Falta-nos coragem para trilhar o caminho que nos leva à felicidade

Padre Fabrício
Foto: Wesley Almeida
Hoje, a Palavra de Deus nos foi dirigida com carinho, mas também com responsabilidade. Antes de nos debruçarmos como pesquisadores da Palavra, precisamos fazer a experiência com ela, pois a Palavra de Deus nos conduz a uma resposta concreta: estar com Ele ou contra Ele.

Na leitura, Jesus nos dá uma ordem que precisa ser obedecida: "Ouvi a minha voz, assim serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e segui adiante por todo o caminho que eu vos indicar para serdes felizes" (Jeremias 7,23). É importante termos consciência da aliança que estamos fazendo com Deus e que ela está de acordo com a iniciativa d'Ele.

Todos nós queremos ser felizes, o que nos falta é coragem para trilhar o caminho que nos leva à felicidade. A proposta de felicidade começa no ouvido. Preste atenção e veja como a palavra ouvida tem por destino o coração que nos faz obedecer a Cristo.

Se os seus ouvidos estão acostumados aos barulhos das novelas, a sua felicidade vai terminar no último capítulo. Daí, você tem de ir para outra novela para ter novos momentos de felicidade. Mas hoje somos chamados a educar nossos ouvidos e nosso coração. Porém, na leitura de hoje também vemos que o povo não quis ouvir o Senhor: “Mas eles não ouviram e não prestaram atenção; ao contrário, seguindo as más inclinações do coração, andaram para trás e não para a frente” (Jeremias 7,24).

Quantos de nós estamos vendo nossas famílias caminhar para trás e experimentamos em nossa própria carne a regressão dqueles que amamos! Diga-me o que você escuta, o que a sua casa escuta, que eu lhe digo se estão andando para frente ou para trás. O povo escolheu ficar surdo, tampar os ouvidos para não ouvir as Palvras da verdade. Andar para trás é ver que o casamento está acabando, que a intimidade com os filhos está regredindo. Por isso o Senhor nos diz: “Esta é a nação que não escutou a voz do Senhor, seu Deus, e não aceitou correção” (Jeremias 7,28). Isso é muito grave, porque tudo o que ouvimos vai ao nosso coração.

"Se os seus ouvidos estão acostumados aos barulhos das novelas, a sua felicidade vai ternimar no último capítulo"
Foto: Wesley Almeida

Se não abrirmos os nossos ouvidos, começamos a engolir coisas que não nos deixam andar para frente. Ouvido aberto com coração fechado não adianta nada. Abra coração para fazer essa experiência, porque a palavra que cai num coração fechado, é palavra jogada ao vento.

Cristão que vem para a Igreja, mas a Palava não chega ao seu coração, volta para casa vazio.

Que o Senhor nos cure de nossa surdez, da surdez de nosso coração. Há pessoas que escutam uma briga na casa do vizinho, mas não escutam o Senhor que está falando dentro de sua própria casa.

Sabe quando uma família começa a se dividir? Quando ninguém mais se escuta dentro desta casa, quando o pai ou a mãe tem de gritar. Quando um coração está perto, falamos baixo, mas quando o coração está longe, nós gritamos. Estou falando dos gritos que agridem, de palavras que, quando ditas aos gritos, machucam o coração. Quanta família destruída, porque o marido esqueceu-se de descobrir sua esposa a cada dia.

Se os seus ouvidos estão sendo treinados com porcaria, você não vai ouvir a voz de Deus, porque Ele não vai gritar com você; ele vai falar com carinho até mesmo na hora de lhedizer 'não'.

Hoje, Deus nos propõe uma aliança. Quer estar com Ele? Então, aprenda a ouvi-Lo.

Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova


Padre Fabrício Andrade


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo