Eu sentia que Deus tinha um propósito para mim

José Eduardo
Foto: Wesley Almeida
Quantas vezes nos sentimos inseguros diante dos desafios da vida! Mas não precisamos temer, porque estamos nos braços do Pai e precisamos nos abandonar nos braços d'Ele. Lance-se nos braços do Senhor, entregue-se a Ele. Ele tem um propósito para sua vida e quer estar com você.

Sou de Cachoeira Paulista (SP). Em 1977, participei do meu primeiro Maranatha. A partir daí, começou toda a minha vida com a Igreja e com a Canção Nova. No dia 1º de abril de 1980, foi adquirida uma rádio pela Canção Nova. Eu tive a oportunidade de acompanhar o início dos trabalhos na emissora, embora ainda não fosse membro dessa obra de evangelização.

Um dia, fui a um show do padre Jonas, cujo título era: “O amor vencerá”. Nessa época, Dom João Hipólito de Moraes, bispo da diocese na época, veio à Cachoeira Paulista presidir uma Santa Missa em ação de graças à comunidade [Canção Nova]. Eu sentia que Deus tinha um propósito para mim. Fui chamado para trabalhar na parte técnica da emissora, mas como tinha outro emprego, não aceitei o convite.

Em 1986, conheci minha esposa e comecei a estagiar na Canção Nova, pois precisava fazer estágio para a faculdade. Depois, tive a oportunidade de trabalhar nessa obra. Em 1999, comecei a trabalhar na Rádio Canção Nova e lá estou até hoje. Já fiz muitos programas, faço boletins jornalísticos e sou muito feliz com isso.

Monsenhor Jonas disse uma vez: "A rádio não foi uma escolha minha nem da Canção Nova, foi uma imposição do Senhor". E é grande o zelo que o fundador da comunidade tem pela emissora.

'Quantas pessoas ligam para a rádio à procura de Deus'
Foto: Wesley Almeida

Quantas pessoas ligam para a rádio Quantas experiências vivi na rádio! Uma delas é de uma jovem que, certa vez, ligou para a emissora às duas da manhã. Ela estava na Bahia e partilhou a vida dela comigo. Mas ela falava muito baixo. Depois, ela me contou que era prostituta e estava em casa sofrendo muito, porque achava que estava com AIDS. Fui conversando com essa moça e ela foi se acalmando e fez sua partilha. Disse que tinha uma filha, mas não podia ficar com ela, por causa da vida que levava.

Uma outra noite, essa mesma moça tornou a ligar e novamente eu a atendi. Ela, mais uma vez, fez uma partilha e comecei a rezar por ela pelo telefone. Juntos, fizemos uma oração de renúncia.

Quantas pessoas ligam para a rádio à procura de uma palavra, à procura de Deus. Nós temos de ser voz para essas pessoas, por isso sempre pedimos a inspiração ao Espírito Santo, rezamos, fazemos adoração ao Santíssimo Sacramento, para que o Senhor nos dê sabedoria para atendê-las nos momentos em que elas nos telefonam, de modo a encontrarem alguém preparado para atendê-las.

Esta é a Rádio do Senhor, que está completando 31 anos. Quantas pessoas nascem por meio dessa emissora. Fico imaginando as pessoas que estão longe daqui, ouvindo a rádio em ondas curtas, com um som chiado, mas querendo ouvir a Canção Nova.

No dia 1º de abril de 1980 – quando a rádio foi comprada –, era o "dia da mentira", mas o monsenhor Jonas disse: "Neste dia da mentira, estamos realizando a grande verdade". Para que a compra da emissora fosse efetuada, houve muitas batalhas, pois esta não é muita rádio qualquer, é uma rádio do Senhor.

A Palavra do Senhor nos diz: "permanecei em mim". Deus nos convida a assumir a Igreja. Temos visto os testemunhos dos primeiros cristãos que nos dizem: "esperem no Senhor".

Por meio da Canção Nova podemos oferecer a vocês tantos programas e notícias. Ouça a Rádio Canção Nova, pois por meio dela o Senhor que falar com você.

Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso



Adquira essa pregação pelo telefone
(12) 3186-2600


Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade cristã de relacionamento
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova


Eduardo Lopes Caridade


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo