Na vocação cristã, somos chamados à santidade

Padre Bruno Costa
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Escute a Palavra e deixe que ela adentre em você. Hoje, nós festejamos nossa Santa Maria, a mãe de Jesus Cristo.

"Pois eu sou o Senhor, vosso Deus. Vós vos santificareis e sereis santos, porque eu sou santo. Não vos contaminareis com esses animais que se arrastam sobre a terra, porque eu sou o Senhor que vos tirou da terra do Egito para ser o vosso Deus. Sereis santos porque eu sou santo" (Levítico 11,44-45).

É muito interessante quando paramos para fazer uma experiência da Palavra de Deus, pois não podemos deixar que o pecado nos desvie do objetivo de alcançarmos a santidade.

Diga a você mesmo: "Eu fui feito para a santidade".

São Pedro exige dos fiéis que todas as ações sejam de santidade: o olhar, o toque, o falar… E nós sabemos que não é bem isso que o mundo vem trilhando. Precisamos estar sempre de olhos fixos em Jesus.

Não existe “mais ou menos” santo, ou você é santo ou não o é. Uma vez que entendemos a vocação santa, independente do nosso estado de vida, a nossa vocação primária tem de ser a santidade.

A Palavra de Deus diz que precisamos colocar a santidade em prática. Decida-se a ser santo e siga a santidade.

Quantos vacilos damos pelo fato de os nossos desejos, no mundo em que vivemos, serem contra a maré. Nas faculdades não se fala mais em santidade, não se discute sobre isso. Nós não precisamos estar sempre com o terço na mão, pois temos de ser santos de calças jeans.

O Papa Francisco nos ensina a acolher o próximo, mas estamos numa realidade na qual as pessoas só sabem querer, e elas sempre querem mais e se apegam com as coisas do mundo.

Você quer ir para o céu?

Quando entendemos a santidade, nós a vivemos. Queremos ser cada vez melhor para Deus para melhor viver aquilo que a Palavra nos pede.

Quantas pessoas já deram a vida para serem santos! Mas eu lhe digo que, neste mundo, os jovens não querem mais viver a Palavra de Deus, pois acham que é muito careta viver a santidade.

Nós somos convidados à perfeição, por isso precisamos ser perfeitos. Nascemos perfeitos, mas o pecado original nos desviou do caminho de santidade.

"Jesus é o mesmo de ontem, de hoje e de amanhã."
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

As pessoas acham que para ser santo é preciso mudar o seu jeito, viver sempre na Igreja. Não é isso! Você precisa lutar, viver em comunhão, ser oração para dominar o mundo que está contaminado pelo mal.

Estamos vivendo o Ano da Fé, precisamos acreditar que as coisas podem ser mudadas pela oração. Lute pelo céu, acredite naquilo que você reza, pois para Deus tudo é possível.

O que você tem feito para que a santidade aconteça?

Volte aos trilhos da Palavra, seja perfeito! Não é uma suposição, mas uma ordem.

Busque a perfeição, busque a santidade, busque esse fogo, essa vida nova. Muitas coisas em nossa vida não acontecem, porque temos a capacidade de duvidar. É difícil, mas não impossível! Deixe que o seu coração vibre pelo desejo de santidade, mergulhe na Palavra de Deus, deixe-se lapidar todos os dias. Sinta que Jesus é o mesmo de ontem, de hoje e de amanhã.

É tempo de praticar a Palavra de Deus, é hora de sair de cima do muro. Pecado é pecado e precisamos nos libertar. É tempo de sairmos do comodismo, tempo de sermos santos. Viva os meios que Jesus tem para cada um de nós, pois a única coisa à qual devemos nos prender por inteiro é a santidade.

Se você quer viver a santidade, coloque a oração em sua vida. Lute pela santidade, faça a diferença!

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida


Padre Bruno Costa


Sacerdote da Comunidade Canção Nova.

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo