Evangelizador autêntico

Padre Edimilson
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com
O Papa Francisco nos diz, em sua homilia diária, que nós cristãos desejamos, realmente, evangelizar o mundo, dialogar com todos. Tendo em mente que ninguém é possuidor da verdade, mas sim que ela é o próprio Cristo Vivo e Ressuscitado.

Assim como a vela não tem utilidade iluminando um dia ensolarado, o cristão também precisa ir além de sua paróquia ou comunidade e criar pontes que são capazes de alcançar mesmo os mais distantes de Jesus.

Nosso Papa Francisco continua dizendo, também, que ninguém deve anunciar o Evangelho condenando outras pessoas. Você já viveu a experiência de ser atacado simplesmente por ter se dito católico? Isso por acaso aproximou você da doutrina de quem o acusava? Pois bem, isso não pode acontecer quando anunciamos a verdade.

Quantas vezes você já ouviu dizer que católicos são idólatras por “adorar imagens”! Mas isso é fruto da sua própria ignorância, pois se conhecesse a Palavra e aquilo que a Igreja diz em relação ao culto às imagens, você não teria sido infectado por essas religiões.

Já passou da hora de compreender que você não pode mais ficar esquentando o banco das igrejas. E isso não está diretamente ligado com idade, pois não há limites para anunciar Cristo, afinal, o maior anúncio é o que fazemos com nossa própria vida.

Por isso, nosso pai espiritual, o Papa Francisco, está nos ensinando a como alcançar os corações mais afastados sem transformar as Sagradas Escrituras em uma marreta, a qual serve apenas para dar duras pancadas.

Eu não me converto para atacar os outros, mas para ser santo. A verdadeira conversão é aquela que consegue acolher a todos, pois ultrapassa a sua razão e vive aquilo que é plano de Deus.

Vou dar uma receita de evangelização para você muito simples: um abraço bem dado e um sorriso sincero é mais do que suficiente para amolecer um coração que ainda não foi tocado pelo amor do Pai.

"Não me converto para atacar os outros, mas para ser santo", diz Padre Edimilson.
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Nós fazemos parte de um Corpo e todos nós precisamos nos mover para que o todos os membros estejam em constante movimento. Unidos em oração com a Igreja militante e a Igreja triunfante, não podemos desanimar.

Precisamos cuidar daqueles que são nossos, e é claro que evangelizar não é fácil, mas o Espírito sempre vem ao nosso auxílio como nos dedicamos em fazer as coisas de Deus.

Se as pessoas não tem a iniciativa de vir até onde as igrejas estão, precisamos caminhar em direção a elas munidos daquilo que possuímos, e o amor é a mais poderosa delas.

Deixe o Espírito convencê-lo que você precisa fazer algo pela sua paróquia, pela sua universidade, pelo seu ambiente de trabalho e em tantos outros lugares. Nós não podemos parar enquanto o diabo estiver trabalhando, e em suas mãos, mais do que a salvação da sua alma, está a salvação das almas daqueles que o Senhor lhe confiou.

 
Transcrição e adaptação: Gustavo Souza

Padre Edimilson Lopes


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo