Experienciar Maria pela Palavra

Padre Fabricio
Foto: Nara Bessa

Falar sobre Maria na história da salvação é mais do que uma missão, é um presente, falar dela no centro da história da salvação como cooperadora, é reacender em nós o desejo de sermos missionários com Maria, é reacender o nosso coração por vermos crescer os nossos grupos marianos. Maria na história da salvação é convidada a ser cooperadora assim como eu e você fomos convidados a cooperar na nossa paróquia.

. Hoje nós ouvimos que Maria não é uma deusa, mas é uma mulher, uma criatura escolhida por Deus. Aqui começa a nossa caminhada de entender e centralizar a nossa atenção na resposta que Maria deu a escolha que Deus fez. Deus escolheu Maria, preservou-a do pecado original, mas não a transformou em uma boneca, ou em marionete, não a transformou Maria em alguém sem liberdade ou sem capacidade de responder e se comprometer. Sua resposta não era de uma pessoa que estava sendo controlada mas uma convidada. Maria usa sua liberdade para cooperar no plano da salvação.

Maria se apresenta como serva e como escrava, e tem gente por ai que ainda diz que ela quer ser Deus. Ela foi preservada do pecado, mas tinha a liberdade de dizer sim ou não. E veja a resposta de Nossa Senhora: “Faça se em mim segundo a tua Palavra”.

Maria não é mulher de alugar a barriga, e nem mulher de responder pela metade. No seu sim ela se consagrou à Palavra. Ela disse faça-se em mim segundo a tua palavra, ela respondeu dando o seu sim por inteiro. O convite para nós é para sermos marianos por inteiros, não somente nos dias que tem de rezar o terço. Assim como não podemos ser cristãos de aluguel, que se compromete pela metade.

Jesus a apresenta como mulher da Palavra. E nós pela Palavra, precisamos sair daqui melhor do que chegamos. Existe para nós um crescimento, não viemos só para rezar o terço ou para cantar, para isso também, mas viemos para o congresso para sairmos mais marianos do que chegamos.

Se voltarmos para casa do jeito que chegamos, não vamos atrair ninguém a esta devoção tão linda a Nossa Senhora. Nós só vamos crescer através da Palavra e nela vamos aprender a conhecer Maria.

“Jesus respondeu: Meus irmãos e minhas irmãs são estes que ouve a Palavra de Deus e a põe em prática”. Tem como eu dizer que sou mariano se não conheço a Palavra? Como vou dizer que conheço Maria se não tenho a Palavra. Eu preciso apresentar Jesus através da Palavra. Quanto mais marianos nós formos mais cristão nós seremos. Maria nunca chama a atenção para ela, e sim para Jesus, quanto mais marianos, mais seremos parecidos com Jesus o seu Filho.

É na palavra que fazemos a experiência com Maria. No mundo onde todo mundo quer fazer a sua própria vontade, Jesus vai dizer que é sua mãe e seu irmão quem faz a vontade de Deus.

"Maria nunca chama a atenção para ela e sim para Jesus…", diz padre Fabrício
Foto: Nara Bessa

"Enquanto ele assim falava, uma mulher levantou a voz do meio do povo e lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram! Mas Jesus replicou: Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a observam"!(Evangelho de São Lucas 11,27). Quem é a dona do ventre que amamentou Jesus? Maria. Jesus responde caracterizando, dando a identidade de Maria, felizes sobretudo, acima de tudo isso, dando a identidade de Sua mãe, são aqueles que ouvem a Palavra e a põe em prática.

Se Maria fosse valorizada na Igreja simplesmente por causa do ventre, ela seria uma barriga de aluguel, e a Igreja não aluga ninguém, porque Deus nos quer por inteiro. Maria foi por inteira na história, ela se deu por inteira na missão, e depois que Jesus nasce ela permanece cheia da Palavra. Maria não se emprestou, mas ela se comprometeu com toda a história da salvação até aos pés da cruz e também no cenáculo. E quem é a mulher do apocalipse? Ela é a mulher da Palavra do começo ao fim.

Maria vem provocar hoje a nossa conversão.

Sabe qual é a maior devoção a Maria? É praticar a Palavra de Deus.

Cristãos nós precisamos nos converter, olhar para Nossa Senhora e na Palavra buscar a transformação para a nossa vida.

Aquela que gerou a Palavra fez um caminho de formação. Como é que você vai ser formado sem a Palavra?

O que mudava a vida de Maria era a Palavra. O que é que tem mudado a sua vida? Sabe porque nós somos insatisfeitos e não somos felizes? Porque estamos nos emprestando aos pedacinhos.

Você quer ser feliz? Porque então você está vivendo pela metade? Maria sofreu? Sim. Maria também sofreu, mas aguentou em pé até o fim. Sabe qual o segredo para aguentar e ficar em pé? É copiar o modelo de Maria. A verdadeira devoção é quando as pessoas olham para nós e nos reconhecem como da mesma família de Maria.

Transcrição e adaptação: Célia Grego


Padre Fabrício Andrade


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo