Namoro: uma grande aventura de amor

Magda Ishikawa
Foto: Fotos CN/ Maria Andreia

Jovens, Jesus confia em vocês. Então, parem de confiar em si mesmos e confiem em Deus, porque não é com nossas forças que vamos viver a beleza da castidade.

Quem é o amor? Deus. “Nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem para conosco. Deus é amor e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele” (ICarta de São João 4,16). Mas para o mundo o amor tem ganhado outro sentido. “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, com o fim de satisfazerdes as vossas paixões. Adúlteros, não sabeis que o amor do mundo é abominado por Deus? Todo aquele que quer ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” ( Tiago 4, 3-4).

Nesse acampamento, você vai se decidir como vai viver. O que você tem pedido: um amor maior ou apenas prazer? Quando falamos em aventura, quando nos aventuramos sem sentido, sem projeto, isso pode acabar em um grande fracasso.

O namoro é uma aventura, na qual você precisa se projetar. Tenho um amigo que vai de moto para o Chile. E ele está se planejando, vendo quantos dias vai ficar lá, quanto vai gastar. Ele está se programando.

Pergunto para você que está se aventurando, que namora com muitas: "Quem fica na sua vida?". O namoro é uma grande aventura de amor, mas está só acontece quando duas pessoas querem ser santos juntos. Deus quer que você viva esta grande aventura de amor.

Precisamos deixar de ser BBB – Burro, Bitolado e Banalizado – para ser 'Revolução Jesus'. Precisamos de uma geração que se deixe revolucionar por Jesus.

O namorado não é aquele que vê seus defeitos, mas é aquele que olha para você e vê a imagem de Deus. No seu namoro, você consegue ver além da sujeira? O amor de verdade não vê o tronco, mas a imagem que pode ser esculpida nele.

É melhor uma verdade que liberta do que uma mentira doce que, depois, amarga. Viva a castidade, opte por ela. Peço-lhe perdão se alguém, na Igreja, disse para você que não é preciso viver a castidade, porque a Igreja nos pede, sim, para que a vivamos.

"Precisamos deixar de ser BBB: burro, bitolado e banalizado", adverte Magda.
Foto: Fotos CN/ Maria Andreia

 :: Veja fotos no Flickr
:: Veja + fotos também no Facebook

O Catecismo da Igreja Católica diz: "A castidade deve qualificar as pessoas segundo os seus diferentes estados de vida: uns, na virgindade ou celibato consagrado, forma eminente de se entregarem mais facilmente a Deus com um coração indiviso: outros, do modo que a lei moral para todos determina, e conforme são casados ou solteiros" (99). "As pessoas casadas são chamadas a viver a castidade conjugal; as outras praticam a castidade na continência." "Existem três formas da virtude da castidade: uma, das esposas: outra, das viúvas; a terceira, da virgindade. Não louvamos uma com exclusão das outras. […] É nisso que a disciplina da Igreja é rica" (100).

No número 2350, o CIC diz: "Os noivos são chamados a viver a castidade na continência. Eles farão, neste tempo de prova, a descoberta do respeito mútuo, a aprendizagem da fidelidade e da esperança de se receberem um ao outro de Deus. Reservarão para o tempo do matrimônio as manifestações de ternura específicas do amor conjugal. Ajudar-se-ão mutuamente a crescer na castidade.

A Igreja diz que o sexo é para o casamento. O que acontece quando passamos um sinal vermelho? Você pode levar uma multa ou causar algum acidente.

"A virgindade não foi feita para ser leiloada, mas para o matrimônio", adverte.
Foto: Fotos CN/ Maria Andreia

Uma relação sexual tem como consequência os filhos. Nós somos frutos de uma relação sexual, mas muitos querem legalizar o aborto, pois não querem consequências. Não podemos deixar que pessoas morram, porque vivemos aventuras no prazer. O salário do pecado é a morte.

Hoje, muitos namoros têm parado em si mesmo e têm se tornado uma luta, na qual cada um quer ganhar. Isso não é namoro, porque o namoro se vive junto, ganha-se junto.

Nos anos 60, os jovens lutaram por "paz e amor", mas que paz é essa que vem da maconha? Que amor é esse? Amor que gerou filhos órfãos de pais vivos. Precisamos construir uma nova geração.

Hoje, vivemos o "vale tudo". Amigos têm relação sexual para sair do tédio. Se você acha que vai preencher o coração com prazer, saiba que não vai, porque só Deus pode preencher você.

Se você é virgem, guarde-se! A virgindade não foi feita para ser leiloada, mas para o matrimônio.

 

Transcrição e adaptação: Elcka Torres

 


Magda Ishikawa


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo