Fé em Deus e amor à família

Padre Junior Piriquito
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Quem ama o próprio filho, usa bastante o chicote, para no fim se alegrar. Quem corrige o próprio filho, depois terá satisfação, e ficará orgulhoso dele na frente dos conhecidos. Quem educa o próprio filho faz inveja ao inimigo, e fica alegre diante dos amigos. O pai morre, mas é como se não tivesse morrido, porque deixa depois de si alguém semelhante a ele. Durante a vida, o pai se alegra ao ver o filho, e não fica triste na hora da morte. Para os inimigos, deixa um vingador; para os amigos, deixa alguém que irá recompensá-los. Quem mima o próprio filho, depois terá que lhe curar as feridas, e, a cada grito dele, suas entranhas estremecerão. O cavalo xucro se torna intratável, e o filho entregue a si mesmo se torna teimoso"(Eclo 30, 1-8) 

Tudo o que Deus nos pede e nos diz é um ensinamento, pois Ele nos quer felizes. A Palavra do Senhor nos traz a mensagem de termos fé em Deus e amor à família. Quando o Senhor fala aos nossos corações precisamos estar atentos ao ouvirmos a Sua Palavra.

Todos nós temos defeitos, por isso Deus nos ensina, e quem tem fé caminha nos passos de quem acredita. Devemos caminhar nos passos d'Ele, pois o Senhor sabe de todas as coisas, e mesmo não nos contando tudo de uma só vez, sempre vem Ele nos consola quando necessitamos de amparo. A Palavra do Senhor nos é dita aos poucos, pois nossa cabeça é pequena diante daquilo que Ele é. A nossa fé em Deus não é uma fé solta, mas é direcionada pela ação do Espírito Santo. Quando Deus pede, mesmo que seja doloroso, Ele quer que nós nos convertamos e entendamos que o que fizemos foi de errado e possamos nos arrepender.

Quando fazíamos nossas “artes”, quando éramos pequenos, nossos pais nos corrigiam; hoje estamos vivendo a mesma coisa, pois, diante de Deus, ainda somos como crianças. Deus Pai nos corrige para que possamos ser pessoas melhores.

Tudo o que sei a respeito de responsabilidade aprendi com a minha família. Vivemos num mundo conturbado, onde as pessoas se negam a seus próprios familiares; muitos adolescentes reclamam que os pais lhes tiram a liberdades e desejam viver sozinhos, sem famílias. Mas há pessoas que queriam ter famílias, mas que não as têm e sentem no coração a necessidade de ter uma família. Hoje, Deus nos pede que amemos as nossas famílias. Você que não tem família assuma a Sagrada Família como a sua.

"A simplicidade no jeito de falar é o que mais agrada a Deus", afirma o padre
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

 Vivemos num mundo onde até mesmo os pais têm medo de educar seus filhos. Somos chamados a educar nossos filhos a ter fé em Deus. Há pessoas que têm saudade da simplicidade, de rezar o terço em família! A simplicidade no jeito de falar é o que mais agrada a Deus: agradeça as coisas simples que acontecem em seu dia a dia, como por exemplo a chuva em um dia seco.

Deus que agir por meio de nós. Devemos amar, pois é amando que vamos entender a maneira de agir do outro. Deus nos ama e quer mudar nossos corações. Amar a família é amá-la do jeito que ela é, portanto, muitas vezes a salvação da sua família depende de você.

 

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Padre Junior Periquito


Celebra missa para cultura sertaneja

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo