Esperamos Senhor a sua volta

Padre Roger Luís
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

Bom dia, quero louvar a Deus por tudo que o Senhor tem realizado em sua vida neste dias, que é o seu encontro com Cristo, e assim, esperamos a volta de Jesus. Todo este momento refletiremos a partir da palavra inspirada pelo Senhor que está em Joel 4,9-18.

“Transmiti esta ordem por entre as nações: “Preparai uma guerra santa! Vinde, avançai, guerreiros todos! Transformai os arados em espadas, as foices em lanças… O covarde, diga a si mesmo: ‘Sou valente!’ Correi, vinde todas, nações vizinhas, reuni-vos lá. Manda, SENHOR, teus guerreiros! Venham todas as nações, subam ao vale de Josafá! Aí eu me sentarei a julgar os povos em derredor! Lança a foice, que a roça está madura! Vinde pisoar, que o tanque está cheio, os barris transbordam! A maldade dessa gente já passa da conta. Multidões e multidões no vale da Decisão! Está chegando o dia do SENHOR no vale da Decisão! O sol e a lua escurecem, as estrelas perdem o brilho. O SENHOR vai rugir de Sião, de Jerusalém fará ouvir o seu brado. Céus e terra começam a tremer. Mas o SENHOR é um esconderijo para o seu povo, é abrigo para a gente de Israel. Agora ficareis sabendo que sou eu, o SENHOR, o Deus vosso. Eu moro em Sião, minha montanha santa. Jerusalém será, sim, um lugar santo, estrangeiros nunca mais passarão por dentro dela. Acontecerá naquele dia que as serras estarão suando vinho novo, os morros escorrendo leite e os córregos de Judá terão água o ano inteiro. Junto à Casa do SENHOR brotará uma fonte que vai irrigar o vale das Acácias.”

Esta palavra do profeta Joel fala a respeito da escatologia, e ista palavra de origem grega significa conhecimento das últimas coisas, das coisas finais. Meus irmãos, estamos vivendo nos tempos finais, por isso, esta profecia é atual. Cada dia a maldade cresce, mas chega o momento de passarmos pelo vale da decisão, e para isso precisamos assumir que somos valentes guerreiros.

A realidade dos finais dos tempos precisa ser anunciada, existe um grande povo que se perde por falta de conhecimento. O homem tem dúvidas a respeito de si, questiona-se sobre seu futuro, sobre a morte, o mal, e muitos se perdem. E nós o que vamos fazer? Precisamos anunciar ao mundo as verdades contidas no evangelho, suscitando assim em todos a certeza da vinda do Senhor, no final dos tempos. Para isso precisamos pregar o evangelho.

Existem vários sinais dos fins dos tempos, por isso, é cada vez mais urgente nossa conversão. Convido você a pegar sua palavra em 1 Jo 2, 18-20.

“Filhinhos, esta é a última hora. Ouvistes dizer que o Anticristo virá. Com efeito, muitos anticristos já se apresentaram — por isso, sabemos que chegou a última hora. Eles saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos, pois se fossem realmente dos nossos, teriam permanecido conosco. Mas precisava ficar claro que eles todos não são dos nossos. Vós recebestes a unção do Santo, e todos vós tendes conhecimento.”

A palavra de Deus vem dizer a nós – valentes guerreiros, que não precisamos ter medo diante da realidade da vinda do Senhor, maior o que está em nós, daquilo que está no mundo, não podemos temer o anticristo, pois a própria palavra revela que ele se revelará, como vimos em 2 Ts, 1-8:

“Quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião junto dele, nós vos pedimos, irmãos, que não vos deixeis abalar, assim tão depressa, em vossas convicções, nem vos alarmeis com alguma pretensa revelação do Espírito ou alguma instrução ou carta atribuída a nós e que desse a entender que o dia do Senhor já está chegando. Que ninguém vos iluda de nenhum modo. É preciso que, primeiro, venha a apostasia e se revele o Iníquo, destinado à perdição, o Adversário, aquele que se levanta contra tudo o que se chama deus ou que se adora, a ponto de se assentar no Santuário de Deus, proclamando-se deus. Acaso não vos lembrais que eu já vos dizia essas coisas, quando ainda estava entre vós? E sabeis o que atualmente retém o Adversário, de maneira que ele se revele somente na hora devida. Pois o mistério da iniquidade já está em ação. Basta que o obstáculo atual seja afastado. Então, ele se revelará, o Iníquo, que o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda.”

Meus irmãos prestem muito atenção a está palavra, o inimigo se revelará contra tudo aquilo que vem de Deus, e para isso ele usará de muitas formas para nos enganar, inclusive através de “milagres”, por isso não podemos nos iludir, virão sim, tempo de apostasia, e ele se proclamara deus, mas precisamos ter a certeza que o Espírito Santo nos dará a força necessária para vencer o inimigo.

"Não tenha medo, você é um valente guerreiro!" afirma padre Roger Luís
Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

  : Veja + fotos no Flickr
:: Comente as fotos no Facebook

Sobre o anticristo, afirma o Catecismo da Igreja Católica: “Antes do advento de Cristo, a Igreja deve passar por uma provação final que abalar a fé de muitos crentes. A perseguição que acompanha a peregrinação dela na terra" desvendará o "mistério de iniquidade" sob a forma de uma impostura religiosa que há de trazer aos homens uma solução aparente a seus problemas, à custa da apostasia da verdade. A impostura religiosa suprema é a do Anticristo, isto é, a de um pseudo-messianismo em que o homem glorifica a si mesmo em lugar de Deus e de seu Messias que veio na carne.” (675)

Ora meus irmãos, o anticristo virá com uma “religião universal”, propondo um critério único de moral, religião, etc. Precisamos prestar muita atenção nas propostas das organizações multi estatal, dos governos, estes cada vez mais, afastam Deus da esfera pública, e com isso tudo aquilo que é defendido pelo cristianismo. Não precisamos ir longe para vermos o quanto o anticristo quer imprimir sua vontade nas nações, através de leis, políticas, que privam a dignidade humana, o direito humano e natural, a liberdade de religião, de educação, etc.

A Igreja continuará a profetizar e e nós, por sermos Igreja, devemos nos unir a ela, no anúncio da verdade ao mundo, por isso, não tenha medo, nos somos valentes guerreiros, estamos unidos a Igreja, e assim existe uma ordem para cumprirmos: Ou nos levantemos como cristãos, guerreiros de Deus, ou seremos apostatas de fé, idolatras.

Chegará uma hora que seremos jogados as feras como Daniel, pois assumir uma posição de fidelidade a Deus cada vez mais nos levará ao martírio. O mistério da iniquidade cresce, o inimigo sabe que lhe falta pouco tempo, por isso, ele avança ferozmente contra os filhos de Deus.

Valentes guerreiros não tornem-se idolatras, sejam mártires se preciso for, mas de forma alguma negue o Senhor, existe uma promessa aos fiéis, céus novos e uma terra nova, e está é a nossa meta.

Diga ao Senhor: Quero ser santo, quero ser fiel até o fim!

A vinda do Senhor é real, o catecismo a palavra de Deus nos garantem que Senhor virá, depois da grande tribulação. Afirma o catecismo: “A partir da Ascensão, o advento de Cristo na glória é iminente, embora não nos "caiba conhecer os tempos e os momentos que o Pai fixou com sua própria autoridade" (At 1,7). Este acontecimento escatológico pode ocorrer a qualquer momento,ainda que estejam "retidos" tanto ele como a provação final que há de precedê-lo.”

Quem perseverar até o fim será salvo (Mc 13, 13), não podemos afastar-nos desta certeza, e tudo isso por amor a nós. Hoje ele nos dá uma chance nova, de assumirmos uma vida de santidade, para que com a nossa vida apressemos a vinda do Senhor, precismos está preparados para a vinda Dele.

Novamente recorro-me a palavra de Deus: “O Senhor não tarda a cumprir sua promessa, como alguns interpretam a demora. É que ele está usando de paciência para convosco, pois não deseja que ninguém se perca. Ao contrário, quer que todos venham a converter-se. O dia do Senhor chegará como um ladrão, e então os céus acabarão com um estrondo espantoso; os elementos, devorados pelas chamas, se dissolverão, e a terra será consumida com todas as obras que nela se encontrarem. Se é deste modo que tudo vai desintegrar-se, qual não deve ser o vosso empenho numa vida santa e piedosa, enquanto esperais com anseio a vinda do Dia de Deus, quando os céus em chama vão se derreter, e os elementos, consumidos pelo fogo, se fundirão? O que esperamos, de acordo com a sua promessa, são novos céus e uma nova terra, nos quais habitará a justiça.” (2 Pd 3, 9-13)

Está é a vontade de Deus, Ele nos ama, não quer que nenhum de nós se perca, Ele vem em breve, trazendo sua recompensa, para retribuir a cada um segundo as suas obras. (Ap 22,12).

Meus irmãos, somos valentes guerreiros, assumamos a santidade em nossa vida, na espera confiante que Ele virá, não jogue fora a chance que hoje o Senhor lhe dá, que a santidade de sua vida apressa o Senhor que em breve virá.

Maranathá! Vem Senhor Jesus!

Transcrição e adaptação: Ricardo Gaiotti

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo