Livres por Jesus das táticas do mal

Frei Josué
Foto: Robson Siqueira/CN

Ontem nós trabalhamos a cura física e interior nos momentos de adoração e oração que tivemos, vimos a história de José do Egito e aprendemos que nossa história é uma história de salvação. Mas nosso acampamento é de “cura e libertação”. Então hoje trabalharemos o tema da “libertação” e saberemos contra quem estamos lutando, começaremos falando sobre a ação do demônio.

Há dois perigos na Igreja, um deles é jogar a culpa de tudo nas costas do inimigo, o próprio demônio quer isso para que ele fique em evidência e as pessoas caiam no medo, na insegurança. Há também um psicologismo que atribui tudo a pessoa humana e diz que o demônio não existe, tornando o demônio como um mito, uma fantasia da mente humana e ele também gosta muito disso, pois assim ele pode agir livremente.

Acabamos de sair do ano Paulino, que foi dedicado a um homem maravilhoso que foi ensinado pelo próprio Senhor. O Senhor ensinou a Paulo que ele não deveria lutar contra os homens, após sua conversão o demônio tentava de tudo para impedir que seu ministério tivesse êxito, Paulo aprendeu que não deveria lutar contra as pessoas, pois o demônio usa das fraquezas das pessoas para que ajam contra nós.

Você precisa rezar! Por exemplo, as mulheres que tem dificuldades com marido, geralmente colocaram toda a expectativa sobre o marido e foram magoadas, se frustraram porque colocaram seus maridos como um pequeno deus em suas vidas e o inimigo sabendo de suas fraquezas usou do marido para que elas tenham ódio, mágoa e o inimigo quer separá-los, porque no seu casamento na Igreja foi dito que o que Deus uniu que o homem não separe, o demônio tenta contra isso.

Meus irmãos sem oração você não vai vencer o mal, não alcançará graça nenhuma. “Quem não reza se perde, quem reza se salva”, diziam muitos santos e você precisa perceber que quem está por trás da maldade das pessoas é o demônio. Você precisa vencer suas mágoas, o inimigo vai usar das pessoas, mas você não pode jogar tudo nas costas do demônio, mas é preciso perceber que as pessoas que se abrem a maldade dele, ele usa.

Nós temos as armas contra as forças do mal, Paulo diz que existem dias maus, dias de batalhas espirituais. Dizer que você tem fé quando tudo vai bem, é fácil, mas você manter-se fiel em um dia difícil, isso prova que realmente você é uma pessoa de Deus, pois muitos hoje só procuram a Deus quando precisam de algo, procure a Deus como Senhor da sua vida! Deus não precisa de nós, somos nós que precisamos de Deus.

Você gostaria que seu filho viesse falar com você só quando precisasse de dinheiro? Pare de procurar Deus só quando precisa de algo, Deus quer seu coração! Mulheres sejam direitas, também você homem sejam vocês direitos. Quais são as armas que vencem o maligno? O demônio é pai da mentira, ele é um ser estéril, não tem outro filho a não ser este. Ele põe toda sua força na mentira. Ele tentou enganar o próprio Jesus, veja em Mateus capitulo 4. Quando você receber uma grande graça e estiver em um tempo muito bom se prepare, porque lá vem a tempestade, por isso Jesus diz: “Orai e vigiai!”. Por isso você precisa da Missa, da Eucaristia, para se fortalecer e não cair nas tentações do inimigo.

Se você está sendo provado, continue orando! Nós vemos que Jesus jejuou durante 40 dias, pelo jejum podemos vencer muitos males, o jejum quebra as pernas do demônio, então ore e jejue, pois não existe tentação que não possa ser vencida em nome de Jesus. O demônio tentou Jesus pedindo que Ele transformasse as pedras em pães, ele faz o mesmo conosco querendo que transformemos as pedras da nossa vida em pão.

"Quem não reza se perde, quem reza se salva!", diz Frei Josué
Foto: Robson Siqueira/CN

O livro de Jó diz que Deus põe uma proteção tão grande na vida dos seus que o inimigo não consegue entrar e ele fica feliz quando alguém diz que Deus não existe, quando amaldiçoa a Deus. Nunca caia nas armadilhas do inimigo, Deus te ama! Mesmo que você não entenda o que está acontecendo em sua vida, não blasfeme contra Deus, não dê esta alegria ao demônio. Um dia Davi teve fome e ele com os seus foi comer o pão da preposição que era reservado aos sacerdotes, busque a Eucaristia na Igreja, ela te fortalece contra as ciladas do inimigo.

O demônio tentou Jesus inventando uma mentira e querendo convencer a Jesus que se jogasse do alto do monte e ele usa até da Palavra, quantas vezes você cai na daqueles que não são católicos e usam da Palavra para colocar dúvida em seu coração, eles falam que nós somos adoradores de imagens, quando na verdade nós não somos. Cuidado irmãos o demônio usa até das coisas sagradas, há lugares em que rezam Pai Nosso, Ave Maria, o demônio sabe muito bem usar de tudo isso, ele mente e se ele não se camuflar você não o aceitará, por isso ele mente.

Fujam, pois muitos dizem: “Mas lá naquele lugar eles também fazem o bem!”. Cuidado! Você não pode fazer ecumenismo com qualquer religião, o ecumenismo é feito entre os cristãos, não misture, não é a mesma coisa, você precisa respeitar a religião dos outros, mas você precisa também respeitar a sua fé, você não precisa ir nestes outros lugares invocar outros deuses, pois você tem na Igreja católica todas as graças necessárias.

Nos Atos dos Apóstolos, Paulo viveu uma experiência quando ia com Silas orar no templo, uma mulher gritava que eles eram homens enviados por Deus, por muitos dias ela foi fazendo isso. Você precisa ter discernimento, o que vem do Senhor nos traz paz, se você vai a algum lugar e isto não te traz paz, tome cuidado! Paulo ficou cansado daquilo e ordenou que o demônio saísse daquela mulher e ela foi liberta.

São Pio, por exemplo, foi perseguido e lutou contra as obras do demônio, mas quando a Igreja ordenou que ele se calasse, ele obedeceu, se não se tem a obediência à Igreja, não é de Deus! Paulo após expulsar o demônio daquela mulher começou a ser perseguido, isso acontece conosco também quando nós rompemos com os males que carregamos. Seremos perseguidos! Fique atento, nem tudo que brilha é ouro, nem tudo que é bonito, que reza, que faz caridade é de Deus.

"Deus não precisa de nós, somos nós que precisamos de Deus", diz Frei Josué
Foto: Robson Siqueira/CN

Quantas vezes você vai em lugares que você não crê, mas vai por respeito humano, então não vá! Se você vencer as tentações e souber distinguir o joio do trigo o demônio ainda irá a uma última tentação, como fez com Jesus. Cuidado com aquelas pessoas que só usam um versículo para pregar a Palavra para você, cuidado! O demônio tem um único objetivo, ele quer que nós o adoremos, ele era um anjo que se revoltou contra Deus. A tentação do poder faz com que tiremos Deus de nossas vidas, passamos a decidir por nós mesmos, Deus não manda mais nada é o homem que pode, nada com Deus! É isso que o demônio tem feito, ele traz em realidades muitos bonitas, casos difíceis de serem decididos como o aborto e nós vamos cedendo a estas coisas.

Volte a Jesus o Senhor da tua vida! Se disseram para você que se você abandonar aquilo que está fazendo você se dará mal, não tenha medo, se isso te leva para longe de Deus, largue isso! Você precisa se arrepender dos seus pecados e se confessar, se volte para Deus e assuma o senhorio de Nosso Senhor Jesus Cristo!

Aceite Jesus como Senhor da tua vida, expulse o demônio de sua vida, entregue todo seu coração, todas as áreas de sua vida e tenha certeza que Jesus cuidará de você. Também quero falar um pouco sobre os sacramentais, adquira um sacramental para você, uma cruz, uma camiseta que seja de Deus, um escapulário, um terço, a água, não como amuleto, não como superstição, mas como um sacramental, pois estes são sinais de Deus que o inimigo foge, pois são abençoados.

Transcrição e adaptação: Flávio Pinheiro

 

 Veja também:
:: Divulgue sua paróquia na Canção Nova
:: Conheça o conteúdo Canção Nova disponível no iPhone

:: Faça parte do grupo "Eu acesso o cancaonova.com"
:: Escolha um canal e acompanhe a CN on line



Acompanhe as pregações pelo twitter @cancaonova e retuite a mensagem que mais falar ao seu coração.


Adquira essa pregação pelo telefone
(12) 3186-2600

 


Frei Josué Pereira de Sousa


Ordem dos Frades menores conventuais da Província de Brasília

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo