Meu Senhor e meu Deus!

Padre Anderson Marçal
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Podemos dizer, por vários motivos, que São Tomé é o símbolo da incredulidade. Mas, na verdade, ele é um homem de fé.

Muitas vezes, também ouvimos a expressão: “Só acredito no que vejo!”. Essa postura está cada vez mais forte em nós, ou seja, estamos ficando cada vez mais materialistas, e só acreditamos se tocarmos ou virmos determinada coisa. Todas as vezes que precisamos de algo, procuramos Deus, certo? Mas quando aquilo que queremos não se realiza, nós O deixamos de lado.

A primeira vez que Jesus apareceu, depois de ter ressuscitado, Tomé não estava com eles. Hoje, vemos que até mesmo o amor precisa ser provado, mas não podemos fazer dele uma conveniência!

Com o avanço dos meios de comunicação, podemos falar com uma pessoa do outro lado do mundo. Na verdade, o desejo que se tem é ter a tal pessoa em nossas mãos. Se um dia, por exemplo, ao sair de casa para ir a um grupo de oração, esquecermos a Bíblia, não voltaremos para buscá-la. Mas se esquecermos o celular, nosso retorno será imediato. Parece que sem ele ficaremos nus, não é mesmo?

Isso tem ficado cada vez mais forte entre nós, pois queremos sempre tocar para acreditar. São Tomé não acreditou naquilo que os discípulos falaram, porque não tinha tocado em Jesus; ele ainda não O possuía. Por trás de tudo isso, vemos que as pessoas querem se realizar no outro, fazer com que eles esteja em suas mãos, possuí-lo.

Hoje, fazemos com que a realidade virtual entre, cada vez mais, em nossa vida, ou seja, aquilo que não temos em nossas mãos, jogamos fora. Foi por isso que São Tomé quis “descartar” a aparição de Jesus.

Quando percebemos que uma pessoa não nos convém ou nos sentimos perseguidos por ela nas redes sociais, nós simplesmente a descartamos, ou seja, deixamos de ser sua amiga [virtual].

A aparição de Jesus aos discípulos foi um mistério, mas nós seres humanos temos dificuldades em crer em mistérios, pois é da essência humana o toque ou ainda a demonstração de tal mistério.

"Fique atento ao que Deus quer lhe revelar," exclamou o padre
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Estamos perdendo tempo em querer possuir Jesus. Muitas vezes, nós nos decepcionamos com nós mesmos ou ainda nos surpreendemos conosco, mas quando apenas esperamos as coisas acontecerem, ficamos numa acomodação espiritual. Nós precisamos ir além, dar passos e ir às situações que não enxergamos, dar passos na fé.

Quais são as suas desesperanças? O que você pediu ao longo da sua vida e não aconteceu? Se nós vivermos sempre na espera de um milagre e não nos empenharmos naquilo que Deus quer para nós, simplesmente perderemos tempo e oportunidade de aumentar nossa fé n'Ele.

Nós precisamos de Deus e esperamos por sinais. Se você precisa do Senhor, vá atrás d'Ele! Reze e creia naquilo que Ele pode fazer por você. Saia da acomodação de esperar por um milagre.

Fique atento ao que Deus quer lhe revelar. Vá em busca d'Ele e faça uma nova experiência.

Transcrição e adaptação Luana Oliveira


Padre Anderson Marçal


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo