Intercessor, Deus conta com você!

Padre Roger Luís
Foto: Natalino Ueda/cancaonova.com

A partir deste acampamento, somos chamados ao recrutamento de novos intercessores. É preciso que haja formação para aqueles que já são intercessores. Da mesma forma, devemos todos ter uma visão espiritual e sairmos da visão apenas carnal e distante da vida no Espírito.

Chamando atenção para esta realidade, sabemos que, em todo o Brasil, os fiéis estão celebrando, no dia de hoje, o Dia do Padre. Por isso, reze por seus párocos neste dia. E ao recordamo-nos disso, vejo o caminho que o Senhor quer para nós: um caminho de liderança na vida cristã. Não precisamos de fã-clubes, mas de intercessores por estarmos dentro de um combate espiritual, pois não servimos ao mundo, mas sim a Deus.  Se você gosta de meu ministério e do ministério dos missionários da Canção Nova, interceda por nós.

Peçamos, neste dia, que o Senhor abençoe a cada um daqueles que doam a sua vida e exercem, em suas paróquias, o papel de líderes espirituais. Temos, amados, esta necessidade de intercessão, como já nos ensinava o apóstolo São Paulo, que, por diversas vezes, pedia oração nas cartas que escreveu, como aos coríntios, filipenses e romanos. São Paulo era sustentado por amigos de intercessão neste ministério, e em razão disso, não desanimou diante das provações que sofreu, pois tinha a "cobertura" dos intercessores.

Não podemos esperar pelo ataque, diz São Paulo; devemos atacar antes. E como atacamos? Pela vida de oração. É uma atitude ativa, uma intensiva de oração. Não podemos rezar somente quando estamos em meio a uma situação difícil, devemos rezar antes de isso acontecer, somos chamados a uma vivência de oração.

A oração é um ato de amor; quem ama intercede. Como é bela a oração de uma mãe por seu filho! E daqueles que rezam pelas lideranças e patorais da Igreja Católica, principalmente pelos sacerdotes, pois quem está à frente é alvo claro de ataques. Amados, não podemos esperar os ataques, devemos atacar com o poder da intercessão. É questão de retomada! Quem está à frente da batalha precisa da sua oração do terço, do jejum e das mortificações que podemos fazer.

Aqueles que estão à frente são alvos de muitos ataques, como por exemplo a exaustão pastoral, ou seja, um cansaço espiritual. Essa exaustão tem roubado de muitos ministros da Igreja a intimidade com Deus. Há líderes que parecem estar entorpecidos pelo pecado e nem sabem disso. O autor C. S. Lewis escreve no livro “Um diabo ao seu aprendiz” que não existe lugar mais visado e bem-sucedido para os ataques do demônio do que atingir a quem está aos pés do altar.

O inimigo de Deus quer humilhar a Igreja por intermédio dos seus ministros sagrados, de forma a bloquear a ação e Deus sobre nós. É necessário que nós retomemos a intimidade com Deus e tenhamos a consciência da necessidade da intercessão para vencermos os ataques do maligno.

É ferindo o líder espiritual que o demônio consegue, pela tática, chegar aos demais, como por exemplo, os paroquianos. Entramos naquele "se ele faz eu também posso fazer". Se um líder cai, ele leva muitos consigo.

Diga agora: "Senhor, não quero viver minha fé no racionalismo, mas quero caminhar na revelação da Sua Palavra. Quero ter visão espiritual para entender os sinais dos tempos". 

"Deus é capaz de mudar uma sentença pelo poder da oração!", recorda padre Roger Luís
Foto: Natalino Ueda/cancaonova.com

 :: Veja fotos no Flickr

O diabo tem vencido, em muitas situações, pois não temos combatido com a nossa oração. Estamos perdendo tempo com coisas carnais e sem importância. Pare de perder tempo! Busquemos a vitória que o Senhor quer nos dar. É o poder de Deus que deve vencer em nós. Quem tem visão espiritual tem o conhecimento para discernir de onde vêm o ataque e a guerra do maligno.

Muitos intercessores estão sem esperança, pois isso também é obra do inimigo de Deus. Não pense que tudo é natural. Não! Se você percebe que, em sua cidade, há altos índices de mortes por acidentes de carro, moto ou por suicídios, saiba que tudo isso é um agir demoníaco que deve ser combatido pela oração. Somos sentinelas! Se você reza, o Senhor vai lhe mostrar as situações que precisam de intercessão. Não devemos reclamar e fofocar, mas sim rezar por essas situações. 

A intercessão profética existe para que as situações que poderiam acontecer sejam modificadas. Deus é capaz de mudar uma sentença pelo poder da oração.

Transcrição e adaptação Luana Oliveira

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo