Eis a promessa que Ele fez: a vida eterna

Ricardo Ida
Foto: Wesley Almeida/ Cancaonova.com

Aquilo que Deus tem para falar a cada um de nós é libertador. Hoje, a Igreja e a evangelização têm enfrentado uma dificuldade chamada "secularização", diante da qual muitas pessoas dizem querer viver o hoje sem se importar com o futuro, com as promessas de Deus. O Papa emérito Bento XVI diz, em suas orações, que as pessoas dizem estar vivendo sua fé por viver.

Hoje, olhando para essas ideologias, vemos que elas têm tirado muitas pessoas da Igreja, mas o tema de hoje vem desmascarar todas essas ideologias.

Nós estamos vivendo o 'Ano da Fé', o tempo de conhecer mais a nossa fé, aquela capaz de nós levar à vida eterna, mas muitos já não pensam mais nela.

"Eis a promessa que ele nos fez: a vida eterna" (João 2,25)

"A vida irá terminar na morte, como muitos pensam, a doutrina católica, irá nos mostrar isso: Um testamento só entra em vigor depois da morte do testador. Permanece sem efeito enquanto ele vive"
(Heb 9,17).

Nós, diante de nossos atos, aqui na Terra, temos a oportunidade de buscar a eternidade, que é agora. Diante da santidade, se eu morrer – em estado de graça, na amizade de Deus Santo –, a minha alma será purificada. Aquelas almas que morrem na inimizade de Deus vão para o inferno.

Devemos saber algo coisa muito importante: Deus não inventou a morte; quem a inventou foi satanás.

Esse tempo é para que possamos crescer na intimidade com o Senhor. Não podemos perder esse tempo precioso. Não se esqueçam que esse tempo é agora. Para nós cristão esse tempo é a 'esperança', é a presença de Jesus Cristo.

Quando professo que eu creio em Jesus Cristo, eu já estou vivendo essa plenitude aqui na Terra. Precisamos ir além, obedecer a doutrina de Deus – nem precisamos ficar correndo atrás de bênçãos, basta crer em Jesus Cristo.

Quando vocês recebem a Eucaristia, o que você sentem? A adoração ao Santíssimo tem tocado algo em você? A Eucaristia tem provocado algo em sua vida?

É o tempo de buscar a Eucaristia de Deus.

Católicos, revejam-se! Como está sendo o seu comportamento? Como anda a sua fé?

Será que a Palavra de Deus tem se encarnado em nós? Quando nós nos alimentamos da Palavra, ela não volta ao Pai sem antes ter cumprido sua missão – semear frutos.

Ser cristão não é pouca coisa.

"Quem ora se salva; quem não ora, se perde."
Foto: Wesley Almeida/ cancaonova.com

A promessa de vida eterna é um bom tema para meditarmos, todos os dias, sobre a própria morte. Precisamos passar por muitos sofrimentos para entrar no Reino de Deus. Você precisa perseverar, a cada dia, para atingir a promessa de Cristo, alcançar a vida eterna. Temos de buscar os tesouros de Jesus Cristo.

Como tem sido a sua vida de oração?

O dever da Virgem Maria é levar cada um de nós a essa promessa: a vida eterna. Se você quer chegar à vida eterna, contemple a Virgem Maria.

Quem ora se salva!

Se você não quer se perder, ore muito, tome a sua cruz e siga-a.

Portanto, mesmo você, hoje, que tem experimentado na própria carne as dificuldades, mesmo diante as adversidades, creia que a vida não acaba agora não! Clame o Espírito Santo, deixe que Ele aja em você.

Continue firme na fé, mergulhe nela, acredite naquilo que você professa. Estou exortando vocês, meus irmãos católicos. Continuem na fé.

Quem ora, se salva; quem não ora se perde!

Transcrição e Adaptação: Karina Aparecida


Ricardo Ida


Missionário da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo