Eu vi o Senhor

Nestes 2000 anos a Igreja só repete uma novidade: “Cristo morreu! Cristo ressuscitou! Cristo há de voltar! Vem ó Senhor”! Esta frase é a novidade que tem capacidade de trazer alegria, vida, porque para nós vida não é morrer crescer e nascer, a vida para nós está em Jesus Cristo.

Se para você, ser católico ou outra coisa tem o mesmo valor, você não entendeu o que é ser cristão. Religião não é igual a roupa que se troca todo dia. Exemplo, aparece na TV uma matéria falando maldosamente da Igreja, ali você assume como verdade, – mas nem sempre é -, daí a pessoa se escandaliza e sai da Igreja.

Dom Alberto fala sobre o retiro popular: 'Eu vi o Senhor'
Foto: Robson Siqueira

Onde você mora se acontece uma dificuldade na sua família, garanto que se espalha rápido, pois se propaga o mau, mas a Canção Nova propaga o bem, fazemos a propagando do bem, percebam quantos testemunhos.

“A este Jesus, Deus o ressuscitou: do que todos nós somos testemunhas. Exaltado pela direita de Deus, havendo recebido do Pai o Espírito Santo prometido, derramou-o como vós vedes e ouvis. Pois Davi pessoalmente não subiu ao céu, todavia diz: O Senhor disse a meu Senhor: Senta-te à minha direita até que eu ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés (Sl 109,1). Que toda a casa de Israel saiba, portanto, com a maior certeza de que este Jesus, que vós crucificastes, Deus o constituiu Senhor e Cristo. Ao ouvirem essas coisas, ficaram compungidos no íntimo do coração e indagaram de Pedro e dos demais apóstolos: Que devemos fazer, irmãos? Pedro lhes respondeu: Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois a promessa é para vós, para vossos filhos e para todos os que ouvirem de longe o apelo do Senhor, nosso Deus. Ainda com muitas outras palavras exortava-os, dizendo: Salvai-vos do meio dessa geração perversa! E os que receberam a sua palavra, foram batizados; e ficaram agregadas naquele dia cerca de três mil pessoas” (Atos Apóstolo 2, 32ss).

Há quatros caminhos para evangelização

O primeiro caminho se chama serviço, o segundo diálogo, o terceiro testemunho e o quarto Evangelho explícito. Você precisa evangelizar os seus filhos, inicie a evangelização no momento em que a criança é gerada, ela precisa ser gerada no amor. Quando a criança tem um lar, uma família de Deus, ela bebe não só o leite materno, mas bebe a fonte do próprio Deus.

Ontem acompanhava o testemunho do Márcio e da Eliete fiquei louvando a Deus, porque a Canção Nova um meio de comunicação todo voltado para a evangelização. No mundo onde todos fazem escolhas, este sistema fez a opção de anunciar apenas Jesus Cristo para que o Evangelho seja proclamado.

Nossa vida não é um beco sem saída, nossa vida nunca vai ser repetição, porque Aquele que ressuscitou disse: “Eis que faço novo todas coisas”. As coisas de Deus se fazem novas, o Evangelho embora seja igual, é novidade, não posso me acostumar. Se você, todos os dias, não aprender ter olhos novos para sua família, vai estragar a sua vida. O amor faz com que tudo se renove.

Vou falar do Retiro Popular em preparação para Páscoa neste ano. Na capa tem o encontro de Jesus com Maria Madalena. Os quatro evangelistas relatam sobre Maria Madalena. – No ano passado falaram de tudo sobre Maria Madalena – Mas pergunto: “Quem é Maria Madalena”? Você vai responder a pecadora. Não! Maria Madalena era discípula de Jesus, ela experimentou em si o poder do Senhor. O mais importante na vida de Maria Madalena é ter encontrado Jesus ressuscitado.

Os discípulos de Emaús encontraram com Jesus ressuscitado, mas eles acharam que era apenas um peregrino, mas ao parti o pão eles notam que é Jesus.

Dom Alberto
Foto: Robson Siqueira

“No primeiro dia que se seguia ao sábado, Maria Madalena foi ao sepulcro, de manhã cedo, quando ainda estava escuro. Viu a pedra removida do sepulcro. Correu e foi dizer a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava: Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram! Saiu então Pedro com aquele outro discípulo, e foram ao sepulcro.
Corriam juntos, mas aquele outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro. Inclinou-se e viu ali os panos no chão, mas não entrou. Chegou Simão Pedro que o seguia, entrou no sepulcro e viu os panos postos no chão. Viu também o sudário que estivera sobre a cabeça de Jesus. Não estava, porém, com os panos, mas enrolado num lugar à parte.
Então entrou também o discípulo que havia chegado primeiro ao sepulcro. Viu e creu. Em verdade, ainda não haviam entendido a Escritura, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dentre os mortos. Os discípulos, então, voltaram para as suas casas. Entretanto, Maria se conservava do lado de fora perto do sepulcro e chorava. Chorando, inclinou-se para olhar dentro do sepulcro. Viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde estivera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. Eles lhe perguntaram: Mulher, por que choras? Ela respondeu: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram. Ditas estas palavras, voltou-se para trás e viu Jesus em pé, mas não o reconheceu. Perguntou-lhe Jesus: Mulher, por que choras? Quem procuras? Supondo ela que fosse o jardineiro, respondeu: Senhor, se tu o tiraste, dize-me onde o puseste e eu o irei buscar. Disse-lhe Jesus: Maria! Voltando-se ela, exclamou em hebraico: Rabôni! (que quer dizer Mestre). Disse-lhe Jesus: Não me retenhas, porque ainda não subi a meu Pai, mas vai a meus irmãos e dize-lhes: Subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. Maria Madalena correu para anunciar aos discípulos que ela tinha visto o Senhor e contou o que ele lhe tinha falado. Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: A paz esteja convosco! Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor. Disse-lhes outra vez: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós. Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: Recebei o Espírito Santo. E aqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos. Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. Os outros discípulos disseram-lhe: Vimos o Senhor. Mas ele replicou-lhes: Se não vir nas suas mãos o sinal dos pregos, e não puser o meu dedo no lugar dos pregos, e não introduzir a minha mão no seu lado, não acreditarei! Oito dias depois, estavam os seus discípulos outra vez no mesmo lugar e Tomé com eles. Estando trancadas as portas, veio Jesus, pôs-se no meio deles e disse: A paz esteja convosco! Depois disse a Tomé: Introduz aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos. Põe a tua mão no meu lado. Não sejas incrédulo, mas homem de fé. Respondeu-lhe Tomé: Meu Senhor e meu Deus! Disse-lhe Jesus: Creste, porque me viste. Felizes aqueles que crêem sem ter visto! Fez Jesus, na presença dos seus discípulos, ainda muitos outros milagres que não estão escritos neste livro. Mas estes foram escritos, para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome”

Casais rezam juntos.
Foto: Robson Siqueira

Maria Madalena foi de madrugada viu que o sepulcro estava vazio e foi falar a Pedro e os discípulos. Ao entrar João vê a sepultura vazia e acreditou, – quem tem a graça da fé, crê sem vê – os dois voltaram, mas Maria permaneceu, e encontrou com Jesus.

A partir da experiência de Maria Madalena que foi feito o Retiro Popular deste ano. O discipulado acontece pela experiência do amor do Pai, a novidade do amor de Deus. Deus não se limita no amor do ser humano. Deus deu o dom do Espírito Santo que me faz proclamar que Jesus é o meu Senhor. Assim começa o anúncio de Jesus Cristo e a Igreja vai crescendo.

Quaresma é um retiro de renovação do nosso batismo. Quaresma não é um tempo triste, mas um tempo de recolhimento, é uma espécie de academia, é o exercício da oração, só que com mais freqüência.

Faça este retiro em preparação para a Páscoa. Neste retiro você vai fazer a leitura orante da Bíblia, faça a sua experiência. Depois de lê se pergunte: “O que Deus quer falar a mim neste texto”? Depois vai converse com Deus, e em silêncio contemple a Palavra. Para finalizar, pergunte o que você precisa mudar a parti desta Palavra.

 

Transcrição: Elcka Torres 


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO NOSSO TELEFONE
(12)3186-2600


Dom Alberto Taveira Corrêa


Arcebispo de Belém – PA

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo