Jesus, neste nome há poder

Alegrai-vos no Senhor, por mais que os persigam. Eu já fui chamado de profeta do mal, mas Deus usou de mim para converter os que me perseguiam.

“Deponde, pois, toda malícia, toda astúcia, fingimentos, invejas e toda espécie de maledicência. Como crianças recém-nascidas desejai com ardor o leite espiritual que vos fará crescer para a salvação, se é que tendes saboreado quão suave é o Senhor”. (IPe. 2, 1-3)

Quem já experimentou a cura de Deus? Assuma na sua vida que Jesus Cristo é o Senhor. O inimigo quer que você caia nas ciladas que ele arma, mas é preciso santidade na vivência da fé. Não foi Deus que não agiu na humanidade, fomos nós que deixamos de acreditar. Vós que outrora não tinham alcançado a misericórdia, mas agora alcançaram. Aleluia! Mesmo diante das provações Jesus está contigo. Você custa o sangue de Jesus Cristo. Você não pode desanimar, nem ter depressão, porque o seu valor é o sangue de Cristo.

“Não reine, pois, o pecado em vosso corpo mortal, de modo que obedeçais aos seus apetites. Nem ofereçais os vossos membros ao pecado, como instrumentos do mal. Oferecei-vos a Deus, como vivos, salvos da morte, para que os vossos membros sejam instrumentos do bem ao seu serviço. O pecado já não vos dominará, porque agora não estais mais sob a lei, e sim sob a graça.” (Rom. 6, 12-14)


O pecado já não vos levará, porque agora estás sobre a graça, o sangue de Cristo te lavou. Na Igreja Católica temos certeza de salvação. O demônio não tem poder sobre mim, ele jamais pode tocar naquele que confia em Jesus! Para Deus nada é impossível, e pela sua fidelidade a Deus, outros também serão libertos.

Na Igreja Católica não precisamos fazer força para encontrarmos Deus porque a Igreja não é dos homens é d’Ele. Graças a Deus que surgiram os irmãos evangélicos porque através deles, a igreja despertou e surgiu o maior movimento para a nossa salvação que é a Renovação Carismática. Mas o nosso fundador é Jesus que morreu na cruz, por isso eu digo: “Eu sou católico”!

Quanto a vós não desanimeis. Não vos entregueis ao poder das trevas porque você vale o sangue de Jesus Cristo, aleluia!

Transcrição: Verônica Suênia
Fotos: Ellen Costa


Ironi Spuldaro


Membro do Conselho Nacional da RCC Brasil

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo