Louvar mesmo na provação

Diácono Wendel
Foto: Elcka Torres/CN

Nós estamos diante de uma realidade totalmente nova na Igreja, Deus está derramando sobre o seu povo o seu Espírito Santo. Essa é uma graça para nós, pois todos precisamos fazer esta experiência com o Espírito Santo e nisso surgem novas comunidades que querem levar este fervor da graça do Espírito Santo de Deus a todos.

No livro de Daniel capitulo três fala sobre três jovens que viveram a experiência do louvor de Deus. E esta passagem diz que o rei decretou que quando tocassem as trombetas todos deveriam se ajoelhar-se e adorar a estátua e se não fizessem assim seriam jogados na fornalha ardente. E foi exatamente o que aconteceu com os três jovens que não se prostraram diante da estátua, o rei ficou enfurecido e pediu para que os três jovens fossem levados à presença dele.

Os três jovens se voltaram para o rei e disseram que se assim fosse da vontade de Deus, Ele os livraria da fornalha e das mãos do rei, e ainda disseram que mesmo Deus não os livrando daquele mal, eles não adorariam aquela estátua como era vontade do rei, eles permaneceriam fiéis a Deus. Nós devemos ter uma atitude diante da provação e do sofrimento, devemos permanecer de pé, confiantes e fiéis a Deus diante das provações que Deus permita em nossas vidas.

E a fidelidade daqueles jovens teve conseqüências, o rei Nabucodonosor encheu-se de cólera e mandou os jovens para a fornalha acesa, Deus não os livrou, Ele permitiu que os jovens passassem por aquela prova, mas Deus iria manifestar a sua glória diante deste fato. A Palavra diz a nós que os jovens começaram a andar, louvar e glorificar a Deus dentro da fornalha, a atitude destes jovens deve ser a nossa também, diante da provação devemos louvar a Deus. Hoje há pessoas que diante da provação tomam uma postura de derrotados, mas a atitude do cristão não deve ser esta, em todas as circunstância devemos dar louvores e glórias a Deus.

Enquanto eles louvavam a Deus dentro da fornalha entre as chamas, o anjo do Senhor desceu para junto deles e os livrou do fogo, veio um vento, uma brisa suave sobre eles e eles continuam a cantar e glorificar ao nosso Deus e nossa atitude deve ser sempre esta de não se prostrar diante dos problemas, temos que acreditar no poder que o louvor tem de nos tirar e de nos livrar desta fornalha. Quantos de nós e de nossas famílias são abalados pela crise financeira? Não podemos nos deixar levar por esta onda em que o inimigo quer nos levar. Não podemos ser instrumento de fracasso e de desânimo para os outros, mas sim instrumentos de apoio, de suporte.

Precisamos tirar dos nossos lábios as palavras de fracasso e colocar palavras de louvor. Nós devemos continuar louvando a Deus como fizeram estes três jovens. Nossa missão é preparar um povo bem disposto para louvar a Deus, nossa missão é trazer muitas pessoas para a Glória de Deus. Santo Agostinho dizia que se não deixarmos de viver a santidade nós não deixamos de louvar a Deus, porém se não vivermos a santidade de Deus e nossas vidas, nós não estaremos louvando a Deus. E ele ainda dizia: “Mas se nunca te desviares do bom caminho, ainda que tua língua se cale tua vida clamará”. A tua vida precisa ser expressão de louvor a Deus.

"A tua vida precisa ser expressão de louvor a Deus", diz diácono Wendel
Foto: Elcka Torres/CN

Devemos nos preparar para a grande festa que acontecerá um dia na pátria celestial. A Igreja está nos preparando para a segunda vinda gloriosa de Jesus Cristo, então o que nos resta é deixar que Deus nos prepare, vivendo a retidão, não podemos buscar as coisas deste mundo, nós fomos criados para a Glória de Deus. Se tudo em sua vida ou em sua casa não está sendo como você esperava, continue louvando a Deus, se você tem um filho nas drogas e não vê saída para os seus problemas, não importa, continue louvando a Deus! Não louve a Deus pelo que Ele faz, mas sim pelo que Ele é, mesmo que nada mude, louve a Deus, pois Ele pelo seu Espírito Santo faz novas todas as coisas.

Na nossa Comunidade Salvista também é assim vivemos muitas dificuldades, mas não deixamos de louvar a Deus, faça a experiência do louvor e você verás a transformação acontecer em sua vida. É preciso segurar firme, eu achava bonito quando o monsenhor Jonas em suas pregações dizia: “Agüenta firme” e eu completo dizendo: “Agüenta firme e no louvor!”.

 
Transcrição e adaptação: Flávio Pinheiro


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186-2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo