Mulheres segundo o coração de Deus

Fernanda Soares
Foto: Robson Siqueira/Cancaonova.com

Então Deus disse: "Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastem sobre a terra."Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou o homem e a mulher. Deus os abençoou: "Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra" (Gn 1,26-28).

Homem e mulher foram criados com a mesma responsabilidade, mas suas missões são distintas. A missão do homem é de se socializar os filhos, já a da mulher, por exemplo, é amamentar, entre outros. Mas diante de Deus somos iguais, pois somos Seus filhos.

O Senhor Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só; vou dar-lhe uma ajuda que lhe seja adequada.”Tendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todos os animais dos campos, e todas as aves dos céus, levou-os ao homem, para ver como ele os havia de chamar; e todo o nome que o homem pôs aos animais vivos, esse é o seu verdadeiro nome. O homem pôs nomes a todos os animais, a todas as aves dos céus e a todos os animais dos campos; mas não se achava para ele uma ajuda que lhe fosse adequada. Então o Senhor Deus mandou ao homem um profundo sono; e enquanto ele dormia, tomou-lhe uma costela e fechou com carne o seu lugar. E da costela que tinha tomado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher, e levou-a para junto do homem.“Eis agora aqui, disse o homem, o osso de meus ossos e a carne de minha carne; ela se chamará mulher, porque foi tomada do homem”. Por isso o homem deixa o seu pai e sua mãe para se unir à sua mulher; e já não são mais que uma só carne" (Gn 2,18-24).

Deus deu tudo para o homem, mas na narração percebemos o homem triste, e o Senhor viu isso e lhe deu uma auxiliar. O termo "auxiliar" [termo também chamado de "ajuda adequada"] não pode ser visto como sinal de inferioridade; essa palavra quer dizer “socorro de Deus”. Então, mulher, você é socorro de Deus! O Papa João Paulo II disse que a mulher serve para humanizar o homem, portanto, o papel da mulher cristã não é de receber, mas de dar amor, é servir o outro.

“O homem e a mulher, diante de Deus, têm a mesma dignidade, mas com características diferentes” (Papa João Paulo II).

Para a mulher, amar é questão de vida ou de morte! Elas são vocacionadas ao amor!

Mulheres, o mundo quer nos criticar por nossas escolhas, por escolhermos a Deus. Precisamos, no entanto, construir uma família de Deus. Nós mulheres temos em nossas mãos o poder de destruir ou levantar a vida do homem, por isso cuidemos para que não a destruamos!

Para conquistar o homem, precisamos ser como as mulheres da Bíblia, eles não suportam as arrogantes, as prepotentes. Nós somos fruto de uma geração feminista, somos machucadas por isso.

Quer ser uma mulher segundo o coração de Deus? Leia sobre as mulheres da Bíblia.

 

"Segundo o dicionário 'sedução' é sinônimo de tentação", recorda Fernanda
Foto: Robson Siqueira/Cancaonova.com

Na Bíblia, no Livro de Judite, Ozias colocou Deus à prova e Judite, uma mulher temente a Deus, era o socorro de Deus para esse homem [Ozias]. Por conta de tudo o que seu povo vivia, ela jejuou por cinco dias, passados esses dias ela se arrumou com sua roupa de festa, enfeitando-se o máximo que pôde. Ozias, ao vê-la, ficou admirado. Como na Palavra precisamos saber usar da beleza que nós mulheres temos, pois, em nossos dias, o inimigo de Deus se utiliza de diferentes formas para sensualizar a mulher, com roupas, sandálias, perfumes. Em meio a tudo isso elas ainda acham que estão “abafando”. E se estiver agindo assim, mulher, você deve se questionar se você tem sido socorro para os homens.

Perguntando para os homens se eles escolheriam uma mulher assim para apresentar à sua família e ao companheiros de trabalho, eles certamente responderiam que "não".

Mulher, você precisa se cuidar, você precisa exercer seu papel de mulher de Deus, sua beleza deve levar os homens para o Céu e não para o inferno. Você, mulher precisa exercer sua feminilidade.

Na primeira fase do feminismo, as mulheres declararam “Somos iguais aos homens!” e exigiram seus direitos, e isso não tem nada de errado, pois temos também direitos, mas o errado foi a forma que isso foi feito (ela se refere ao protesto feito pelas feministas nos Estados Unidos, no qual as mulheres queimaram os sutiãs, etc.), pois “quem grita perde a razão”. Como consequência disso [feminismo mal aplicado], hoje muitas mulheres só pensam em estudar e trabalhar e se esquecem de que são vocacionadas a ser mães e esposas. Muitas de nós mandamos nos homens, e eles ainda aceitam.

Segunda fase do feminismo: “mulher é diferente do homem” e muitos usaram essas diferenças contra os homens e e muitos destes começaram a nos ver como ameaça. E a mulher passou a usar da sensualidade para conquistar o homem.

Papa João Paulo II disse que o problema das revistas pornográficas não é simplesmente por aquilo tudo que se mostra sobre a mulher, mas o pouco que diz sobre ela.

Precisamos acreditar, diante de tudo o que vivemos neste acampamento, que somos, sim, socorro para os homens!

Terceira fase do feminismo: o Papa Bento XVI, que na época ainda cardeal, desafiou as mulheres com a “contrariedade”. Segundo ele, o homem e a mulher se complementam, dando um ao outro aquilo que não têm. Um precisa ajudar o outro, fazendo a diferença.

Deus criou o homem para que, em comunhão, a mulher fosse retrato d'Ele. Aprendemos do feminismo a sermos independentes. Você que é homem precisa de uma mulher.

 

"Eu era feminista ao extremo", testemunha Fernanda Soares
Foto: Robson Siqueira/Cancaonova.com

Eu era feminista ao extremo. Morei nos Estados Unidos e vi de perto toda essa realidade e, por conta disso, fui aprendendo até mesmo a “rachar a conta num restaurante” e a não me deixar ser cuidada por um homem. Precisamos ser mulheres segundo o "Revolução Jesus", a revolução do amor, nós nascemos para dar certo. Se o mundo desfigurou a nossa vida, precisamos nos espelhar em Nossa Senhora, ela é o nosso exemplo.

Quanto mais amor eu dou, tanto mais curada vou ser. Somos a geração do Papa Bento XVI, a geração da contrariedade!

Sejamos mulheres que sabem se vestir, que sabem falar, mas com os joelhos no chão! E isso não é sinal de inferioridade, mas de sabedoria, sabendo que em tudo as vitórias vêm de um coração adorador.

Sejamos mulheres que fazem a diferença para fazer com que a cultura da morte caia por terra!

Da tua família tem que sair santos! Precisamos renunciar ao feminismo, que impediu que nós fecundássemos os homens [segundo a vontade de Deus].

Veja mais:

:: "No labirinto, jovens refletem sobre as escolhas feitas na vida'
:: "Sempre tive vontade de ter uma foto de família"
:: Trilha no Acampamento Revolução Jesus

:: Meu pai não é quadrado – pregação da Magda
:: Quero um amor maior- pregação padre Paulo Ricardo

:: Quero pegar, mas Cristo me pegou- pregação Emanuel
:: Modulo "Anazopiren"

Assista trecho:

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo