Maria, nossa mãe e rainha

Diácono Nelsinho Corrêa
Foto: Maria Andrea
Lendo o velho testamento, nós podemos ver que o povo de Deus era cercado e perseguido por nações inteiras que se dedicavam ao politeísmo. E isso começava a influenciar a cultura do povo temente a Deus.

Para proteger seu povo dessa influência, Deus proibiu seu povo de fazer imagens de ídolos e deuses pagãos. Mas o mesmo Deus que os proibiu de adorar ídolos, os pediu que fizessem imagens para que jamais esquecessem de pessoas realmente santas que fazem parte da Igreja.

Muitos irmãos evangélicos nos condenam pelo costume de ter imagens em nosso lar e nas igrejas. Pois utilizam passagens do velho testamento, erroneamente, para justificar essa falha.

Segundo Martin Lutero, precursor da reforma protestante, Maria é o mais nobre tesouro, depois de Cristo, e nunca seremos capazes de honrá-la como é merecido. Ainda em outro discurso ele afirma que todas as almas deveriam poder dizer cheias de confiança: Virgem Mãe de Deus, tu nos dá a esperança de, apesar da nossa miséria, sermos capazes de alcançar a tão sonhada vida eterna.

Não é possível separar o humano do divino. Por isso, é impossível dizer que Maria não é a mãe de Deus, pois fazendo isso estamos renegando nosso Deus.

Maria foi nos dada como mãe na hora da cruz através do gesto de João que a acolheu em seu sofrimento e a acompanhou até a casa, aceitando-a como sua mãe.

É natural quando um filho se machuca ou precisa de auxílio para realizar algo, chamar pela mãe. É exatamente assim que devemos proceder, chamando a Virgem Maria em nosso auxílio e deixando passar a frente de tudo em nossa vida.

"Não é possível separar o humano do divino." exorta Diácono Nelsinho
Foto: Maria Andrea

Existe muito simbolismo no primeiro milagre de Jesus, que é relatado na Bíblia. Nas Bodas de Caná, quando a água é transformada em vinho, o matrimônio relatado representa o perfeito amor de Deus para com seu povo e o vinho é o dom do amor e também símbolo do Espírito.

Quando Maria se dirige a Jesus e diz que os convidados não tem mais vinho, a resposta é imediata: “Minha hora ainda não chegou”. Mas diante disso, Maria simplesmente responde aos convidados: “Faça o que Ele vos disser”. E com isso, a pedido de sua mãe, faz seu primeiro milagre.

Nesse ponto é clara a importância de Maria na vida de Jesus, pois mesmo Ele, sendo o Verbo encarnado, dizendo que o momento ainda não havia chegado e que não poderia fazer o milagre, Nossa Senha com sua doçura e sabedoria insistiu que o fizesse.

Por isso, é impossível ser de Deus sem ser de Nossa Senhora. Não podemos abandonar a Virgem Maria, pois sua intercessão é única e milagrosa. Pode ainda não ter chegado a hora do milagre, mas se for desejo de Maria, por sua intercessão, ele acontecerá.


Transcrição e adaptação: Gustavo Souza


Adquira esta pregação pelo telefone (12) 3186-2600


Veja também:

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo