Fé viva

Todos nós temos algo em comum, não temos a mesma língua, mas temos a mesma fé, fé em Jesus Cristo, isto nos faz irmãos e irmãs.

Vamos partilhar sobre a leitura. Falar um pouco sobre o Evangelho, que falam dos irmãos e irmãs de Jesus. Isso as vezes trás problema porque a Igreja ensina que Maria é virgem. Já morei na Terra Santa e lá todos chamam de irmão. Ao olhar o Evangelho quero compreender para nos unir mais a Cristo, e assim unir mais uns aos outros.

Na primeira leitura nós lemos sobre os diversos tempos no calendário judaico.

Em qualquer espiritalidade é preciso ter um ritmo na vida, assim como a Igreja tem a quaresma, a páscoa, o advento e o natal. E esse ano estamos vivendo o Ano da Fé, e a Igreja nos dá este tempo, para fortalecemos a nossa fé. É preciso ter fé para ter milagre e curas. O Evangelho diz que Jesus foi a Nazaré e lá ele não realizou milagres, devido a falta de fé. A fé é a chave que abre as portas do coração de Deus. Quando não temos fé, fechamos os nossos corações. Vamos aprofundar a nossa fé. Quem tem fé, verá a gloria de Deus.

Duas dimensões importante da fé, a primeira é fé doutrinal, se pegamos o catecismo da Igreja Católica veremos, a fé doutrinal. Existe um perigo de que tenhamos fé nas coisas em qual nos acreditamos, e colocamos nossa fé só na doutrina. A fé real não é em uma coisa, mas em Jesus Cristo. A fé que nos uni a Cristo e revela seu amor a nós.

Nos aproximamos de Cristo na fé. Isso é um fé viva, não basta ter fé na doutrina, porque você pode deixar a fé em um livro, mas ao glorificarmos a Cristo, abrimos os armazéns do céu, e criamos um relacionamento. Precisamos saber que Cristo nos ama e tem muitas coisas que Ele nos dá. Bençãos e suas promessas.

Quando eu era mais jovem havia um padre que veio da Irlanda e dizia do paraíso, que tinha paz, amor, que não havia dor, sofrimento, e ao ouvir esse sermão fiquei pensando sou feliz porque Deus me dará esse presente para mim, mas pensei que para ter o paraíso eu precisaria morrer, e isso não fazia sentido, porque ele quer que experimentamos agora. Jesus veio para nos dá vida, Jesus não espera que morramos, mas ele quer nos “vida” nesta vida.

A fé real e viva faz com que essas coisas se torne real em nossa vida. Não um sonho para amanhã, mas uma realidade, para o hoje.

É como uma pessoa que é rica e deixa todo seu dinheiro no banco, ele sai sem comprar nada. Embora seja rico, ele vive como pobre, o mesmo nós, Deus dá todas as bençãos e dons, Deus quer te dá coisas antes que você morra.

Deus nos deu a promessa para que recebemos, Ele deu dom da cura, para que sejamos curados. Ele quer que sejamos curados.

Quero terminar com a historia, há muito tempo atrás estava em um casa de retiro, um pequeno retiro que rezássemos pela cura, tinha pouco menos de 200 pessoas. Carlos era um cego, que tinha diabete muito forte, todos o conhecia no retiro, pois o ajudava a caminhar durante o retiro. No sábado a noite deste retiro, Carlos veio receber oração, e toquei sua testa com óleo, quando toquei seus olhos só havia pele, eu tentei ungir os seus olhos e ele repousou no Espírito e de repente as pessoas começaram a gritar, quando olhei Carlos voltou a vê, os seus olhos voltaram funcionar, foi um milagre, todos louvaram a Deus.


Padre Richard Mcalear


Sacerdote americano ministeriado em cura

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo