Maria, a Mulher profetizada

Padre Paulo Ricardo
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com

A primeira coisa que o Evangelho de São João nos chama a atenção no dia de hoje é quando Jesus fala de Maria, chamando-a de mulher. Nenhum de nós chamaria sua mãe de “mulher”, mas por que Jesus chama Maria de mulher? Ele olha para São João e diz: “Mulher este é seu filho, esta é tua mãe”. São João fez questão de colocar esta palavra “mulher” aqui. É Importante levarmos em consideração as palavras de Jesus na cruz, porque as pessoas morriam de sufocamento na cruz. Podemos imaginar a grande dificuldade de Jesus que se erguia na cruz para poder falar. Todas as 7 palavras de Jesus na cruz são de extrema importância, pois foram dizeres escolhidos para aquela hora.

Portanto Jesus chama Maria de mulher porque estava cumprindo a profecia de Gn 3,15 “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar ”. No dia em que foi cometido o pecado original e a humanidade se torna escrava de satanás, Deus da a promessa do dia em que a serpente terá a cabeça esmagada pela descendência e pela mulher.

O pecado original aconteceu quando a primeira mulher, Eva, colheu o fruto da árvore. A redenção aconteceu porque a segunda mulher tinha O Fruto no seu ventre: Jesus. Debaixo da árvore da cruz colhemos o fruto da redenção que é Jesus. A segunda Eva triunfa porque diz “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a Tua palavra” Lc 1,38. No apocalipse de São João esta mesma mulher aparece revestida de sol.

No projeto de Deus Maria tem um papel a desempenhar e nós precisamos ser a descendência dessa mulher. Como nós podemos ser filhos de Maria? Jesus providencia isso na cruz pronunciando essas palavras benditas “Mulher, eis o teu filho. Filho, eis a tua mãe” Jo 19,26-27, Ele nos da Maria como mãe aos pés da cruz. Ela é a nova Eva.

Uma vez filhos, existe uma inimizade entre nós e a serpente. Vivemos o tempo da luta.

Estamos no tempo Pascal. Israel vivia no Egito e era escravo do Faraó. Antes de Jesus vir ao mundo todos eram escravos de satanás como Israel era do Egito, mas com a morte de Jesus na cruz fomos libertos. Saímos da escravidão de satanás para entrar no céu, é ela que nos espera.

"Precisamos decidir se somos descendentes da mulher ou de satanás."
Foto:Maria Andrea/cancaonova.com

 :: Veja fotos no Flickr

 

Antes do povo entrar na Terra prometida existem 40 anos de deserto, o tempo do combate, da luta. Esse é o tempo da Igreja, uma luta, um combate, é exatamente o que está previsto por Deus. E esse tempo é o tempo em que Jesus nos dá os sacramentos. É o tempo de Deus.

Satanás sabe que foi derrotado, que ele não tem chance de vitória, pois Jesus já venceu e lhe resta pouco tempo. A derrota de satanás aconteceu na entrega de Jesus na cruz. E por que continuamos lutando se já vencemos? Satanás quer nos colocar no lugar dele de derrota. O problema é que ele é mentiroso, faz propaganda enganosa, nos promete paraíso, mas o que vem é inferno. Ele nos seduz e caímos na dele, vamos atrás do paraíso e já passa a viver o inferno aqui.

Precisamos decidir se somos descendentes da mulher ou de satanás. Aqui está a decisão e é por isso que existe uma luta, pois somos livres para escolher. O discípulo acolheu a mulher, se você não acolher não será descendente. Existe luta porque podemos nos perder.

A Virgem Maria, nossa mãe, pede oração, penitência e conversão do nosso coração. Precisamos acolhê-la como Mãe. Maria é um exemplo luminoso para nós

Quem foi a criatura mais perfeita que Deus já fez? Lúcifer e Maria. Quando Lúcifer foi criado ele era o anjo da luz, uma criatura maravilhosa, mas aquele que era grande e superior por causa de sua soberba e revolta contra Deus se tornou o pior de todos e se encontra no inferno. Ele era perfeito, mas a corrupção o levou para baixo. Maria não foi criada como a mais perfeita das criaturas porque ele é um ser humano. Mas por causa da sua humildade, obediência e abertura a Deus foi crescendo e merecendo a graça de Deus ate chegar ao cume das alturas se tornando a mais perfeita de todas as criaturas, acima de todas porque Deus exaltou os humildes. A soberba de Lúcifer o derrubou e a humildade de Maria a elevou.

Não tenha medo em exaltar Maria, pois ela foi a humilde das humildes.

Ela vai nos acolher no céu para nos dizer: “Filho, chega de sofrer. Entra para a casa do teu Pai. Você tem um lugar junto de Deus”

Transcrição e Adaptação: Clarissa Oliveira

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo