Feliz é aquele que confia no Senhor

Feliz é aquele a quem confia no Senhor

Professor Felipe Aquino. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

“A felicidade não pode ser colocada em coisas materiais. Tem de ser colocada naquilo que é eterno”, afirma professor Felipe Aquino.

Antigamente quando se passava uma escritura de compra ou venda de um terreno ou de uma casa, vinha escrito: “Do dia tal, do ano tal da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo”. Ano da graça quer dizer um ano de presente, dado por Deus.

É bonito de ver que hoje a Igreja celebra o último dia do Natal por causa da sua oitava, hoje é o último dia. E hoje a Igreja celebra o dia da Mãe de Deus, Theotokos. Esse nome foi falado pela primeira vez no Concílio de Éfeso para combater o nestorianismo, doutrina proposta por Nestório que dizia que Nossa Senhora não era mãe de Deus, mas somente mãe do homem Jesus. Quando o Concílio de Éfeso declarou que Maria era mãe de Deus o povo aplaudiu, pois ele já estava acostumado a chamá-la de mãe de Deus, bastava ver a Ave-Maria, na qual recitamos: “Santa Maria, mãe de Deus.” São Bernardo a chamava de “onipotência suplicante”, onipotência é aquela que pode tudo e suplicante pois isso ocorre por intermédio da sua súplica diante de Deus.

E uma outra oração muito interessante, talvez seja a oração mais antiga que a Igreja conheça sobre a Virgem Maria, datada do ano 200, arqueólogos encontraram um pedacinho de papiro que estava escrito: “Debaixo da vossa proteção nos refugiamos, oh Santa Mãe de Deus, não desprezei as nossas súplicas, em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, Virgem gloriosa e bendita.”

Jesus, na cruz, repleto de sangue, viu João, o discípulo que representa a mim e a você, e fala: “Filho, eis aí sua mãe”. Por que Jesus fez isso? Porque você precisa dela para se salvar. Ele é o Salvador, mas Maria é Aquela que o leva a Ele. O Senhor não disse: “Olha aí a sua amiga, a sua parente”; Ele disse:” Olha a sua mãe”. Um filho, quando nasce, é totalmente dependente da mãe para se alimentar e para tudo. Assim como a sua mãe o formou para você chegar à idade adulta, Nossa Senhora o forma para você chegar à idade adulta na sua espiritualidade.

Nós estamos iniciando um novo ano. Um trecho de uma conhecida música diz assim: “muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender.” Mas só isso!? Isso é o mais importante? É claro que precisamos de dinheiro e de saúde, mas Deus tem muito mais para nós! Não podemos viver uma vida na mediocridade. E viver na mediocridade é viver pensando nas coisas deste mundo, que um dia vão acabar. Eu não posso ter a minha felicidade somente nas coisas terrenas, como meu celular, minha carteira, meu dinheiro. Isso é um meio, mas não pode ser o fim da minha felicidade.

O poeta Fernão Capelo Gaivota diz assim: “Se eu não fosse um homem eu gostaria de ser uma águia para voar acima dos meus sonhos”. Nossa Senhora é celebrada pela Igreja no primeiro dia do ano para que alcemos voo. Nós não somos feitos apenas para este mundo. Maria gerou Jesus no seu seio por intermédio do Espírito Santo de Deus. A missão de Maria é formar Jesus no coração de cada um de nós com a ajuda de seu esposo, o Espírito Santo.

Feliz é aquele a quem confia no Senhor

Peregrinos participam da pregação do professor Felipe na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Em Romanos 8, 29, São Paulo nos ensina que Deus nos predestinou para sermos imagem do Seu Filho, que é o primogênito dos Seus irmãos. O desígnio de Deus para cada um de nós é sermos como Jesus. Deus quer olhar para você e ver o rosto de Jesus. Humanamente é impossível sermos como Jesus, mas Deus nos dá essa graça. É o Espírito Santo e também a Igreja que são os mentores. E Maria faz tudo isso com a ajuda do seu esposo, o Espírito Santo. Do Pai, ela é a filha predileta, do Filho ela é mãe, e do Espírito ela é a esposa. Eu precisei de três mulheres para ter uma mãe, uma esposa e uma filha. Deus precisou de uma só. Ela não é deusa, mas é a criatura mais bela de Deus, a Virgem gloriosa, aquela que foi assunta ao céu sem pecado, porque gerou o Filho de Deus.

Deus tem uma proposta maior para todos nós. Não podemos viver nesta vida com os olhos voltados para as coisas terrenas. Não podemos pôr a nossa realização no dinheiro, pois hoje você o tem, mas amanhã você pode não o ter mais. A felicidade não pode ser colocada nas coisas materiais. Ela tem de ser colocada naquilo que é eterno.

Mas qual é a proposta do Senhor para nós? É só abrirmos o sermão da montanha e ver. “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus”. Não é em segundo ou em terceiro, é em primeiro. Busque em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua justiça, ou seja, Sua santidade, e Deus vai lhe dar o resto por acréscimo. Mas nós fazemos o inverso, buscamos primeiro os “acréscimos”. Precisamos viver uma vida santa, sem pecado. Claro que nós cometemos pecados, mas temos que lutar contra esse mal. Não podemos nos conformar com ele, não podemos dormir com o pecado. Para Deus é mais importante você lutar contra o pecado do que simplesmente não cair nele [pecado]. Mas para lutar contra o pecado nós precisamos contar com a graça de Deus. Deus nos dá a graça, a Igreja nos dá a graça. Para alcançar essa graça o ano inteiro você vai ter que se confessar.

Eu não vim trazer nada de novo, pois nossa fé tem 2000 anos. Mas o que eu digo é que aquilo que Deus disse é sempre novo. Em Mateus 6, 33 Jesus nos diz: “Sede perfeitos como vosso Pai celeste é perfeito”. Jesus não coloca a referência em um homem, mas em Deus, pois Ele não tem pecado nenhum e é isso que Cristo quer de cada um de nós. Contudo, por saber que somos cheios de misérias, Ele é misericordioso conosco. Quanto mais você é miserável, tanto mais você tem direito à misericórdia de Deus, pois o remédio não foi feito para quem está são, mas sim para quem está doente. Assim, ninguém desanima, ninguém tem mais reclamação para dizer que não tem salvação.

Aquele que acha que Deus não pode perdoar está zombando do Senhor. Uma gota do Sangue de Cristo tem poder de lavar todo o pecado da face da Terra. E Ele deu todo o Seu Sangue para a nossa salvação. O Catecismo da Igreja Católica diz que não há pecado, por mais grave que seja, que a Igreja não possa perdoar com o auxílio do poder que Cristo concedeu a ela. Você pode ter matado, cometido um aborto, roubado, mas se você se confessar e se arrepender verdadeiramente seu pecado poderá ser perdoado.

Para que alcancemos a graça da santidade Jesus também nos deixa a Eucaristia. A confissão nos limpa do pecado e a Eucaristia nos cura. São Paulo diz à comunidade de Corinto que muitos estão doentes pois não levam a sério a Eucaristia. Se comungamos bem e fazemos uma boa confissão frequentemente, de lavar a alma, não devemos esconder nada do padre, contemos tudo a ele. Nós pensamos que enganamos o padre, mas o sacerdote ali está em persona Christi (na pessoa de Cristo). Então não tenha medo, pois  ali é o Bom Pastor, que o acolhe, que o pega no colo e cuida de você. Faz mais de 50 anos que eu confesso e nunca eu fui maltratado em uma confissão. Sempre fui bem acolhido pelo sacerdote.

São Francisco de Sales nos diz: “Não fique pisando na sua alma, pegue-a na mão e a carregue novamente para Deus.” E Deus nos dá a confissão, a Eucaristia e a Palavra d’Ele também. O evangelista diz que São José era um homem justo, ou seja, um homem santo, um homem do bem. Seja essa pessoa do bem, essa pessoa santa também com a ajuda dessas armas que Deus nos deu. Na Santa Missa, pelo menos três trechos da Sagrada Escritura você acompanha, mas é importante você chegar à sua casa e meditar a Palavra de Deus, estar constante em oração. Isso é muito importante para viver o ano novo e todos os dias de sua vida, estar em oração.

O profeta Baruc no capítulo 3, versículo 13 diz assim: “Se houvesses caminhado pelas sendas de Deus, poderias habitar para sempre na paz.” Hoje o mundo celebra o Dia Mundial da Paz. A pior coisa para uma pessoa é a tristeza da alma. E isso, muitas vezes, é fruto da sociedade atual, que tem um nível de estresse, de angústia e de ansiedade muito alto. Toda a tecnologia moderna que a ciência desenvolveu é boa, mas também pode levar muitas pessoas à angústia, à ansiedade e ao isolamento. Não estou falando que a tecnologia seja ruim, mas temos que saber usá-la. E como faço para a usar bem? Baruc nos diz que o segredo para não nos deixar contaminar é viver nas sendas de Deus, nos caminhos de Deus. Ou seja, na oração, na meditação da Palavra de Deus, na leitura de um bom livro, e não só em um dia, mas em todos eles, todas as manhãs.

Como você está tratando sua alma? Você faz a oração da manhã e depois a da noite para finalizar seu dia?

São Francisco de Sales, na sua obra Filotéia, diz: “A oração da manhã abre a janela da alma para entrar o sol da justiça e a oração da noite fecha a janela da alma para que nela não entrem as trevas do inferno.” Mas o que eu vou rezar? É importante ter um cronograma. Na oração da manhã você vai se consagrar a Nossa Senhora. A oração é uma conversa com Deus, portanto, você precisa silenciar, se retirar, entrar na solidão do coração para falar com Ele.

São Paulo nos diz: “Vós sois o templo do Espírito Santo. O Espírito Santo habita em vós.” Mas será que esse Hóspede está abandonado em seu coração? Será que você para para conversar com Deus? A oração é isso. A oração da manhã é isso, conversar com Deus que está dentro de você. À noite antes de dormir, para que você não tenha um sono conturbado, para que o demônio não o acorde, nem o atormente, faça sua oração. E São Francisco de Sales nos diz também que à noite devemos nos consagrar a Nossa Senhora.

Então se você caminhar nas sendas de Deus você vai habitar para sempre na paz, não somente hoje, mas é para sempre na paz. Jesus é o Príncipe da Paz e nos deixou a paz. Não sei se você percebeu que, na ressurreição, quando Jesus entrou no cenáculo Ele disse três vezes: “A paz esteja convosco”, pois Ele sabia que os discípulos estavam apavorados, com medo. A paz vem de Deus.

Então neste ano, caminhem nas sendas de Deus e vivam em paz! Mesmo que o sofrimento bata à porta de vocês. O sofrimento é capaz de nos purificar, mas não podemos perder a paz. Você não leva seu filho tomar injeção? Porque você ama você o leva, é um gesto de dor para ele, mas de amor para você. Você sabe que vai doer, mas é o para o bem dele, e porque você o ama você o leva. Da mesma forma, Deus, muitas vezes, “dá umas palmadas no nosso bumbum” para que a gente acorde.

A última coisa que eu quero dizer para você carregar neste ano, além do amor a Maria, da oração, da confissão, da Eucaristia e da Palavra de Deus, é a doutrina, aquilo que a Igreja nos ensina. Como é importante ver o que a Igreja nos orienta! Não duvide da decisão da Igreja, pois tudo o que ela ligar na Terra será ligado no céu. A Igreja decidiu que hoje é o Dia da Solenidade da Mãe de Deus, então pode ter certeza de que os anjos estão em festa lá no céu. Portanto, é importantíssimo que você siga neste ano aquilo que a Igreja fala.

O profeta Oséias no capítulo 4, versículo 6 diz: “Porque meu povo se perde por falta de conhecimento.” Por isso, meus irmãos, precisamos carregar duas armas de fogo durante este ano. A primeira é a Palavra de Deus e a segunda é o Catecismo da Igreja Católica, que nada mais é do que a explicação da Palavra de Deus. Então eu quero lhe fazer um convite de, neste ano, estudar a doutrina, pois o povo católico se perde por falta de doutrina e de conhecimento.

Que Deus conceda a todos vocês um ano da graça, cheio das bênçãos de Deus e da proteção de todos os santos!

Transcrição e adaptação: Guilherme Zapparoli


Prof. Felipe Aquino


Doutor em engenharia mecânica, pregador e escritor

Facebook
Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo