Espírito Santo, portador da vida nova

Mazinho e Celiane
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

Sem o Espírito Santo não somos nada, só Ele nos santifica. Foi o próprio Jesus quem nos deixou o Paráclito e não colocou limite de tempo para estar conosco, é uma promessa eterna. Ele é a Revelação de Deus para nós. Quando o Espírito age, Ele não vem só, n'Ele estão o Pai e o Filho. E o próprio Espírito tem a missão de nos tornar semelhantes à Santíssima Trindade. Como? Com a ajuda do Sacramento da Crisma, Ele nos dá os sete Dons Infusos, que nos ajudam no nosso processo de santificação. Esse caminho pode ser difícil, mas não é impossível. E nós temos a missão de colocá-lo em prática.

Somos imagem de Deus, somos livres n'Ele, precisamos lançar mão daquilo que o Espírito nos mostra que é bom, indicando o caminho a seguir. Temos em nossas mãos a livre escolha de agir conforme Ele ou não. Nós nos assemelhamos a Deus Pai quando agimos como Ele age; por isso temos que agir no amor.

O Espírito quer nos reconstruir de tudo o que o pecado destruiu em nós. Ele é o único portador da vida nova contida em Deus. Tudo o que fazemos deve ser regido pelo Espírito Paráclito, seja no nosso trabalho, seja em nossa casa, mesmo nas maiores dificuldades.

O dom da fortaleza é o dom de vivermos com fidelidade a nossa fé diante de qualquer situação, mesmo diante do martírio. “Nada temas diante daquilo que estás a viver.” O Espírito Santo de Deus faz de nós homens e mulheres de têmpera. Nada pode fazer com que neguemos a nossa fé em Jesus Cristo.

Em Pentecostes, os discípulos estavam trancados com muito medo, mas algo surpreendente aconteceu: o derramamento do Espírito Santo, e isso deu um novo vigor a eles. Da mesma forma e intensidade, Deus espera que também escancaremos as portas do nosso coração a Ele!

"Somos chamados a viver uma vida na radicalidade do Evangelho"
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

Precisamos perdoar sempre. Se achamos que é difícil fazer isso e não conseguimos, é porque nos falta o Paráclito para nos ajudar nessa tarefa. N'Ele não podemos permanecer como antes. Depois que experimentamos o batismo no Espírito somos os primeiros a ser convidados a dar passos em relação àquelas pessoas mais difíceis.

Deus nos pede radicalidade! Estamos preocupados apenas em ter e não com a nossa alma, precisamos nos abrir ao Espírito. Precisamos ser portadores d'Ele em nossas família.

Na Canção Nova, aprendemos, com o monsenhor Jonas, a logo pela manhã, dizer “Bom dia, Espírito Santo,” para que a partir daí O experimentemos durante todo o dia todo.

Os dons carismáticos nos ajudam a suportar e a superar as dificuldades. Quando clamamos de forma humilde Deus nos ouve. Somos da escola de Jesus, e Ele passou pela dor extrema, e nós Seus seguidores também trilharemos esse caminho, mas o superaremos como amor.

“Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém,” somos, em Cristo, chamados a viver uma vida na radicalidade do Evangelho. Jesus nos deu a vida para que n'Ele possamos viver a vida nova. Precisamos, portanto, de coragem, até mesmo quando o assunto for a castidade. A nossa luta será recompensada pela fidelidade a Deus: Não desanimemos, para Deus tudo tem jeito!

“O Espírito prepara para o Senhor um povo bem disposto”!


Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Adquira esta pregação pelo telefone (12) 3186-2600


Veja também:

 
 

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova

 


Mazinho e Celiane


Missionários da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo