Esperei no Senhor

Alexandre de Oliveira
Foto: Wesley Almeida
“Lembrai-vos de vossos guias que vos pregaram a palavra de Deus. Considerai como souberam encerrar a carreira. E imitai-lhes a fé. Jesus Cristo é sempre o mesmo: ontem, hoje e por toda a eternidade. Não vos deixeis desviar pela diversidade de doutrinas estranhas. É muito melhor fortificar a alma pela graça do que por alimentos que nenhum proveito trazem aos que a eles se entregam” (Hebreus 13,7 8).

Povo de Deus, lembre-se e recorde-se de sua história, lembre-se daquele que no passado pregou a Palavra de Deus para você. É como se nós membros da Canção Nova fôssemos convidados a olhar para o nosso fundador, aquele que começou tudo.

Diante das mudanças, diante das inconstâncias, saibam que Jesus Cristo é sempre o mesmo. Ao olhar para o futuro, tantas vezes, incerto e aparentemente distante de Deus, o autor sagrado nos diz que em Deus há uma constância: Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre.

Seu coração tem de bater sempre nessa constância, porque Deus, ao nos criar, fez os nossos órgãos e disse que assim que iriam funcionar. No coração do Senhor as coisas funcionam de um jeito predestinado. O homem consegue mudar as coisas, criando novas coisas, mas Deus nos ensina, na criação, que existe uma maneira das coisas funcionarem. Uma planta não cresce se você não regá-la. Há uma maneira de tudo funcionar, temos de esperar, aguardar, cuidar, para que depois ele aconteça. Por exemplo, se você não cuida da sua saúde, fuma, bebe – e depois fica culpando a Deus por uma doença – você está errado. As coisas foram feitas para funcionarem de uma maneira e se você não cuida para que tudo fique bem a culpa não é de Deus. As coisas vão acontecendo em nossa vida e o Senhor vai nos ensinando que existe um modo para que as coisas funcionem.

"Se não rega, se não cuida, naturalmente morre"
Foto: Wesley Almeida

Nós vemos tudo isso que está acontecendo no mundo; nas entrelinhas; Deus está nos falando que há uma maneria das coisas funcionarem. O aquecimento global está acontecendo porque o homem não cuida do planeta. Se não rega, se não cuida, naturalmente morre. Assim é com uma simples plantinha; assim também é com todo o planeta. Se não cuidamos dele, ele morre. Nós temos que aprender isso: na criação há uma maneira para as coisas funcionarem.

“Eu sou o Senhor, sem rival, não existe outro Deus além de mim. Eu te cingi, quando ainda não me conhecias, a fim de que se saiba, do levante ao poente, que nada há fora de mim. Eu sou o Senhor, sem rival; formei a luz e criei as trevas, busco a felicidade e suscito a infelicidade. Sou eu o Senhor, que faço todas essas coisas. Que os céus, das alturas, derramem o seu orvalho, que as nuvens façam chover a vitória; abra-se a terra e brote a felicidade e ao mesmo tempo faça germinar a justiça! Sou eu, o Senhor, a causa de tudo isso” (Isaías 45,5-8).

"Deus está tocando em você, mesmo que você não sinta nada"
Foto: Wesley Almeida

Nós, porque temos a nossa mentalidade, achamos que o Todo-poderoso vai resolver tudo de uma forma estrondosa, grandiosa. Não, o Senhor ensina que a libertação vai acontecer conforme o orvalho. Uma libertação que quase ninguém percebe, mas ela está acontecendo. Porque vai agindo dessa forma na sua constância, no orvalho, neste sereno.

Deus está tocando em você, mesmo que você não sinta nada. Ele hoje o visita, neste tempo de Advento, olhe para sua vida e veja as promessas do Senhor para você. O que você fez da sua vida? Não ignore a promessa de Deus, porque Ele não mudou, nós é que mudamos. Cabe a nós saber que Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre. Podemos ficar tranquilos porque o Senhor jamais se esquece das promessas d'Ele.

No Natal, Deus se revela ao homem, porque é fiel à Suas promessas. Ele não se esqueceu de nós. Mas o problema é que damos mais peso para a nossa desgraça do que para os favores d'Ele. Olha para os favores de Deus em sua vida! Nós vivemos o Advento, nessa expectativa, não perca mais tempo. O céu se abriu e choveu este “orvalho”, Deus tem o poder de nos curar. Com cura ou sem cura, como é bom “se molhar neste orvalho”! Deixe-se “molhar”. O Altíssimo o visita para que, nesta expectativa de Natal, possamos viver esta alegria n'Ele; este Deus constante!

Que o Espírito Santo suscite o brilho em nosso olhar. Deus visita a sua casa, você tem que recebê-Lo muito bem. Prepare tudo em casa, porque o Senhor está visitando você. Prepare o melhor para o Senhor! Natal é tempo de reconciliação, dê o primeiro passo, porque o Todo-poderoso está visitando o homem e não pode chegar aqui e ver um coração cheio de ódio. Você sabe o que precisa ser feito, mas sempre fica empurrando para “debaixo do tapete”. É hora de começar a organizar a vida, tire este “tapete” e dê um jeito de arrumar sua casa.

“Esperando,esperei no Senhor e inclinando-se ouviu meu clamor. Canto novo Ele pôs em meus lábios, um poema em louvor ao Senhor” (adaptação do Salmo 39).

Às vezes, nós esperamos reclamando e resmungando das coisas. De fato, podemos esperar as promessas de Deus se cumprirem em nossa vida; mas é tempo de mudar. É tempo de “esperar esperando”. Deus está nascendo em nosso meio para transformar nossas vidas. “Espere esperando”! Lembre-se das promessas de Deus Pai. Prepare o terreno da sua vida, da sua alma para recebê-Lo em sua casa.

O Senhor nos dizer que Sua promessa se mantém de pé!

Transcrição : Pollyana Fonseca

Veja também:

:: Divulgue sua paróquia na Canção Nova
:: Conheça o conteúdo Canção Nova disponível no iPhone

:: Faça parte do grupo "Eu acesso o cancaonova.com"
:: Escolha um canal e acompanhe a CN on line


Acompanhe as pregações pelo twitter @cancaonova e
retuite a mensagem que mais falar ao seu coração

ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600


Alexandre Oliveira


Missionário da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo