Movidos pela fé

Ricardo Sá
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com
Você e eu, temos muito o que aprender, mas devemos ter um coração de criança. E no dia de hoje, precisamos crer de verdade no Senhor. Que tal começar novamente e do jeito certo? A nossa felicidade não reside aqui, mas no Céu.

Fé não é um sentimento! Que esta certeza esteja encarnada em nós, porque somos infantis em nosso sentimento. Sabemos que a nossa vida é exigente, mas devemos ser movidos pela fé e fazermos a experiência de adesão profunda ao Senhor. A fé não tem nada a ver com o que nós sentimos, mas é uma adesão de alma. Eu, particularmente, não sinto Jesus, mas é muito mais que isso: eu sei que ele não me abandona. As minhas escolhas devem ser pelo Senhor e por isso a minha experiência de fé se dá numa decisão diária. O gráfico de nossa experiência com Jesus não deve ser a mercê dos sentimentos. Sabemos que temos os dias difíceis mas pela fé devemos nos agarrar ao Senhor. Se nós nos deixássemos nos levar pelos sentimentos, agiríamos de forma inadequada a nossa fé. A Igreja nos diz que todo homem tem direito de se encontrar com o Senhor. Que a nossa família sera a porta para chegar ao Céu, através de Jesus.

É uma insensatez irmos a favor de tudo o que o mundo coloca contra a família. Nós somos cristãos, escolhamos o essencial! É urgente que você abandone todo o projeto de sua família que vai contra os princípios cristãos. A hora da misericórdia é agora, decida-se recomeçar! Coloque a sua reconciliação no lugar certo: o confessionário. Exerça a misericórdia com seus irmãos.

É tempo de misericórdia, não existe outro tempo: Jesus, eu confio em Vós! Esse dizer não é mágico, nem um mantra, mas sim é um modo de viver, pois confiando em Jesus iremos amar sempre e não desistiremos das pessoas.

Devemos viver movidos por essa confiança: de viver da fé. Saiamos da zona de conforto, demos passos na fé. Meu pai, suicidou-se a um tempo atrás, mas eu não duvido que meu pai alcançou a salvação, pois eu confio na misericórdia do Senhor! Minha família está em constante luta, mas precisamos ser fiéis, deixemos nos mover pela misericórdia. Adotemos o modo de viver com a expressão: Jesus, eu confio em Vós!

Você não pode viver uma vida sem fé. Saiba que os passos precisam ser dados por você, e por isso que quem confia na misericórdia tudo o que pede, recebe. Tudo o que Jesus quer é a nossa salvação. Nos colocamos, muitas vezes, na presença do Senhor pedindo pelos outros, parecemos por vezes, dizendo a Jesus o que Ele precisa fazer, você precisa crer na Divina Providência, deixar que todo o mover da nosso vida seja de confiança em Nosso Senhor.

"Adotemos o modo de viver com a expressão: Jesus, eu confio em Vós!"
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com

Veja + fotos no Flickr

Se você tem de fato a responsabilidade pelas pessoas, não deixe de apresentar Jesus para ela. O que eu e você precisamos fazer diariamente é agirmos como Santa Faustina na vida dos outros: não devemos desprezar a ninguém. A sua preocupação com as pessoas, tem levado a salvação a elas? Se você está preocupado com a salvação da sua casa, deixe-se agir com os passos de Jesus e isso se dá pelas pequenas obras. O nosso lar deve ser de respeito e de viver como o Senhor deseja.

A sua preocupação é agoniada ou é de fé? Em nossas casas deve se ter a imagem de Jesus Misericordioso, mas muito mais do que ter essa imagem, em nosso rosto e modo de agir devem ser os atos de Jesus. Sabemos que não é o caminho mais fácil, mas é o caminho da sua santificação.

Muitas vezes, nós esquecemos que Jesus está vivo e age em nós. Ele tem o peito aberto e é daí que jorram sangue é água para a nossa salvação. E essa dor que sentiu ao ser transpassado, foi por mim e por você. Sofremos muito, mas se temos a nossa confiança no Senhor, Ele sempre estará conosco. O caminho que Jesus nos convida é de caminharmos na fé. Que tudo isso entre em nós e crie raízes profundas em nosso ser. É tempo de amadurecer, mesmo que você não sinta nada, permaneça fiel, pois a fé, repito, não é sentimentalismo, é graça e certeza de que os raios da misericórdia são nossa fortaleza. Não tenha medo das suas dores e dos sofrimentos que batem em sua porta, pois essas situações podem ser transformadas em atos de misericórdia.

 
Transcrição e adaptação: Luana Oliveira
 
Confira um trecho desta pregação

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo