Feito tudo para todos

Boa tarde, minha gente! Que alegria estarmos juntos neste dia de festa. Hoje é um dia de chamado, pois celebrar mais um ano do sacerdócio do monsenhor Jonas é celebrar ao que Deus nos chama. Pergunto a vocês: Quem compreendeu melhor o chamado de Deus com a ajuda do monsenhor?

Todos nós aqui presentes compreendemos Deus melhor a partir da vida desse homem de Deus. Para quem não sabe, o lema sacerdotal do monsenhor Jonas Abib é: “Feito tudo para todos”, por isso vamos cantar uma música composta por ele que traduz bem essa realidade. Essa canção se chama “Juras de amor”, e a partir da letra dela quero caminhar com você nesta pregação. Cantemos:

Quero transformar numa canção as juras de amor por Ti, meu Deus, entraste na minha vida, sedutor, já não sei viver sem Teu amor. Tudo Te entreguei, nada me restou, livre eu fiquei para Te amar, meu Deus. Tudo me pediste, nada Te neguei, hoje sou feliz assim, tenho a Ti, meu Deus […]”.

Antes de o monsenhor Jonas existir para os meios de comunicação, ele existiu para que você fizesse uma experiência com Deus. Se você lhe perguntar qual é a obra mais linda de sua vocação ele responderá certamente: “Você”! Você é a obra mais linda do sacerdócio dele, a razão do seu sacerdócio – Feito tudo para todos – para que você tenha seu encontro com Jesus Cristo, para que seja batizado no Espírito Santo e seja um evangelizador feliz.

Aprendi muitas coisas com o monsenhor Jonas Abib; eu o conheci em 1979 e cheguei à Canção Nova em 1984. Posso dizer que o melhor que aprendi com ele foi acreditar nas pessoas. Um dia, ele me disse: "Não é que eu acredite nas pessoas com ingenuidade. Acredito até o fim naquilo que Deus pode fazer nelas". Por isso, a Canção Nova é um canal de esperança, porque é fruto do sacerdócio do monsenhor Jonas, ela acredita em você, e principalmente naquilo que Deus quer fazer e pode fazer em você.

Muitas vezes, vi a humildade do monsenhor em se deixar ser conduzido pelo Espírito Santo, confiando nas pessoas e mudando o rumo de muitas coisas, inclusive de toda a sua pregação por causa de uma palavra que alguém havia lhe trazido no momento de oração.

Público testemunha experiências com monsenhor Jonas Abib
Foto: Maria Andréa

Posso dizer: quantas vezes não acreditava em mim mesmo e o monsenhor acreditou. Não tenho medo de dizer que, olhando os olhos dele, eu vi os olhos de Deus! Vi Deus me amando, me convocando, me abraçando. Não idolatramos ninguém, mas o colocamos no lugar que ele tem em nossa vida, que é o de nos apresentar Jesus.

Ao escolher seu lema sacerdotal ele nos convida para fazermos o mesmo: sermos tudo para todos! Somos gratos a ele por tudo que fez por cada um de nós, o “sim” dele nos deu esperança, nos ensinou a rezar, a amar, a nos sentirmos especiais. Portanto, rendamos graças ao Senhor pelo “sim” deste homem de Deus.

Eu não poderia fazer sozinho esta pregação, por isso a faço com você. Agora é o seu momento de agradecer: diga algo, telefone, mande um SMS para o monsenhor.

Meus irmãos, uma vez que o sacerdócio dele tem como lema “Feito tudo para todos”, sua vida foi e é uma doação contínua, pois nunca o vi vivendo para si mesmo, ele sempre tem a capacidade de dar a sua vida para os outros. Quem o vê pensa que ele não tem problemas, mas ele encontrou o sentido e nos ensina a fazer o mesmo: Dar a vida para que os outros tenham vida. Ele sabe dar a vida que está presente nele sem deixar de ser quem ele é.

Seja também você “Feito tudo para todos”, na sua família e em todos os lugares! Somos filhos desse homem santo, por isso temos laços espirituais. Se nascemos desse sacerdócio, precisamos honrar o “pai” que Deus nos deu, como irmãos e filhos espirituais dele. Devemos honrar essa filiação. Por isso a celebração de seu sacerdócio precisa ser um convite para que nós, como filhos, coloquemos nossa vida a serviço dos outros.

Conhecer sua obra significa que devemos honrar a Deus e à família que temos, não podemos ser diferentes do nosso “pai”. Por isso precisamos ceder, entregar tudo aos demais, como ele.

O que eu e você precisamos ceder para sermos mais de Deus?

O entregar-se a Deus do monsenhor Jonas Abib é cada vez mais concreto. Sua entrega diária é por amor a mim e a você; como disse: para fazermos uma experiência com Deus. Por essa razão tudo para o Reino de Deus e para os outros.

Portanto, honre o sacerdócio dele, como filho, gaste a sua vida para a salvação das almas, fale de Jesus, leia a Palavra de Deus. Ensine as pessoas como ler a Bíblia, como ele nos ensinou e ensina. No coração dele só há amor por Jesus Cristo e uma sede por almas; ele quer ganhar almas para o Reino de Deus a fim de que os homens se encontrem com Deus Pai.

Enquanto você “se fizer tudo para todos”, honrando a sua filiação, Deus cuidará de sua família e de todas as suas necessidades.

Quero que você guarde no coração que o maior desejo do monsenhor para cada um de nós é que sejamos santos! Este é o maior presente que podemos dar a ele.

Terminamos cantando a canção “Juras de Amor”, que já não é mais dele, hoje ela é minha, é sua, é nossa. Cantemos:

“Quero transformar numa canção as juras de amor por Ti, meu Deus, entraste na minha vida, sedutor, já não sei viver sem Teu amor. Tudo Te entreguei, nada me restou, livre eu fiquei para Te amar, meu Deus. Tudo me pediste, nada Te neguei, hoje sou feliz assim, tenho a Ti, meu Deus […]”.

Muito obrigado a você que ligou para agradecer ao monsenhor Jonas!

Transcrição e adaptação: Ricardo Gaiotti


Adquira esta pregação pelo telefone (12) 3186-2600


Veja também:

 
 

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo