Experimente o céu na terra

Padre Vicente
Foto: Mariana Lazarin

A festa da Assunção de Nossa Senhora nos faz olhar para Deus, que realizou, por intermédio dela, toda Sua obra. Nossa Senhora antecipou em sua vida as realidades do céu, por isso Deus Pai foi ao seu encontro. A comemoração de hoje é a coroação de uma vida que tocou o céu, que foi fiel ao Todo-poderoso, de uma mulher que não se intimidou em dizer “sim” a Cristo.

Em virtude disso, Deus a preservou como sinal de pureza na terra. Assim, a Imaculada Conceição conseguiu passar em vida sem a marca do pecado original.

O ato de morte nada mais é do que o preço que pagamos pelos pecados que cometemos na terra. Mas a Nossa Senhora foi concedida a honra de ser assunta ao céu em corpo e alma.

A morte não é nossa inimiga, ela não tem a última palavra. É apenas uma curva na estrada, que continua mais intensa e cheia de vida do que antes.

Saiba onde procurar refúgio nas dificuldades, a Igreja é o refúgio ideal para qualquer cristão. Pois Ela com seus princípios petrinos e marianos sabe muito bem como acolher seus filhos.

E é esse princípio mariano que se apresenta por meio de Virgem Maria, a Igreja que acolhe, que sabe ouvir, que é terna, a Igreja que é como uma mãe para qualquer cristão.

Por isso, devemos estar preparados, pois quando chegar nossa hora devemos partir assim como Nossa Senhora, que experimentou o céu na terra. Que soube viver a vontade de Deus sem questioná-Lo ou vacilar no seu caminho.

Quando fizer seu caminho, faça da melhor maneira possível. Não poupe esforços para atingir seu verdadeiro potencial. Deus conhece o seu potencial e Ele não espera nada menos do que o máximo que pode oferecer.

"Só Deus tem a última palavra," recorda padre Vicente
Foto: Mariana Lazarin

Devemos nos perguntar: "Eu estou vivendo o céu aqui? Estou fazendo por onde para merecer as glórias que Deus reserva para mim?"

Se hoje tivéssemos que prestar contas a Deus, o que entregaríamos a Ele? Será que teríamos a consciência tranquila de devolver algo tão valioso quanto a vida que Ele nos proporcionou?

Nós somos chamados a sinalizar Deus, seja em um sorriso ou um ato de bondade. Desde que estejamos agindo segundo os ensinamentos de Cristo, estaremos nos aproximando um pouco mais do nosso céu aqui na terra. E o mais importante é que quando sinalizamos o céu não somos os únicos tocados por isso, todos à nossa volta sentem, pois estamos trazendo Deus para nosso convívio diário e dos nossos queridos.

Muitas vezes, os filhos não querem saber de Deus, mas sabem por quê? Porque seu testemunho de Deus é um testemunho frágil, você fala d'Ele, mas reclama o tempo todo. Você obriga seu filho a ir à Santa Missa, mas passa o dia todo falando da novela do dia anterior.

A verdadeira religião nos liberta e é feita de princípios, nos dá suporte, mas também dá visão para que enxerguemos além. Só assim seremos capazes de enxergar as coisas que o mundo não nos permite. Esqueça a morte, pois só Deus tem a última palavra, e acima d'Ele não existe nada.

Transcrição e adaptação: Gustavo Souza

Veja também:

:: Canção Nova lança Bíblia on-line para dispositivos móveis

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone


Padre Vicente Neto


Sacerdote da Comunidade Bethânia

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo