Em qualquer lugar, Jesus é o modelo

Padre Adriano Zandoná
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

Neste domingo de carnaval, onde estamos unidos para viver o nosso retiro espiritual aqui na Canção Nova. Nós estamos neste retiro que se chama 'vem louvar' para nós encontrar verdadeiramente com Jesus Cristo e reservar um tempo para escutar a Palavra de Deus.

É importante retirarmos um tempinho para escutar os ensinamento do Senhor, pois nós devemos encontrar um período para se encontrar no silêncio e ouvir a Palavra de Deus. È importante que antes de qualquer coisa rezemos e refletirmos, por isso muitas das nossas escolhas são equivocadas. É muito essencial pensarmos nas nossas decisões futuras e também repensarmos o que já vivemos para poder refletir o que aconteceu de errado e certo.

Devemos aprender a diferenciar o prazer da felicidade, então é mais do que considerável que todas as pessoas tenham um momento de se retirar. Portanto, estando em um retiro neste carnaval não perca a oportunidade de renovar e reordenar a sua vida em Deus.

Não perca a oportunidade de escutar a voz de Deus e deixar Ele bagunçar o seu coração, pois depois o Senhor colocar tudo no seu lugar. Deixa Ele ser o Senhor da sua história, porque muitas vezes as nossas concepções de vida foram deturpadas por esta sociedade em que vivemos.

O Senhor tirar do nosso coração todas as escolhas erradas, pois a nossa sociedade nos coloca em uma espiral de ansiedade. Porque quanto mais ansiosos formos mais seremos pessoas consumistas e deixaremos de refletir, porque precisamos pensar antes de agir. O mundo quer que refletirmos menos para comprarmos mais, por isso não podemos ser objetos do marketing.

Existe uma indústria do carnaval que deseja alienar eu e cada um de vocês, pois eles querem nos impor que o Brasil é palco da grande festa carnavalesca. Isso não é verdade porque foi uma festa trazida para o nosso país. Querem nós mostrar que precisamos consumir durante este período, mas este produtos apenas nos levam a morte. Durante o carnaval muitas pessoas morrem nos acidentes de trânsito, e existe uma indústria do carnaval que precisa que as pessoas consumam cerveja e outras coisas.

Temos que nos divertir sim, mas não na felicidade que nos leva a morte. Devemos nos divertir na alegria de Deus.

Refletindo sobre o carnaval e todas estas falsas verdades que são apresentadas nesta festa. Então façamos esta pergunta: O que Deus quer de mim? Juntos vamos refletir o Evangelho de São Mateus 5, 48: 'Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus'.

Nós constatamos que a nossa sociedade caminha desta forma e a ideia que o carnaval nos vende é um momento indestrutível, mas Deus te chama a viver a santidade em meio a tudo isso e a realidade que temos recebidos desde criança. O cristão não está fora do mundo, mas fomos deformados neste tempo que nos mostra que podemos tudo e que sempre é possível levar vantagem em cima do outro.

As pessoas sempre querem levar vantagem em cima de tudo e isto nos retira de viver próximos das bençãos de Deus. Devemos ser educados na pedagogia da perfeição e da santidade. O que plantamos e o que vamos colher, por isso devemos educar nossos filhos na vivência do amor do Senhor.

'Deus te convida a perfeição!', disse padre Adriano.
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.coma

Muitas vezes nós somos ensinados a viver ao contrário do Evangelho, desta forma precisamos reaprender a viver segundo os ensinamentos do Senhor. Precisamos ser perfeitos. E o que vai definir o que é perfeito é o sabor da eternidade que vamos sentir. Deus sabe que vamos cometer alguns erros, mas precisamos buscar e fazer o melhor para imitar Jesus Cristo.

Pense no que vai fazer cada um de nós sentir o sabor da eternidade. Devemos dar um sabor de Deus em todas as nossas escolhas, ações, amizades e relacionamentos. Na narrativa deste trecho do Evangelho de São Mateus o Senhor nos diz que devemos amar os nosso inimigos. Por exemplo: no relacionamento entre casais é preciso que tanto o homem como a mulher não queira tirar vantagens um do outros, mas sim aprender a imitar Jesus na convivência a dois.

Você precisa saber levar o sabor da eternidade no seu casamento e na sua amizade. No relacionamento as pessoas precisam saber escutar e falar a verdade para a outra pessoa, porque precisamos de pessoas que nos levam para a santidade.

A Constituição dogmática 'Lumen Gentium' 41: diz que todos os fiéis precisam se tornar santos. É preciso que cada um de nós coloque o sabor da eternidade nas coisas do seu dia a dia. As pessoas precisam aprender a amar de graça sem receber nada em troca. Precisamos ensinar e repassar os nossos valores e o sabor desta eternidade em qualquer lugar que estivermos, por isso necessitamos a amar e acolher bem cada um que chega até nós seja no ambiente do trabalho ou em casa. A 'Lumen Gentium' também aponta no número 40 (LG) que devemos fazer o bem. Viva cada dia como se fosse o último, pois para sermos ser santos precisamos ser inteiros. Deus espera de você a perfeição da misericórdia, assim cultive o amor, a beleza do sorriso e alegria do acolhimento. A santidade humaniza a nossa sociedade.

O Senhor quer que cada um de nós se volte para a perfeição de Deus, mas mesmo que tenhamos errados Ele nos convida a viver este sabor da eternidade.

Os jovens são especialmente chamados a viver a santidade de Cristo. Jovem: Deus te chama a imitar Jesus e a ser perfeito assim como Ele é, por isso o sentido da sua vida deve ser a perfeição de Cristo. Faça dos ensinamento do Senhor algo para você seguir.

Deus te convida a perfeição! Queremos ser santos e perfeitos como o Senhor é perfeito!

Transcrição e adaptação: Alessandra Borges

 

Assista um trecho da pregação:

 

 

 


Padre Adriano Zandoná


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo