Libertos do mundo do mal

Padre Roger Luís
Foto: Nara Bessa

A pessoa que assume a Palavra, Deus faz maravilhas, cura as doenças, mas é necessário que tomemos posse. Deus nos fala que nos liberta do mal e estamos vendo que o mal está tirando as pessoas da Igreja.
Nós temos que nos questionar porque um jovem que tem o dom da intercessão deixa a Igreja para entregar sua vida ao diabo. Será que é porque ele não viu na Igreja pessoas que realmente são adoradoras? Porque os grupos de oração não vivem mais o avivamento do Espírito Santo. Nós precisamos agora experimentar um poder, o poder do Espírito e levar para nosso grupo de oração. Quantos católicos vão a igreja e como não recebem a graça imediata, vão procurar essa graça em outros lugares, e não sabem que através disto estão se entregando ao diabo.

Precisamos deixar Deus comandar nossa vida. Mas nós somos iguais as crianças birrentas, querendo que Deus faça as coisas na hora que queremos, mas Deus tem a sua hora, a hora certa para que Ele nos atenda. Precisamos saber esperar, pois se não soubermos esperar, nem na hora prevista iremos alcançar a graça, porque não soubemos esperar o tempo de Deus. Espere o tempo de Deus, não se desespere.

O católico tem que ter a Bíblia e o catecismo da Igreja para conhecer a sua doutrina. O catecismo nos diz, que o mal designa uma pessoa: satanás, o maligno, o anjo que se opõe à Deus, o diabo, aquele que se atira e que se joga no meio do plano de Deus e de sua obra de salvação realizada em Cristo. O diabo se põe no meio da vida de um jovem, de uma pessoa da Igreja, para que essa se afaste dos caminhos do Senhor.

Nós precisamos nos questionar, porque existe toda uma armação para falar mal da Igreja nas faculdades, dizendo que a Igreja é cheia de ouro e tem gente morrendo de fome, mas mesmo que a Igreja vendesse todo o ouro não daria para matar a fome do mundo inteiro. É muito fácil criticarmos a Igreja, mas quando passam na frente de um pobre não tem coragem de dar um pão para ele.

O diabo é aquele que entra no meio para que aquela pessoa abandone a igreja, e volte a ser uma pessoa 'velha'. Tem muito jovem de 18 anos que é um pessoa velha, pois só fica nas coisas velhas, vivendo as coisas velhas. Você precisa viver como uma pessoa nova, vivendo as coisas novas de Cristo, estamos em um tempo de insistir e permanecermos fiéis as coisas do Senhor, para caminharmos para a Jerusalém Celeste.

"Você precisa viver como uma pessoa renovada, vivendo as coisas novas de Cristo"
Foto: Nara Bessa

Nossas crianças estão sendo bombardeadas com jogos de violência, nossos jovens estão em lugares que não são lugares deles. Mas hoje o Senhor está nos relevando que precisamos ser pessoas novas em Cristo, o Senhor está nos revelando para lutarmos para alcançar as vitórias nEle. O poder do inferno já é um poder derrotado porque Jesus já o venceu na cruz. Por isso precisamos clamar “maranatá, vem Senhor Jesus”, para quando Jesus voltar podermos dizer: 'foi difícil mas eu venci!'. Uma grande ajuda no seu combate espiritual é a Virgem Maria. Peçam a Virgem que esmague o inimigo, pois é ela quem esmaga a cabeça da serpente. Precisamos tomar consciência que as pessoas não estão vendo os planos astutos do inimigo do Senhor. Nossa luta não é contra o governo que quer aprovar o aborto, nossa luta é contra o inimigo.

Hoje é o dia de você se decidir, você é capaz do eterno, de fazer opções definitivas, o demônio quer que façamos opções transitórias, mas o nosso Deus que é eterno, quer que façamos opções eternas. Deus criou a Canção Nova há 30 anos, para formar homens novos para um mundo novo. A minha geração é a geração de Jesus Cristo, que nos ensina que não há maior amor do que dar vidar pelo irmão. Eu não sou da geração das “tatuagens”, dos “emos”. A minha geração é a de Jesus Cristo, uma geração rendida ao Senhor, não a geração do “piercing”. Uma geração que verá o Senhor vindo em glória.

Os valores estão sendo deixados de lado, dizem que pode tudo, mas a minha geração é uma geração de vitoriosos e não de derrotados. Se hoje você toma uma decisão radical pelo Senhor, fará parte dessa geração nova, salva, santa, preparada para vinda do Senhor. Se hoje você decidir, fará parte de uma geração vitoriosa, basta você decidir.

O demônio veio para matar, roubar e destruir, e nossa geração precisa se entregar ao Senhor de corpo e alma, precisa ser uma geração que canta uma canção nova. Eu sou totalmente contrário a se cantar músicas que não são inspiradas pela Palavra de Deus na igreja. Precisamos cantar uma canção nova, uma canção do céu. Você faz parte dessa geração que canta a canção nova, a canção do céu.

Os músicos católicos não foram levantados por Deus para amaciar os corações com essas canções mensagens, não, os músicos católicos foram levantados para cantar a canção que vem de Deus, que nos leva a conversão.

Transcrição e adaptação: Regiane Calixto 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo