

Deus pode tudo mudar, por isso buque a renúncia de tudo aquilo que é maldição em sua casa. Renuncie aquilo que não é de Deus e abençoe aquilo que é d'Ele! Vocês precisam demonstrar a autoridade que vocês tem em casa. Reze por suas famílias.

Renúncia é uma decisão livre do coração que não quer mais viver no erro. Se você errou uma vez e não voltou mais a pecar, não é necessário renúncia. Tome posse da libertação que o Senhor quer lhe dar.


Padre Vagner Baia


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo