Jesus escondido no pão

.: Ouça esta pregação na íntegra

De manhã, falamos sobre o presépio e sobre a \”Epifania do Senhor\”. Devemos desmanchar o presépio só depois do domingo (dia da Epifania). Peço a você que permaneça com os ensinamentos e significados do tempo do Natal. Quero ficar com duas explicações. A explicação do Natal e da Eucaristia. Falei que a Eucaristia é a segunda encarnação de Cristo, porque Deus está presente no pão consagrado em plenitude, assim como também o está no vinho consagrado.

A primeira encarnação foi no ventre da virgem Maria. Lembramos através da comunhão o sacrifício de Jesus Cristo. A santa Missa é a perpetuação do Seu sacrifício. Deus quis que você recebesse o corpo, a alma e a divindade de Cristo. Jesus se esconde e se aniquila através da Eucaristia. Ele está presente nos sacrários de nossas igrejas, mas com a mesma glória que tem no céu. Mas, quantas vezes, o Nosso Senhor fica abandonado, desprezado.

Quantas vezes, Ele entra na boca de um bêbado e até de alguém que não está preparado para recebê-Lo na comunhão. Só há um caso em que Jesus não está na hóstia: é quando o trigo ou o vinho se estragam, deixando de ser pão e vinho não tem como ser Jesus. Jesus não \”está\” no pão, Jesus é o pão consagrado.

\”Amor só se paga com amor\”, não há outra moeda. Quando compreendermos o amor de Jesus por nós, nosso desejo pela Eucaristia será maior. Hóstia significa \”vítima oferecida em sacrifício\”. Cristo deu o poder aos sacerdotes para consagrar a substância do pão e do vinho em corpo e sangue de Cristo por inteiro, é a palavra de Cristo pelo sacerdote. O sacramental é aquilo que depende de nossa fé; mas, o sacramento é diferente, pois por exemplo, no sacramento do batismo a criança não precisa ter fé para acontecer a graça, pois é Deus quem opera.

Dizer que Jesus não está presente na Eucaristia é uma heresia profunda! Pois a Eucaristia é o corpo, o sangue, a alma e a divindade de Cristo. Na história da Santa Igreja quantos milagres eucarísticos aconteceram, são mais de 150, todos comprovados seriamente por estudiosos, cientistas e médicos. Jesus não se revela para nós em Sua totalidade, porque na infinidade de Sua potência não suportaríamos que nos fosse revelado, assim como não suportamos ficar olhando para o Sol. Nós criaturas de Deus não criamos nada, só Deus tem o poder de criar. Ele pode andar sobre as águas, fez o milagre da multiplicação dos pães, assim como tantos outros.

Precisamos de Deus, não é Ele quem precisa de nós. Dom Bosco dizia: \”Se você quer muitas graças, vá muitas vezes ao sacrário\”. Mesmo que seja por pouco tempo, será agraciado, mas se você quiser poucas graças, vá poucas vezes ao sacrário.

A Eucaristia é para nós remédio! Ninguém é digno de recebê-la, mas precisamos nos alimentar dela.

Trascrição: Manoela Almeida
Fotos: Maurício Rebouças


Prof. Felipe Aquino


Doutor em engenharia mecânica, pregador e escritor

Facebook
Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo