Eu quero mais amor que o sacrifício

Padre Antônio Aguiar
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com
Deus quer que nos tornemos pessoas misericordiosas, assim como Ele o é. Por isso, você que é devoto da Divina Misericórdia deve se abrir para essa graça e se permitir ser transformado por ela.

Para nos tornarmos pessoas misericordiosas, precisamos aprender a demonstrar mais arrependimento, como o bom ladrão, que estava ao lado de Jesus na cruz, em seus últimos momentos. Um coração arrependido agrada a Deus e é o primeiro passo para sermos dignos da Misericórdia Divina.

Na passagem do bom samaritano também podemos ver uma das principais virtudes do homem misericordioso, que é a servidão aos necessitados. Devemos ser capazes de suportar as fraquezas de nossos próximos e irmos ao encontro de suas misérias.

A porta do seu coração deve ser uma porta aberta, pronta para acolher o irmão. Quantas pessoas talvez já tenham batido à porta do seu coração, mas você, querendo apenas praticar grandes gestos, se negou a atender uma simples necessidade do próximo.

Você não deve perder as oportunidades de ser misericordioso, pois tudo aquilo que faz aos filhos de Deus, na verdade, o está fazendo a Ele. Jamais julgue ou condene se não deseja ser julgado ou condenado pelos outros.

Nós nos preocupamos com coisas pequenas demais, com coisas que não merecem a devida importância. Exatamente por isso nos deparamos com situações de dificuldade, porque não estávamos preparados para enfrentá-las.

Sejam quais forem os caminhos pelos quais você tem andando, isso não importa, porque quando você toma a decisão de voltar aos braços do Pai, Ele não o questiona sobre onde esteve nem sobre o que fez. Ao retornar você vai encontrar um Pai que o acolhe com um abraço.

"Quanto maior o pecador, tanto maior será a misericórdia do Pai", afirma padre Antônio
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Quanto maior o pecador, tanto mais ele terá direito à Misericórdia de Deus. Por isso, não importa o quanto você queira se distanciar do Senhor, pois Ele estará cada vez mais próximo de você, esperando o seu retorno.

Mas, infelizmente, diferentemente de Deus, nem todos estão preparados para acolher o pecador. No entanto, o Senhor não está preocupado com a quantia que você dá, mas sim se você o faz de coração.

Nunca dê coisas esperando receber algo em troca, porque se você dá com uma mão e pede com a outra, você já recebeu a sua recompensa e não estará sendo misericordioso. Como você pode esperar algo de Deus se preferiu as recompensas deste mundo?

A nossa maior luta deve ser travada contra a nossa natureza, que insiste em apontar os erros e os pecados de nossos irmãos. É necessário um coração humilde, capaz de reconhecer os próprios erros diante das nossas batalhas.

Peça a Jesus a graça de um coração misericordioso, assim como Ele o foi com os Seus. Vá além dos seus limites, de suas misérias e julgamentos e mergulhe na Misericórdia de Deus. Não permita que a sua falta de paciência seja uma barreira entre você e o amor do Pai.

 
 
Transcrição e adaptação: Gustavo Souza

Padre Antônio Aguiar


Sacerdote divulgador da devoção à Divina Misericórdia

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo