Fidelidade na vocação

Marcio Pereira
Foto: Maria Andrea
Nós só vamos conseguir corresponder ao chamado de Deus se tivermos uma vida de oração. A nossa intimidade e a busca por estar próximos d'Ele é o segredo para sermos cristãos melhores.

Quando nós estamos bem no nosso relacionamento com Deus, a nossa vocação é fecunda e dá frutos. Essa é a nossa missão: dar frutos.

Muitas vezes, nós tiramos o espaço de Deus, querendo resolver tudo do nosso modo. E assim o Senhor fica sem espaço para agir. Não podemos esquecer que a oração pode mover os céus, assim como o coração de um irmão.

É preciso ouvir a Deus, precisamos estar de coração aberto para acolher Seu chamado, o convite para nossa vocação. É muito fácil nos perder nos barulhos do interior que tentam calar a voz do Senhor.

A vocação se apresenta de muitas formas em nossa vida. Seja como um chamado ao sacerdócio, à irmandade, à consagração em uma comunidade, ao matrimônio, ou até mesmo à evangelização no nosso ambiente de trabalho.

É sendo fiel no dia a dia, nas pequenas coisas, que seremos fiéis à vocação que Deus nos confiou. E hoje em dia, precisamos parar para ouvir a Deus, pois o mundo faz muito barulho na nossa cabeça. Nossos medos, inseguranças e incertezas fazem muito barulho na nossa cabeça.

Deus quer nos orientar e conduzir pelo caminho d'Ele, o caminho a ser trilhado, sem jamais nos esquecer do nosso primeiro chamado, que é a santidade.

"O espírito está pronto, mas a carne é fraca", recorda Márcio Pereira
Foto: Maria Andrea

Esse caminho servirá como testemunha para as pessoas à nossa volta. Se nossa vida não serve de exemplo para os nossos, então estamos fazendo algo errado, pois não estamos vivendo como a vontade de Deus nos orienta.

Precisamos confirmar e, principalmente, mostrar ao mundo que vale a pena ser de Deus. Que vale, até mesmo, sofrer por esse caminho. E mostrar com testemunho, não só com a Bíblia e o terço em mãos, mas com gestos e atitudes.

Se você tem sido perseguido em nome de Jesus é prova de que você está fazendo algo certo, pois isso mostra que estamos incomodando as pessoas que não acreditam no poder e ação de Deus em nossa vida.

Vigiai e orai, para não cairdes em tentação; pois o espírito está pronto, mas a carne é fraca” (São Mateus 26, 41). São Mateus nos mostra que, apesar da nossa alma alcançar o estado de graça, nossa carne é fraca e é preciso vigiá-la para não cair em tentação. Por isso, é preciso encontrar o nosso pedaço do céu aqui na terra, seja em uma igreja, seja grupo de oração ou um local onde nos refugiamos para encontrar com Deus.

Não podemos perder mais tempo, Jesus precisa ser conhecido por todos. O Evangelho precisa ser anunciado. Ninguém será condenado sem ouvir o nome de Deus, mas a partir daí, depende de confiarmos n'Ele ou continuarmos sozinhos pelo caminho sem sentido ou razão.

Muitas pessoas estão no mundo e ainda não ouviram falar o nome de Jesus. Precisamos anunciá-Lo para essas pessoas, e podemos começar com aquelas que estão ao nosso lado. Fazendo isso, estaremos dizendo nosso “sim” sincero para nossa vocação.

A nossa batalha é espiritual e precisamos estar atentos para responder ao chamado de Deus. Ao sermos guiados pelo Espírito Santo é nosso dever nos dar aos demais em nome de Cristo, sermos instrumentos de Sua Palavra e anunciadores do Evangelho, nosso maior chamado à vocação.

 

Transcrição e adaptação: Gustavo Souza


 
Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600


Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade cristã de relacionamento
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo