Família torna-te quem tu és

Padre Vicente
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com

Deus quer a nossa família restaurada. A família cristã precisa estar debaixo da Palavra, com força e fé nela.

“Alguns fariseus aproximaram-se de Jesus e, para experimentá-lo, perguntaram: “É permitido ao homem despedir sua mulher por qualquer motivo?” Ele respondeu: “Nunca lestes que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e disse: ‘Por isso, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois formarão uma só carne’? De modo que eles já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe”. Perguntaram: “Como então Moisés mandou dar atestado de divórcio e despedir a mulher?” Jesus respondeu: “Moisés permitiu despedir a mulher, por causa da dureza do vosso coração. Mas não foi assim desde o princípio.” (Mt 19,3-8)

Isso é Palavra de Deus, é da boca de Jesus que saiu esse ensinamento, a Igreja não tem autoridade para modificá-la. O Matrimônio é sacramento que perdura, a Igreja não pode mudar. Mateus diz que serão uma só carne, por isso o convite de Deus para você é: “sonhe os sonhos de Deus para sua família”. Porque Deus quer a família nos princípios fundados por Jesus. É disto que o coração dos seus tem necessidade.

Deus quer que seja reproduzida na pequena comunidade, aquilo que Ele deseja para a grande comunidade humana. A sua família é reflexo do desejo de Deus. Qual é o sonho de Deus para sua família?

É preciso recuperar a graça de Deus durante o namoro e noivado. A Igreja não é podadora, que quer lhe prejudicar, a Igreja não existe simplesmente para coibir, reprimir. A Igreja é guardiã de valores que foram revelados por Jesus. Recuperar o tempo do namoro como caminho de conhecimento mútuo. O tempo de namoro é para uma descoberta das qualidades e defeitos para você não se assustar quando se casar. O casamento é extremamente realista, é na alegria e na tristeza, todos os dias da vida. E o tempo de namoro, é para esse conhecimento. Intimidade não é ficar sem roupa um diante do outro, intimidade é desnudar a alma do outro. E isso não vem sem conhecimento, sem estrada.

O noivado é um tempo de projeto, para que se amadureça o sonho de família. Em que cada um traz o que aprendeu de sua família e ter a oportunidade de confrontar o seu sonho com o sonho de Deus. Pois Ele tem um projeto de família para cada casal.

"A sua família é reflexo do desejo de Deus"
Foto: Maria Andréa/cancaonova

:: Veja fotos no Flickr

Nós como Igreja temos certeza que a restauração virá dos casais. E do matrimônio que virá a renovação de toda a Igreja. Deus tem um projeto de família para você. Quando Deus coloca o desejo de constituir família com aquela que Deus lhe deu, sua graça solidifica esse sonho. Deus é o primeiro interessado, Ele fará tudo para que seu projeto para a família dê certo. O problema é que muitas vezes não acreditamos no sonho de Deus e teimamos em insistir sozinho. Mas Deus te diz, não sonhe sozinho, sonhe comigo. Que o sonho de família que há em você seja renovado, transformado pelo sonho de Deus, pois Ele a quer restaurada.

Não existe família perfeita. Deus quer famílias restaurada, que saibam viver debaixo da sua graça, da sua bênção. Não existe família perfeita, pois não existe pai, mãe, filho perfeito, existe sim pai, mãe, filho que luta, família que reza. Feliz da família que tem pelo menos alguém que reza. E muito mais feliz a família que reza unida. Pois hoje Deus lhe diz: “sonhe os meus sonhos.”

“No plano de Deus Criador e Redentor a família descobre não só a sua ‘identidade’, o que ‘é’, mas também a sua ‘missão’, o que ela pode e deve ‘fazer’.” Beato João Paulo II

 

“Família torna-te quem tu és”. A família é a expressão de Deus, sua imagem e semelhança no amor. E nessa vivência de amor, reproduz Deus que é amor. Sua família é reflexo do Amor Trinitário, espelho do amor do Pai. Se pergunte sobre a qualidade do amor dentro da sua casa. "Amor não se improvisa, precisa ser trabalhado, cultivado. Planta que não é cultivada, morre." Como nos ensina monsenhor Jonas Abib.

Como dizia padre Léo “O amor pode morrer. Mas o amor nunca morre de morte natural, ele é sempre assassinado”. Assassinado pela falta de cultivo, pela insensibilidade de tantos maridos que esquece que o amor é cultivado nos detalhes da vida. Pela falta de cultivo das esposas que pensam só em ter. Morre quando pai e mãe se tornam egocentristas e esquece de seus filhos e não coloca Deus no lugar devido.

Você é igreja doméstica e sua família representa a Igreja universal. Por isso é preciso que na sua casa haja amor a Eucaristia, a palavra de Deus. É preciso que no seu lar rezem juntos. Quando a família reza o céu se abre. Pois é dentro de casa que o céu começa.

É como Igreja doméstica que sua família irá passar os valores que não passam. Você e sua casa precisam ser inteiros de Deus. Sua família é santuário da vida, por isso é preciso dizer não a tudo aquilo que te afasta de Deus. Se tem programas que te afastam de Deus, corta. Se determinadas atitudes te afasta de seu esposo (a), corta. Porque sua família é santuário da vida. Santuário é um lugar onde Deus mesmo escolhe para morar, igreja somos todos nós reunidos, mas santuário é Deus mesmo que escolheu para morar. Por isso aqui terá um Santuário Pai das misericórdias, pois é Deus que escolheu morar aqui, para restaurar as famílias, as pessoas.

Família torna-te quem tu és. Eu não estou falando de família perfeita, mas de famílias que buscam a restauração. Saiba que o que você plantar no coração dos seus filhos, fica. Acredite no amor cristão, pois é este o amor que você, seu esposo(a), seus filhos sentem falta. É dentro de casa que o céu começa.

Transcrição e adaptação: Regiane Calixto

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo