Experiência com a misericórdia de Deus

Padre João Marcos
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Como estamos vivendo a Santa Missa em nosso dia a dia? Como estão os nossos atos? Todas as vezes que pecamos, nós nos manchamos com as consequências desse pecado. Deus nos deu os Seus mandamentos e a Sua Palavra, e todas as vezes que pecarmos, seremos perdoados. No entanto, as consequências do pecado ficarão em nós.

Na liturgia de hoje, o grande sábio Salomão era um homem cheio da graça de Deus. Segundo o Papa Francisco, Salomão era o homem mais sábio da face da Terra, e procurava, com a ajuda divina, governar o Seu povo. Lembremos também de Davi, que, mesmo andando na presença do Senhor, errou e pecou, ferindo o coração do Senhor, mas se arrependeu. Foi assim que surgiu o Salmo 50, em que Davi suplica a misericórdia do Pai.

Já Salomão foi orgulhoso e morreu com a transgressão que fizera ao ferir o coração de Deus. É belo quando agimos como Davi e buscamos o arrependimento dos nossos pecados, ou seja, quando vamos ao sacerdote e nos confessamos. Quando uma pessoa quer mudar de vida, Jesus a acolhe, mas aqueles que vivem no orgulho são, por vezes, amargurados e aprisionadas aos pecados.

Todos nós estamos na caminhada, e isso é um sinal de humildade, porque nós nos reconhecemos pecadores! Não se preocupe com aquilo que o padre vai achar de você pelas coisas que tem dito a ele em confissão, pois, assim como você, ele também precisa se confessar. Ele erra como você. 

Há pessoas que pecaram na adolescência e carregam esse pecado pela vida toda. Elas não se confessam! Nós não somos santos, todos nós precisamos lutar para sermos bons. A humildade consiste em reconhecer-se pecador e necessitado de Deus. Talvez você não queira mudar e está preso em seu orgulho, mas até quando? Desperte-se! Viva com o Ressuscitado! Faça a experiência linda com o amor de Deus.

"Como você tem agido diante das promessas de Deus?", indaga padre João Marcos.
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Quantas vezes nossas história nos carrega? Quantas pessoas têm um coração machucado? Se Deus o amou, quem é você para se martirizar! Viva uma vida nova, lute para não mais pecar. 

A Sagrada Escritura, I Rs 2,1-4, fala a respeito da trajetória de Salomão. Quero questioná-lo: Como você tem vivido? Busquemos a radialidade! O segredo para Salomão viver bem a sua missão é a coragem de percorrer os preceitos do Senhor e guardar Seus mandamentos. Amados, sejamos assim, sejamos fortes, procurem colocar em prática a vontade do Senhor. Leiamos, na íntegra, esse trecho: “Aproximando-se o fim de Davi, deu ele ao seu filho Salomão as suas (últimas) instruções: Eu me vou, disse ele, pelo caminho que segue toda a terra. Sê corajoso: porta-te como homem. Guarda os preceitos do Senhor, teu Deus; anda em seus caminhos, observa suas leis, seus mandamentos, seus preceitos e seus ensinamentos, tais como estão escritos na lei de Moisés. Desse modo serás bem-sucedido em tudo o que fizeres e em tudo o que empreenderes, e o Senhor cumprirá a promessa que me fez, isto é, que eu terei sempre um de meus descendentes no trono de Israel, se meus filhos guardarem seus caminhos e andarem diante dele com fidelidade, de todo o seu coração e de toda a sua alma.”

A nossa vida só tem sentido diante da graça de Deus! Já em I Rs 3, 3, lemos que: “Salomão amava o Senhor e seguia os preceitos de Davi, seu pai. Todavia, continuava sacrificando e queimando incenso nos lugares altos". Vejam, meus amados, a diferença das nossas escolhas. Davi tinha um coração obediente diante do Senhor, mas Salomão, mesmo amando o Pai, continuava servindo aos outros deuses.

Deus ouviu o coração desses dois homens, e mesmo tendo eles pecado, cada um seguiu o seu caminho, a sua escolha. E você, como tem agido diante do Senhor?

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Padre João Marcos Polak


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo